Casal brigando

Como Lidar com um Relacionamento Destrutivo

É verdade que os relacionamentos demandam trabalho e comprometimento, nem tudo “são flores” o tempo todo, mas também é importante saber traçar uma linha de até onde você pode chegar com os seus esforços.

Um relacionamento não deve demandar mais do que diversão e momentos agradáveis. Se você está em um relacionamento em que briga mais do que ri com o seu parceiro, ou sente que a sua energia positiva está esgotada ou se esgotando, isso faz com que ele se encaixe perfeitamente na categoria de um relacionamento destrutivo.

Abaixo, sugerimos algumas maneiras de resolver problemas em um relacionamento destrutivo a fim de colocá-lo de volta nos trilhos, bem como as maneiras de seguir em frente caso isso não funcione.

Veja agora como lidar com um relacionamento destrutivo.

Obter ajuda

Se você acredita que o relacionamento pode ser resolvido, “colocado em ordem” e que você pode salvá-lo, a terapia de casal pode ser uma ótima opção, embora seja importante que você procure primeiro uma terapia apenas para você, para que assim possa discutir honestamente e abertamente as realidades do seu relacionamento.

Outro ponto importante é que você não é a única pessoa responsável por salvar o seu relacionamento e nem a única que deve tentar e querer fazer isso.

Tente resolver os problemas

Se você acha que está brigando constantemente, tente se aproximar do seu parceiro com calma, sem agressividade e converse com ele a respeito do que você acha que é isso e por que e como isso está acontecendo.

Preste atenção a certos fatores quando vocês brigam: Vocês tendem a discutir sempre sobre as mesmas coisas, os mesmos assuntos? Um ou ambos estão alcoolizados? O argumento aumenta facilmente? Como vocês resolvem essa tensão?

Ao se concentrar nesses aspectos que estão relacionados a suas brigas e discussões calmamente, poderá tentar dissecá-los e encontrar soluções para elas. Talvez você possa encontrar uma maneira de impedir que a discussão ou a briga aumente ou até comece de novo.

Ou você pode até descobrir que o seu parceiro é sensível a determinados assuntos por motivos pessoais que não têm nada a ver com você ou com o seu relacionamento.

Se você já tentou isso com o seu parceiro e não obteve sucesso, quando começar a sentir que o seu parceiro está ficando com raiva, tente sempre que possível deixar que as críticas ou comentários passem por sua cabeça. Reagir frequentemente só piora as coisas.

Saiba que há uma saída

Se terminar em um rompimento ou divórcio, perceba que esse relacionamento não precisa definir o resto da sua vida – você pode seguir em frente e ser feliz.

Se você hesita em voltar com o seu parceiro, procure conhecer novas pessoas independente da sua idade. Se ainda não se sente pronta para sair por aí, vale a pena tentar através dos sites e aplicativos destinados a namoro online e verá quantas pessoas estão por aí atrás de conhecer alguém e ter um relacionamento saudável.

Aprenda a lidar com um relacionamento destrutivo, e se ele não mudar e continuar te fazendo mal, é hora de seguir adiante, já que o poder de seguir em frente e começar novamente repousa em suas mãos. Lembre-se: você é digna de estar em um relacionamento amoroso saudável.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você acredita que pode estar em um relacionamento destrutivo? Que sinais levam a crer nisso? O que pretende fazer agora? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*