Casal discutindo

10 Dicas Para Parar as Brigas e Superar a Crise no Casamento

Não importa o quão perfeito tenha sido o casamento e o quão romântica tenha sido a lua de mel, mais cedo ou mais tarde, a realidade do dia a dia chega para todos os casais. E então as brigas começam. Enquanto que pequenas discordâncias são uma parte inevitável de duas personalidades que dividem um lar e uma vida, brigas mais sérias e repetidamente não resolvidas com frequência instauram uma crise no casamento que tem o potencial de transformá-las em motivos de separação. Portanto, se você acha que você e seu parceiro estão indo neste caminho, aqui vão dez maneira de parar as brigas e superar a crise no casamento.

1. Não se esqueça do básico

Trate seu parceiro como você trataria qualquer outro indivíduo que atravessasse seu caminho, no trabalho ou num restaurante, que é com cortesia e respeito. Frequentemente, os casais se pegam tão envolvidos pela raiva, que se esquecem do comportamento civilizado mais básico. Se não é aceitável que você grite e diga palavras duras a um estranho, na fila do supermercado, por que então você faria isso com seu parceiro, que na verdade, como seu companheiro de vida, merece a maior consideração? Lembre-se que seguir as regras básicas da interação social pode prevenir que pequenas discordâncias se transformem em brigas acirradas e instaurem uma crise no casamento.

2. Coloque as coisas em perspectiva

Uma abordagem popular aos problemas da vida, em tempos recentes, tem vindo com o slogan, “não perca tempo com pouca coisa”, e se você começar a aplicar isso em seu dia a dia de casada, verá que pode fazer a diferença. Pergunte a si mesma se realmente é importante que seu marido não tenha guardado os vasos de cerâmica no local correto, quando na verdade é evidente que ele lavou a louça. Frequentemente é melhor deixar as coisas pequenas se resolverem sozinhas, pois, qual é o valor de se ter uma casa perfeitamente organizada, se isso envolve tantas brigas?

3. Afaste-se

Algumas vezes, a provocação é muito grande para ser ignorada. Você volta para casa, depois de um cansativo dia, para encontrar a toalha molhada de seu marido, ainda na cama – pela terceira vez na semana. Nesta circunstância, é fácil explodir e acusar o parceiro de não fazer sua parte. Mas, se você apenas se der alguns minutos para que se acalme, vamos dizer, tomando um copo de café na varanda, você pode muito bem encontrar uma forma de falar a seu marido que ele precisa acordar para a vida de casado.

4. Não tem a ver com ganhar

Na maior parte das vezes, as brigas, pequenas ou grandes, têm a ver com provar o seu ponto de vista. Isso fica evidente em situações quando você quer que suas férias sejam na praia, enquanto seu marido é a favor de férias na serra. Tais brigas, normalmente, originam-se de diferentes gostos ou prioridades. Embora não seja possível que dois indivíduos distintos sempre queiram as mesmas coisas, para que uma crise no casamento seja superada é preciso encontrar algum terreno comum ou trabalhar em um compromisso de satisfação mútua. A questão toda aqui é ambos se verem como parte de um mesmo time, e não como oponentes que necessitam lutar com espadas para conseguir provar quem tem a mão mais forte no casamento.

5. Escolha suas batalhas

Uma outra forma de evitar qualquer crise no casamento é organizar suas prioridades corretamente. Não é possível, nem mesmo desejável, deixar seu marido tomar todas as decisões, o tempo todo. Decida o que é importante para você e, então, agarre-se às suas armas. Suponha que haja um grande casamento vindo na família de seu marido, e uma grande despesa é inevitável. Ao invés de brigar por ter que ir ao casamento, deixe seu marido comprar um presente generoso, mas seja dura sobre invadir o orçamento do colégio das crianças ou de suas férias por isso. Da mesma forma, seja flexível, na maior parte dos problemas que aparecem no casamento de tempos em tempo, de modo que, quando for uma coisa importante para você, você possa se posicionar e não recuar nem um milímetro.

6. Tenha cuidado com os grandes problemas

Dinheiro e infidelidade são os dois problemas mais comuns que levam ao divórcio. Quando assuntos como esses aparecem, seja extracuidadosa em relação às suas atitudes e sempre tenha os sentimentos de seu parceiro em mente. Por exemplo, evite fazer compras imprudentes e caras sobre as quais ambos não tenham discutido antes. Da mesma forma, contenha-se de beber com uma pessoa atraente do sexo oposto, mesmo que você saiba que seu parceiro nunca poderia ficar sabendo. O abuso de confiança originário de tais atitudes impulsivas pode não apenas levar a brigas, mas até mesmo instaurar uma grande crise no casamento.

7. Dê um pouco

No que tange ao amor e à intimidade, nunca é demais ser um pouco generosa. Você já sabe o que seu parceiro necessita de você, portanto, por que não dar um pouco mais? Abrace-o e beije-o mais frequentemente do que fazia antes. Dê a mão quando estiverem caminhando. Faça menos tarefas pela casa, de modo a não ficar tão cansada, na hora de fazer amor com seu marido. Estas dicas não vão evitar que as brigas ocorram, mas, definitivamente, evitam que se tornem brigas fazendo com que seja mais fácil para vocês fazerem as pazes depois.

8. Briga justa

Em certos momentos, pode ser impossível evitar uma briga, particularmente quando há um problema sério, que precisa ser resolvido. Entretanto, o que você pode fazer é lutar uma briga justa. Concordem em não elevar as vozes, um para o outro, ou não usarem linguagem abusiva. Ao invés de arremessar acusações a seu parceiro, discuta o que tem incomodado você, e se os dois conseguem achar uma forma de endereçar essa sua preocupação. Um regra básica, muito útil, é evitar sentenças que iniciem com “você”, como, “você nunca me leva passear ultimamente”, e se mantenha com aquelas que começam com “eu”, como , “eu me sinto abandonada quando você trabalha nos finais de semana”. Também evite atirar generalizações, do tipo, “você nunca me ouve” ou “você sempre flerta com outras”.

9. Evite envolver os outros

No jogo da competição marital, é muito fácil envolver outras pessoas. Familiares, amigos próximos e crianças, particularmente, são frequentemente levados a tomarem lados. Em casos de pequenas desavenças, os amigos podem atuar como mediadores, mas a longo prazo, tal abordagem nunca é recomendada ou efetiva. Este é seu casamento e todos os problemas só serão resolvidos quando os dois assumirem a responsabilidade.

10. Peça ajuda profissional

Por outro lado, se você acha impossível resolver s crise no casamento entre vocês e que as brigas estão o levando ao ponto da separação, a única forma de salvar seu relacionamento é procurar ajuda profissional. Diferente dos amigos e familiares, apenas um conselheiro ou terapeuta pode trazer uma perspectiva objetiva aos problemas que afetam seu casamento. Mais do que isso, um profissional pode ajudar a ambos se comunicarem entre si e encontrarem o caminho de volta a um relacionamento que os complete.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

O seu casamento passa por um momento conturbado O que você acha que pode ter instaurado a crise no casamento? O que vocês podem fazer para mudar? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (19 votos, média: 3,53 de 5)
Loading...

54 comentários

  1. Bom dia Pessoal, meu nome é Lorrany. Dia 07 de Junho de 2017 fez um ano que estou casada com uma mulher.
    No começo era tudo muito bom, ela era muito carinhosa, amiga, alegre, e não brigavámos. Eu adorava quando saia do trabalho pra ir pra casa. Hoje brigamos quase todos os dias, por coisas minímas e fúteis.
    As vezes eu respiro fundo e não falo nada para não brigarmos, mais já ela é diferente de mim… tudo o que eu falo é motivo de brigas, e palavras que machucam. Não sei o que fazer pois no começo da relação eu era dócil, e hoje se ela me atinge verbalmente eu faço o mesmo, e mesmo se ela tivesse errada eu iria atrás pra não deixar desgastar mais, hj não vou mais atrás, e ela tb não.. portanto já ficamos dias e dias sem conversar e dormindo em cama separadas.Não sei o que fazer, alguem poderia me ajudar? Não gostaria que acabasse meu casamento, será que já tá no fim?

    • Sou casada a 10 anos, todo casamento entra em crise, isso é até normal.. evite aborrecimentos.. fique mais na sua, faça ao contrario dela.. deixe o orgulho de lado e tenta quebrar esse clima ruim entre voces.. convivência a dois é muito difícil, ainda mais quando se trata de duas mulheres, mas se vc quer ela, faça sua parte, até o seu limite, ou até onde vc achar que deve..boa sorte

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*