Mulher no Notebook

Veja Um dos Maiores Problemas do Namoro Virtual e Como Resolvê-lo

Você se viu em um namoro virtual, um relacionamento que envolvia apenas email, conversas por chat e mensagens de texto? Esse cara parece realmente interessado. Ele se comunica frequentemente através de recursos tecnológicos. Algumas mensagens são muito carinhosas. Ele te conta o que está fazendo e aonde está indo. Então por que você não vê muito ele? E às vezes, você nem o conheceu pessoalmente.

  Continua Depois da Publicidade  

Isso pode ser muito frustrante e acabar exigindo muito de você. Você pode se sentir esperançosa e magoada ao mesmo tempo. Como ele pode escrever emails tão bonitinhos, mandar mensagens de textos tão adoráveis e não querer encontrar você cara a cara?

Namoro Virtual

Esse é nome para esse fenômeno dos encontros. Pode parecer cheio de possibilidades e inofensivo, mas te aconselhamos a ficar longe desse tipo de namoro virtual. Por quê? Porque muitas mulheres se envolvem emocionalmente e começam a ter sentimentos por esses caras. O problema é: esse não é um relacionamento real. Se você não se encontra com o cara em pessoa e em tempo real, você não está em um relacionamento real. É simples assim.

Ocasionalmente, a coisa da longa distância funciona. As pessoas combinam de se encontrar e entram em um relacionamento sério. Existem casais felizes que se conheceram online ou passando férias em outro país.

  Continua Depois da Publicidade  

No entanto, o namoro virtual podem acontecer com homens que são do mesmo local, mas muito ocupados.

Por Que os Homens Entram no Namoro Virtual?

Existem muitas razões para um homem estar aberto ao namoro virtual, mas não querer se encontrar na vida real.

1. É uma ótima maneira de “trair” sua esposa ou parceira, sem trair de verdade.

2. Alguns homens não são disponíveis emocionalmente, e isso lhes dá o sentimento de se conectar a uma ótima mulher sem os problemas e a responsabilidade.

[sc:artigos_relacionados]

3. O namoro virtual é uma FANTASIA. Homens gostam de fantasias e alguns acham a ideia de namoro virtual melhor do que ter que se vestir, conversar cara a cara, gastar dinheiro, sair de casa, etc. (Vamos encarar, algumas mulheres gostam disso também).

  Continua Depois da Publicidade  

4. Alguns caras são melhores na escrita do que para conversar, então é mais fácil para eles.

5. Homens ocupados podem ter a intenção de se conectar e depois te conhecer, mas nunca conseguem arrumar um momento. Ficar ocupado para ambos os gêneros é uma ótima maneira de ficar seguro e proteger seu coração.

6. Existem homens que querem ser reverenciados sem se envolver. Isso é ótimo para inflar o ego. Imagine como você se sentiria se tivesse diversos homens se conectando com você regularmente e dizendo coisas bonitas dias e noite.

  Continua Depois da Publicidade  

Você está começando a entender…

Como Fazer com Que Ele Dê o Primeiro Passo ou Saia de Cena

Se você está se comunicando apenas virtualmente com um homem, sugira um encontro e veja o que acontece. Como ele responde diz tudo, mesmo que as palavras não digam. Preste atenção a esses sinais:

1. Hesitação na sua voz ou resposta

2. Desculpas do porquê não é uma boa hora

3. Um lapso em comunicações subsequentes

4. Uma agenda muito cheia sem lugar para você

5. Mudança de assunto

6. Uma promessa sem uma data para te conhecer

7. Ele apenas diz não, sem explicar por quê.

O Que Você Pode Fazer Para Mudar Isso?

Você não pode fazer nada. A não ser parar de falar com ele e tentar encontrar um homem que não seja um jogador e que esteja pronto para um relacionamento. Essa cara não é nada além de uma fantasia. O namoro virtual dificilmente se torna um romance real. Aceite isso o mais cedo possível.

Você merece um homem real em um relacionamento real! Jogue ele longe como uma batata quente e se torne livre para buscar um homem de verdade que vai te envolver em seus braços, beijar você apaixonadamente e sair com você regularmente.
[sc:poder-na-conquista-depois-artigo]

Você se encontra numa situação parecida com a descrita acima? Não sabe o que fazer, agora que começou e não consegue sair de um namoro virtual? Comente abaixo a sua situação, você pode conseguir alguma ajuda.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (90 votos, média 3,83)
Loading...
  Continua Depois da Publicidade  

220 Comentários

  1. Há seis meses conheci uma pessoa no chat da primeira reunião de trabalho nesse período de pandemia. Logo de cara, já fui descartando qualquer possibilidade de encontro presencial, porque ele é 10 anos mais novo do que eu (já passei dos 50, tenho boa aparência, estou bem fisicamente e de saúde, entretanto, homem mais novo considero problemas e nada mais).
    Assim, surgiu a amizade e 1 mês depois, iniciamos um clima virtual muito romântico, repleto de mensagens manhá-tarde-noite, links de músicas, poemas, troca de e-books, perguntas, respostas e eu, nada de querer vê-lo pessoalmente (porque me acho inadequada com essa diferença de idade). No entanto, depois de muita insistência dele, combinamos para abril o primeiro encontro, logo depois da segunda reunião de trabalho, pois, estarei viajando nos próximos dias.
    Contudo, nas duas últimas semanas, comecei a perceber que ele tem um padrão de comportamento: sempre que conversamos longamente por celular ou no WhatsApp, ele some por 1 ou 2 dias (como se o longo tempo de conversa fosse me satisfazer e justificar o sumiço); as mensagens românticas e os links de música tornaram-se menos frequentes; toda noite, às 20 horas, ele desliga o celular; toda sexta ele desliga em torno das 19 horas, sem enviar qualquer mensagem para mim e, às vezes só se comunica comigo após o meio dia de sábado. No domingo, está sempre online no WhatsApp, mas, percebo que está digitando com outra pessoa (e me responde rapidinho).
    Enfim, estou farta desse clima que era romântico e agora se tornou um monte de dúvidas. Refleti bem e resolvi perguntar se ele estava em outra sintonia. A resposta foi um “não, imagina, absurdo, de onde você tirou essa ideia?” aí mencionei o padrão de comportamento dele, citei tudo que mencionei no parágrafo anterior e, com um monte de versos, músicas e elogios para mim, jurou que me adorava.
    Pronto. Aí a ficha caiu. Sinto que o cara é um jogador, manipulador, narcisista, mulherengo e enrolão, com aquele jeito de perfeito maravilhoso.
    Esperei uma sexta-feira e, quando ele desligou o celular (dessa vez mais cedo, às 18:30), enviei uma mensagem de despedida, bloqueei o número dele no celular e no WhatsApp. Ele poderia ter escrito uma mensagem via e-mail (afinal, eu não o bloqueei no e-mail e não uso outras redes sociais). Mas, que nada! Sumiu mesmo!
    Penso que ele sentiu o maior alívio por eu ter decidido encerrar esse imbróglio virtual.
    Se estou triste? Bastante… Afinal, ele preencheu, virtualmente, um espaço romântico que estava vazio há algum tempo… Conversávamos muito, compartilhávamos muito, havia uma ótima sintonia e positiva vibração. Sinto falta dele… Estou me sentindo burra, otária, infantil, idiota, por ter acreditado que algo, apenas virtual, poderia ser mágico e duradouro por tempo indeterminado… imagina o quanto ele deve ter se divertido (rindo de mim) contando tudo nas rodas de conversa com os amigos (e, possivelmente, com a real namorada). Enfim, acabou e vida que segue.
    Espero de coração que todas as pessoas sofridas e decepcionadas, possam ter coragem para romper, buscar novas perspectivas e realizações.
    Boa sorte para nós.

  2. Conheci um americano em 2017 através de um grupo no face. Quando me aceitaram nesse grupo, o primeiro post que eu vi foi o dele, era um meme. Achei engraçadinho e curti com o ‘haha’. Minutos depois recebi uma mensagem dele no privado do Messenger…pensei muito se respondia ou não ,e respondi em inglês pra treinar meu vocabulário. Ele se mostrou impressionado e em poucos meses já me elogiava, que eu falava duas línguas, que eu era linda e inteligente, que era apaixonado pelo Brasil. Começamos a compartilhar muitas coisas como fotos, vídeos, fotos da infância…os meses se passaram e eu fui me encantando, mesmo sem querer uma relação desse tipo. Quando fez um ano que conversávamos, em Setembro de 2018, combinamos de mandar cartas um para o outro. Peguei o endereço dele, passei o meu. Comprei cartões postais da minha cidade, comprei aquelas fitinhas coloridas de pulso, contei da tradição de amarrar e fazer um pedido, comprei cartão de Natal e ainda precisei ir 3 vezes no Correio pra mandar, pois sempre dava um problema…ele nunca me mandou NADA!!! Veio 2019, entrei em uma nova faculdade e os planos futuros aumentaram, ele dizia que ia pagar passagens pra mim, que ia pagar minhas despesas no hotel e que a família dele cuidaria de mim, até o greencard ele insinuou a me dar. Eu estava tão na dele que não percebia nada. Foi mais um ano de planos, sonhos, fotos, vídeos, trocamos telefone, mais um ano de “I miss you, I love you”. Ele me contava dos problemas com o irmão mais velho e eu aqui igual a uma panaca apoiando e dando suporte. Ele pediu pra eu procurar oportunidades de emprego aqui na área dele, fiz listas e mandei. Traduzi o nome das vagas do português pro inglês pra facilitar. Até pra minha formatura ano que vem eu o convidei. Passávamos o dia inteiro conversando, eu passava o dia com o celular na mão. Se eu ia em algum lugar, ficava procurando sinal de internet só pra falar com ele, nem aproveitava a minha própria companhia. Só o barulhinho da notificação com o nome dele me levava às nuvens. Até casamento e filhos eu imaginei ter com ele.

    No final do ano passado, ele comprou um perfume da cantora que gosto e pediu pra eu confirmar o meu endereço mais uma vez. E esperei. Veio a pandemia e ele nunca mandou. Em Abril, descobri que ele conversava com outra brasileira. Passei a vê-la comentando bastante no Face dele e ele a marcando em posts. Quando questionei, me disse que era uma amiga de um grupo de um diretor que ele gostava, que ela era apenas “network”. Logo depois passou a me ignorar, a ser frio e monossilábico. No dia do meu aniversário, no finalzinho de Maio, não me mandou nenhuma mensagem ou ligação. Fiquei chateada e quando confrontei, ele disse que eu “merecia coisa melhor”. Através da irmã dele, descobri que ele conversava com essa menina pelo telefone. Falei com ele e disse que seguiria minha vida. No dia seguinte, fui atrás. Praticamente me humilhei, insisti, que vergonha!!! Um mês depois do meu aniversário, ele trocou o status de relacionamento com ela e me ligou várias vezes. Nesse dia, meu celular estava quebrado e eu não conseguia atender ninguém. Parecia livramento, pra eu não ouvir a voz dele. No dia seguinte, já no final de Junho, logo depois de eu olhar o novo status dele, ele me mandou mensagem dizendo que ia mandar o perfume porque eu “merecia”. Falei um mooonte pra ele e me arrependo até hoje de não ter dito um FUCK YOU bem grande. Ele me acusou de não ter feito esforço algum pra manter o relacionamento, olha só, depois de TUDO o que eu fiz! Me despedi com o coração na mão e foi cada um prum lado. Custei muito a me reerguer…perdi peso e cabelos, minha auto estima foi lá embaixo. Já são quase 5 meses e ainda lembro muito do descarte. Li muito sobre pessoas narcisistas e acredito que ele seja um. No início era todo romântico, depois me deixou de lado e sumiu. Se eu fosse vingativa, mandava mensagem pra menina falando de tudo mas resolvi ficar na minha. Olha, é uma sensação horrível, mas te faz abrir os olhos para várias coisas que você acaba ignorando por estar cega e encantada. Foram praticamente 3 anos perdidos!! !Relacionamento virtual nunca mais!!!! UFA, DESABAFEI

  3. Sim. E não consigo dizer adeus. como se já sentisse o vazio antes mesmo de partir.

  4. Cristina Souza

    Boa noite! Estou em uma situação meio que complicada, mas tenho certeza de que é um golpe. Conheci há dez dias um cara estrangeiro que diz ser empresário e está vindo para o Brsil, entes de me encontrar preciso ir compprar algumas coisas em Dubei e depois quando viria recebeu uma mensagem de um empresa em Isarael e pediu para eu pegar as coisas que ele havia comprado. Não tenho ideia do que possívelmente ele comprou, mas eu disse que falaria com um primo e ele disse para eu não fazer isso, pois, meu primo iria me desencorajar. Mal sabe ele que eu já não confio mais nele. Nes mensagens ele pede para eu não desistir e se for preciso até pegar dinheiro emprestado.
    Acho que não vai adiante e não estou apaixonada, mas com bastante reiva dele.
    Mandou imagens de Dubai e ainda não encontrei na internet essas imagens, mas não confio nele.

  5. Faz hoje um mês que comecei a falar com um rapaz por messenger que quando era nova o conhecia de vista.
    A conversa era sempre muito animada, até que ele começou a mandar algumas mensagens mais atrevidas.Comecei também a puxar por ele.Ajudei-o a tratar de papeladas para seu pai que esta doente.Sempre foi muito educado e numa brincadeira (á poucos dias)pedi seu contacto e ele deu sem problema.Também deu-lhe o meu…mas nem eu nem ele até hoje nos contactamos telefónicamente.Da minha parte é falta de coragem, da dele não sei. Combinamos que depois do confinamento devido ao COVID 19 , ele iria pagar-me um jantar por ter ajudado seu pai. Mas até agora não tomou nenhuma iniciativa!Quando decidi escrever-lhe a dar a entender que cada vez me sentia atraida por ele e gostava de estar pessoalmente com ele..ele simplesmente não respondeu…eu em tom de brincadeira lhe disse que estava amuada com ele por não ter respondido e por isso a linha erótica gratuita terminou!! agora só pessoalmente!!, ele mandou a seguinte mensagem…Tu ferves em pouca água…és muito impulsiva…entras rápido em stress…tem calma rapariga…
    Fiquei muito magoada, mas respondi-lhe que tenho calma sim pois tenho uma vida inteira para me divertir e um trabalho de muita responsabilidade.Confesso que fiquei triste pois estava a começar a nutrir sentimentos por ele. Apartir desse dia, não mando sms como dantes, nem ele responde rápido como dantes. Sei que o pai dele está pior de saude…mas…
    Ele é solteiro e sem filhos, conhece-o da minha zona desde muito nova. Eramos jovens e lembro-me que ele pediu meu contacto, eu dei, ele ligou mas na altura não lhe deu bola.
    Ele brincou este tempo todo comigo…certo…

  6. Oii Boa noite meu caso com namoro virtual começou Julho de 2019 muito triste pq nesse tempo que estou com ele foram muitas brigas por motivos da gente não se vê frequentemente ele mora 50 minutos de minha casa e sempre tem história mal contada pra não vim me vê,quando digo que vou seu encontro diz que tá sempre ocupado com serviço e pais doente ,desde julho de 2019 só o vi uma vez depôs não mas,diz que quer casar ter filhos cmg,que viria pedir minha mão aos meus pais mas nunca aconteceu,me sinto muito triste não sei que pensar mas,tenho medo de ele estar brincando comigo me diz que vocês acha pq tô sem rumo e muito envolvida.

    • Aí tem.
      Tente dar uma de detetive. Vasculhe as redes sociais dele, coloque o nome no Google, procure as fotos dele no Google images, veja se consegue o endereço dele. Procure alguma pista de que ele possa estar te enganando. Tem toda pinta de ser um cara comprometido. Não dá para acreditar em tudo que um cara que conhecemos virtualmente diz. Eu, sempre fiz isso. Não confio em blablabla e nem me animo antes de ter certeza que aquela pessoa pelo menos está dizendo a verdade. Quem está aberto de verdade, não esconde, não mente, não tenta te enganar com conversinhas sedutoras. Boa sorte.

  7. Eu conheci um rapaz em um grupo evangelico entramos em um relacionamento virtual a 3 meses,as vezes eu surtava por que nos dois primeiros meses ele me dava muita atenção conversavamos manha ,terde e noite as vezes ate 2 horas da madrugada ,no ultimo mes ele me deixava falando sozinha ,as vezes falava de manha ,e por fim tive um surto e disse que não queria mais ,ficamos 2 dias sem se falar ,depois voltamos a nos falar e falamos dois dias maravilhosos como da primeira vez,nunca nos encontramos pessoalmente ,derrepente ele sumiu e nem se que aparece online no whatssap,o pior que estou muito apaixonada ,choro muito e fico muito só ,sabe sou muito ciumenta ,tenho uma necessidade de ter um amor daqueles pra vida inteira ,tenho muito medo de perder ele pra sempre .

  8. Eu sempre me envolvi virtualmente e achei a pessoa certa mas não estamos mais juntos ele é mt ciumento tanto que ama o fato de eu ser sozinha e sem amigos… Eu terminei com ele mas ainda o amo, Ele não me bloqueou pelo oq parece e to pensando em cometer suicidio não por causa dele e sim por que quero finalizar o que não consegui… Que é tirar minha vida.. eu me acho inutil e não mereço viver!!

    • Oi Bea, eu sei q as coisas estão difíceis e parecem sem solução mas por favor não desista. Eu tbm não tenho nenhuma pessoa q considero como amigo mas aprendi a ver as coisas de outra perpectiva e enxergar beleza nas pequenas coisas. Vc deve estar precisando desabafar com alguém então sinta-se a vontade para conversar comigo. Me manda um e-mail: [email protected]
      Te passo meu número por lá

  9. Boa tarde! minha história é um pouco longa…em novembro de 2015 conheci um cara com quem tenho contato até hoje, acho que de tanto tempo não consigo mais pensar por si só…Eu estava passando por uma situação difícil, minha irmã doente numa UTI em São Luís e minha mãe com Câncer no interior e um casamento sem amor. Começamos a conversar e eu logo me envolvi, em poucos dias dizíamos que nos amávamos. Ele falava comigo o dia todo e me apoiou muito, eu muito fragilizada encontrei nele minha tabua de salvação, ajudou a deixar meus dias menos tristes. Minha irmã morreu, minha mãe e logo depois meu pai também morreu, eu me separei e continuamos juntos. nesse tempo todo nunca falamos em nos encontrar, quando falo no assunto ele diz que não faz nada planejado , eu tenho dois filho e ele sabe de tudo que eu passo, nunca se ofereceu para me ajudar em nada, em contrapartida sempre brigamos quando eu saio para me divertir, se estou com minhas amigas tenho que dar mais atenção a ele no whatsapp do que a elas… Eu já deixei de fazer muita coisa por causa dele, apesar de ser uma pessoa esclarecida, me tornei a…não sei como me denominar, porque não sou namorada, apenas uma mulher virtual submissa que faz tudo que ele deseja, sem ter nada em troca. Eu moro no Piauí e ele no ES. é divorciado, tem dois filhos que ele criou, atualmente já estão formados. Apesar de morar bem com a família ele não tem emprego. Eu sou professora e mesmo quando quero ir conhece-lo não sinto nenhuma motivação da parte dele. Por favor me digam o que vocês acham? Como disse no início, não sei mas o que pensar.

    • Olá querida, acabei de ler teu comentário. Eu marquei esta frase:
      ‘Eu estava passando por uma situação difícil, minha irmã doente numa UTI em São Luís e minha mãe com Câncer no interior e um casamento sem amor. Começamos a conversar e eu logo me envolvi”
      Por toda situação pela qual você passou, a ajuda mais eficaz seria de um profissional que pudesse te ajudar teu emocional ,para poder enfrentar e sair da tua situação mais fortalecida. Lendo muitos comentários na internet, vejo que muitos profissionais não recomendam relacionamentos virtuais que se estendam mais que 3 meses. Há um perído para tudo isso, as pessoas conversam por chat, se apresentam , por vezes se abrem e quando não há nenhuma iniciativa por parte do parceiro/a, é melhor abrir os olhos.
      Você passando pela ordem de problema familiar e com insucesso no casamento, não encontrou um apoio real , presencial e definitivo , mas somente virtual. Quem então é esta pessoa? Não houve nenhuma demonstração efetiva, um encontro, uma conversa pessoal, uma apresentação, os primeiros passos para poder ver se é o caso de assumir um relacionamento. Eu sei quanto pode ser duro voce ouvir isto, mas você está aprisionada em um curral afetivo virtual e acredite, é mais comum do que voce pensa! Tem muitas mulheres sonhando, navegando se correspondendo, ouvindo historias e declarações sem fim, sem que a pessoa do outra lado da tela mova um passo em direção ao mundo real. A distância sempre é a mesma desculpa, é uma espécie de acomodação. Para um homem desempregado , se suas histórias são todas verdadeiras , provavelmente sem conhece-lo pessoalmente, frequentar o mesmo ambiente, conhecer familia etc… é muito difícil. Voce pode continuar investindo virtualmente e ele usará sempre seu escudo e fará de tudo para estender este relacionamento virtual. Ha muitos homens assim, e existe vários profissionais alertando, orientando. Eu não sei qual tua situação economica, mas caso voce tenha dificuldade em pagar um terapeuta, psicologo, várias universidades oferecem terapias psicologos gratuítos que poderão te orientar, te ajudar, e voce vai ver como você sairá bem fortalecida. Não sinta vergonha, nem se intimide , há mutias mulheres que passam por isso, eu passei por isso e procurei ajuda, superei e no final pude ver que devido a minha situação difícil me tornei vulnerável e presa deste tipo de homem. Precisamos nos orientar e fortalecer nosso emocional e não esperar que a ajuda e a solução virá de um relacionamento afetivo, nem real e nem virtual. Se cuide, de coração fica a dica. Um otimo natal e um 2020 cheio de novos rumos!

  10. Ola eu estou em um caso mais ou menos assim, começou de forma virtual, mas depois passamos a nos encontrar, eu sou casada e ele tambem…. ele no principio era muito atencioso, enviava mensagens, agora, quase que a gente não se fala…. ele fica muito ocupado…. mas de 2 em duas semanas ele liga…..sempre ele é que liga, para a gente se encontrar….apesar da distancia eu sinto cada vez mais a falta dele…..ainda nao tivemos sexo…..é so rolo mesmo….. quero pular fora mais não consigo….me ajudem por favor….. porque acho que estou apaixonada

  11. Fernanda Ferraz

    Bom dia

    Conheci um rapaz faz um mês pela internet. Estamos namorando virtual. Estou com medo. Estou gostando muito dele. Me bate um desespero. Ele manda mensagens o dia todo. Me dá muitas esperanças. O que eu faço?

  12. Elaine Ramos

    Tenho um relacionamento com um homem já a 11 anos .e já terminamos várias vezes ate porque era casado hj já não e ms ms eu sou .sou louca Pr ele parece q com. Passar do tempo só aumenta .não nos vemos com frequência essa última vez ficamos ms de 1 ano sem vermos ms tipo se falamos pelo zap. Ele mora com um filho me convidou Pr ir a casa dele me apresentou amigos dele me pediu Pr namorar Pr fazermos diferente ms q eu era casada .falei Pr me dar um tempo precisava pensar tenho um casamento de 25 anos já se separamos ate ms pelo próprio .só q sinto q homem q quero e inseguro tem medo …bom estou muito confusa.tinha decidido tirar ele de vez da minha vida. Ms ms como amooo demais ou acho amo .alguém q já passou ou passa por isso.preciso muito de uma luz…

  13. Gente bom dia cuidado com golpes passou estes dias na Ana maria Braga cara de outro país que pegou uma grana de uma mulher porque ela estava apaixonada por ele promete enviar aliança para se casar aqui dai depois vem golpe de ter que pagar taxa porque parou na alfandega e é muito valioso a mulher perdeu 250 mil só porque o resto dela casa no valor de 450 mil que ela penhorou etc… as pessoas se fazem de coitados,Príncipe encantado e princesas só conto de fada,talvez quem te ama esta pertinho de você mas você esta cego.

  14. Eu me relaciono com um rapaz faz quase 3 anos; nunca nos encontramos. Ele nunca tem tempo, dinheiro para vir me conhecer. Já falei para ele me deixar ir até ele, mas ele também não deixa. Eu acho que ele me usa como uma fantasia. Agora que li esse texto, ficou bem claro para mim.
    Ele disse que me me amava, mas só disse isso em meio a uma conversa mais erótica. Acho que ele me engana.

  15. Queria ajuda nisso aí também… Meu e-mail [email protected]… Aguardo quem queria conversa comigo.minha história e longa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×