Casal sorrindo

O Que É o Amor Sem Sexo

Você já ouviu falar em reação assexuada? Trata-se de pessoas que se comprometem em um relacionamento, se amam, mas não fazem sexo. Isso ocorre não por conservadorismo, dogmas religiosos, nem nada do tipo, mas simplesmente porque o casal é assexuado, ou seja, não sente prazer no sexo e nem desejo sexual. Parece realmente estranho pensar nisso, uma vez que vivemos em uma sociedade em que o sexo é supervalorizado e que todos dizem que uma relação saudável é uma relação que tenha sexo apaixonado.

Mas os casais assexuados revelam que não é bem sim. Eles sustentam a ideia de que romance é uma coisa e sexo é outra completamente diferente e que as duas coisas podem caminhar juntas – como a maioria dos casais fazem – como também podem caminhar separadas. Se existe sexo sem amor, que seria aquele sem compromisso, por que não poderia haver amor sem sexo? De fato, é uma questão que podemos refletir melhor. Entenda o que é o amor sem sexo!

Amor sem sexo é amizade?

A maioria das pessoas, ao pensar sobre o que é o amor sem sexo, pensará em amizade, mas é não necessariamente isso. Não é o sexo que determina que você está namorando. Existem muitas outras diferenças nisso. Por mais que você ame um amigo seu, isso não significa que o amor que você sente por ele é o mesmo do que você sentiria por um parceiro.

Estar envolvido em um relacionamento sério é estar emocionalmente comprometido com o outro, sem sentir o mesmo sentimento por nenhuma outra pessoa e ter aquela parceria, cumplicidade e companhia que não se compara com nenhum outro amigo. O amor de pessoas assexuadas é expressado com base apenas no sentimento abstrato, sem sexo, e isso basta para eles.

Como funciona um relacionamento assexuado?

O amor sem sexo varia de acordo com as necessidades dos envolvidos. Basicamente é uma relação que envolve uma atração romântica, mas com ausência de atração carnal e sexual. Existem, na verdade, diversas variações de casais assexuados. Alguns podem até se permitir trocar carícias e até mesmo chegar às preliminares sem consumar o ato sexual, enquanto outros evitam esse tipo de contato mais intenso e se contentam com beijos, carinhos e abraços.

Ser assexuado não significa ser insensível, pelo contrário, como não existe o sexo entre o casal, geralmente o carinho é a melhor forma de expressar o amor de forma mais concreta e palpável e, por isso, assexuados costumam ser bastante carinhosos.

Porém, assim como existem pessoas com diferentes ideologias, também existem parceiros assexuados que não são românticos, ou seja, que além do sexo também não promovem contato nenhum com seu parceiro. Esse amor assemelha-se a um amor platônico. O que é o amor platônico? Aquele em que se gosta de uma pessoa, mas não se “pode” tocá-la e preserva-se a pessoa, apenas admirando de longe. Parece uma tortura pensar em amar alguém sem poder se aproximar e sentir, mas para eles é bastante natural. Às vezes basta segurar as mãos para o casal se sentir amado e correspondido um pelo outro.

Assexual sempre se envolve com outro assexual?

O mais provável seria imaginar que sim, mas não é isso que acontece na prática. Não mandamos em nossos corações e é bem possível e inclusive frequente que pessoas assexuadas se apaixonem por pessoas sexuais e vice-versa, mas e aí?

Sim, de fato, uma pessoa sexual tem necessidades e desejos que a outra pessoa não tem, mas se sabemos o que é o amor de verdade, e ele for maior que isso, ambos podem chegar em um acordo satisfatório para ambos, pois o amor é a base de tudo e é o sentimento mais importante para uma vida feliz a dois. Com uma comunicação aberta, compreensão e respeito mútuo é possível chegar a um consenso entre ambas as partes.

Como isso pode dar certo?

Existem casos que a pessoa assexuada pode se sentir estimulada e instigada a experimentar o contato sexual, por mais que não sinta um desejo latente e uma atração fulminante. A pessoa assexuada, ao ver a necessidade da pessoa amada, pode se doar e se “sacrificar” experimentando o sexo a dois.

Por mais que a pessoa não saia completamente realizada com o sexo em si, uma vez que para ela isso não é importante, ela pode ficar muito satisfeita apenas em ver o companheiro(a) feliz. Porém, se realmente a pessoa não quiser experimentar de jeito nenhum, o parceiro deve aceitar, sem forçar a barra. Se não conseguir conviver com isso, o melhor é se afastar.

Assexualidade = trauma?

Muitas pessoas buscam explicações para a assexualidade, afirmando que a causa pode ser um trauma do passado, como um estupro, por exemplo. Até pode ser, mas isso não é regra. A diferença do trauma consiste em uma pessoa sexual que se vê travada por alguma situação no passado que a impede de se autorresolver, sentindo aversão ao sexo por remeter a situações que a fizeram sofrer anteriormente.

Já a assexualidade não é exatamente relacionada com aversão, apenas com a falta de prazer e vontade em realizar sexo e não, necessariamente, é uma forma de evitar o sexo. Mais uma vez, é importante lembrar que assexualidade não é uma questão de escolha, mas sim uma condição, assim como ser gay. Ninguém escolhe ser gay, mas simplesmente a pessoa é assim e isso deve ser respeitado. Por isso, a assexualidade se diferencia do celibato e castidade, que são escolhas de vida e não condições.

Uma pessoa pode ser feliz sendo assexuada?

Presumir que uma pessoa não será feliz por não ter uma vida sexual ativa é muito preconceituoso. Vivemos em uma sociedade moderna e libertária, assim como lutamos para que todos tenham o direito de fazer sexo sem tabus, da mulher poder se vestir como quiser sem ser tachada por rótulos ou sofrer assédios, também devemos defender as relações sem sexo. Por que não? Cada um escolhe o estilo de vida que quer seguir, deve-se aceitar como é e obviamente também ser aceita na sociedade.

A compreensão sobre o que é o amor vem sofrendo transformações e imaginar uma relação de amor sem sexo tem tudo para ser encarado de forma bastante natural no futuro. As pessoas estão cada vez mais abertas a novas formas de relacionamentos e envolvimentos afetivos, sejam os relacionamentos chamados “abertos” como o assexuado.

As pessoas podem ser felizes nas mais variadas formas, não existe regra nem uma ditadura romântica que defina isso. Aliás, uma pessoa pode inclusive ser feliz sem parceiro algum, apenas com a satisfação do trabalho ou fazendo coisas que gosta como viajar o mundo, experimentar comidas e outras atividades. O amor está presente em todos os lugares, nas relações interpessoais e em atividades prazerosas, e não somente em um relacionamento afetivo.


Você sabe o que é o amor sem sexo? Já experimentou algum relacionamento em que não existiu sexo ou qualquer ato de intimidade? Como foi passar por isso? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 4,88 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

VÍDEOS RELACIONADOS


publicidade

11 comentários

  1. Acho que sou assexuada porque ás vezes essa coisa de sexo me causa medo e um pouco de repulsa.Mas penso que deve ser porque o sexo se tornou doentio e não um complemento para o amor.Essas histórias de fazer sexo oral e engolir sêmen para fazer alguém feliz é doentio!!!!!

  2. ah! nao, namoro sem sexo nao dá! eu nao toparia.. haushaus

  3. Eu namoro a um ano e um mês. Eu passei a sentir vontade de sexo agora depois de um tempo, nunca fiz sexo e minha parceira também não. Ela não tem vontade e eu fico na corda bamba querendo, mas sei que não posso forçar nada. Mas eu a respeito muito e espero a vontade dela. Só não seu até quando vou esperar.

    • Amigo Arthur espero não seja tarde demais vc lê o meu conselho. Amigo vale a pena esperar e vc se guardar para seu casamento quando vc encontrar a garota certa não deixe se levar pela sua carne só fato de vc dizer ” não o sei quanto tempo vou esperar”.
      Isso sinal que essa namorada com quem vc está pode não ser ela tú já está 1 ano namorando vc já deve ter percebido que não tem tantas afinidades,compatibilidades com ela e que não a ama de coração não com seu corpo mesmo as vezes vc achava que era nesse tempo vc viu que não é.

      O lance de vc com ela pode ser só uma paixão só atração física que vc tem por ela não amor verdadeiro vc amam a pessoa não o que ela tem “oferecer”. Porque diferente da paixão quando vc ama alguém vc não fica impaciente ou querer violar a sua castidade e dela também.
      Irmão repito vale a pena sim guardar a nossa virgindade e conservar a castidade esse caminho certo de encontrar a pessoa certa. Não profane vc e nem essa menina não a veja como um objeto gratificação pessoal a ser usado ela tbm te usar não perca esse tesouro da pureza e a santidade até o seu casamento.
      Eu não me arrependo de esperar e viver a castidade até encontrar a pessoa certa sou muito feliz em fazer o que a igreja exorta e orienta porque ela voz de Deus para nosso bem e não mal. Se tudo escrevei aqui servir para vc refletir, pensar e melhor tomar decisão certa de terminar esse namoro antes que vc viole a castidade sua e dela. Fica com Deus e a virgem Maria eles te iluminem!!!!!!

  4. Então eu posso me dizer que sou assim que vcs no artigo falam pessoas “assexuadas” não fazem sexo quando estão num namoro ou noivado. Já não vejo dessa forma o que vivemos é a “castidade” mesmo como ensina a “IGREJA” católica apostólica romana no seu catecismo e baseado nas Sagradas Escrituras fala isso bem claro.
    Deus chama a todos que fazem parte do corpo de Cristo membros solteiros a viver se guardarem a santidade. Viver um namoro/noivado Santo para os vocacionados ao casamento e não só para quem tem vocação para ser Padre ou freira. Quando a gente obedece a igreja que a coluna e sustentáculo da verdade Deus fala através da sua Igreja ele fundou certamente a nossa vida amorosa será feliz tanto na vida solteiro(a) e casados(as). Esqueci tbm nossos irmãos separados evangélicos/protestantes que seguem a castidade e se guardam até o casamento.
    Claro Deus não contra sexo mais ele colocou regras por amor a nós homens e as mulheres para não sermos usados e abusados. Sexo fora do casamento é pecado todo pecado gera consequências ruins, dores, enganos, desilusões, lixos emocionais, porque somos seres humanos tem sentimentos não somos rôbos e animais essa história lavou tá novo isso conversa fiada. Porque quando vc faz sexo fora do casamento sem a benção de Deus na igreja e não assina papel no civil algo sem compromisso e sem consciência vc só tá usando o outro de forma gratuita e vc vê o outro como OBJETO de gratificação sexual vc acaba não amando a pessoa.
    Isso nós diferencia dos animais não eles fazem sexo sem regras são seres irracionais e ser humano não é racional não tem só o corpo temos alma e Espírito.
    Claro ajuda de Deus pode domar nossos instintos sexuais. A gente começa a ter a visão clara o que de fato o Amor não só se alimenta de sexo. O sexo só deve ser consequência do encontro do amor verdadeiro não a causa quando vc se compromete com o matrimônio é outro nível da segurança porque quando vc encontra a pessoa certa.
    Nunca param para pensar que quando no namoro ou noivado não tem sexo a gente se protege de vários problemas e oportunidade um tempo vc analisa e vê se aquela pessoa e combina com vc ou não se aquela pessoa certa ou não porque o sexo ele nos engana no momento errado vc está se unindo a uma pessoa que não se comprometeu porque casamento é uma aliança a dois de um homem e mulher.

    Porque vc acaba colocando como dizem por aí os caros na frente dos bois isso sexo antes do casamento faz. Até hoje eu só tive um namorado sério que me pediu namoro ao meus pais e tal namoramos 4 meses sem sexo na castidade em 3 meses eu vê que não era o rapaz certo para mim em vários aspectos não combinava como dizem os que entendem nossa alma não se encaixou não fez o par entendeu como descobri isso conversando, conversando,conversando, não só viviamos beijos e abraços isso que de fato é um verdadeiro namoro.
    O mais importante quando falo que não ter sexo no namoro/noivado é importante porque?
    Para proteger nossas emoções o psicológico eu uma garota ele como rapaz claro que ficamos chateados e chegar a conclusão que não combinávamos mais não ficamos tristes e traumatizados porque?
    Não houve ligação entre a gente porque sexo liga as pessoas marca por isso que a gente vê as pessoas com tantos problemas na vida amorosa porque sexo fora do casamento só machuca alma das pessoas.
    Sexo é sério é algo forte não pode ser visto como uma mera recreação como vemos nesse mundo hoje.Por isso sexo só deve ser depois do casamento porque vc encontrou a pessoa certa e o amor primeiro e o sexo só vai selar algo verdadeiro que uniu o casal o AMOR VERDADEIRO só é de fato concretizado no matrimônio. bjs

    • Sou ateia, nao pretendo casar e sou assexual, nunca foi uma opção pra mim, seria muito mais simples gostar de sexo e me dar bem com qualquer pretendente, mas por ser sexual estou limitada a outros assexuais ou homens super compreencivos e que respeitam bastante a parceira… Castidade, não transar até casar é opção, uma que eu não faria.

    • Parabéns irmão! Estou contigo.

  5. Sou casado, tenho 3 filhos e sempe tive relaçoes sexuais com a esposa.
    Agora parece que depois de quase 30 anos de casamento, minha esposa me diz que é possível amar sem fazer sexo.
    Isso é muito difícil de entender, se criamos nossos filhos no sexo, ágora viver o resto de nossas vidas sem sexo, é cúmulo do absurdo.
    Eu acho que minha esposa tá criando um jeito de viver de cochinho. Eu sinto que ela perdeu o apetite sexual.
    Eu não sei o que fazer. Me ajude.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*