Preliminares

As 7 Melhores Posições para Tentar se Você Odeia Ficar por Cima

Há muitas coisas boas sobre estar por cima durante o sexo, como ter controle da velocidade e do tempo, experimentar uma profunda penetração com a estimulação do clitóris e ter um contato visual intenso com seu parceiro. Mas algumas mulheres não acham ficar por cima nada demais, e na verdade se incomodam com isso – e não tem problema pensar isso.

Seja devido ao tamanho do seu corpo, habilidade ou autoestima, há muitas razões pelas quais as mulheres podem não gostar de estar por cima. Para muitas mulheres, essa posição na verdade é desconfortável e muitas delas só a fazem para agradar aos seus parceiros.

Felizmente, existem muitas posições alternativas que podem fazer as mulheres se sentirem responsáveis ​​pela sua sexualidade. É necessário ter em mente que qualquer posição pode ser poderosa ou dominante se a mulher trabalha sua autoestima e seu poder.

Conversamos com especialistas em sexo sobre as melhores posições para as mulheres que odeiam estar por cima, e você confere todas elas abaixo:

Posição da ponte

Esta posição adiciona um pouco de tempero a um clássico. Nela, a mulher deverá ficar deitada na cama com a pélvis elevada por um travesseiro ou cobertor enquanto seu parceiro se ajoelha entre suas pernas.

Essa é uma variação da posição papai e mamãe que pode ser prazerosa e dar à mulher mais controle. Com a penetração, a mulher pode envolver as pernas ao redor do torso do seu parceiro ajoelhado e usar os músculos das pernas e das nádegas para espremer e empurrar o corpo dele, controlando a penetração melhor. Para maior prazer, use sua mão ou um vibrador para um aumento da estimulação do clitóris.

Lado a lado

Outra ótima opção é fazer amor deitados de frente um para o outro lado a lado. O que é bom sobre isso é que a mulher tem a liberdade de se mover para obter o melhor estímulo para ela, e também permite a estimulação manual do clitóris.

Para fazer essa posição, comece no papai e mamãe (deitada com o homem por cima) e simplesmente role para o lado puxando seu parceiro com você. Um lado pode ser mais confortável do que o outro, então certifique-se de tentar os dois.

De quatro

Um dos benefícios de estar por cima é a penetração profunda, que muitas mulheres acham agradável. A a posição de quatro oferece essa mesma possibilidade de penetração profunda, e por isso é uma boa opção.

Você pode mexer seus quadris em um movimento circular no início, e então permitir que seu parceiro segure sua cintura e dê impulso. Esta é uma das melhores posições para penetração profunda e acesso ao ponto G. Use seus dedos, os dedos dele, ou um vibrador para estimular o seu clitóris simultaneamente.

As mulheres normalmente também são entusiastas dessa posição porque ela oferece um orgasmo poderoso, e para os homens, além do orgasmo, eles têm uma visão privilegiada de toda a ação.

De conchinha

Se você preferir não estar no centro das atenções como quando está por cima, a conchinha é uma ótima opção para se fechar fisicamente e se concentrar no seu próprio prazer. Com você de costas para seu parceiro, você agora não precisa sentir que está sendo encarada ou sentir nenhuma pressão para manter contato visual, o que pode ser muito intenso para algumas pessoas.

O objetivo com a posição de conchinha é que a mulher não sinta o olhar de seu parceiro de forma direta e, portanto, possa concentrar sua atenção em seu próprio prazer. Uma vez que não há estimulação direta do clitóris nesta posição, é interessante que você ou seu parceiro use as mãos ou um brinquedo.

Com as mãos na parede

Se você quer mais uma alternativa para penetração profunda, experimente a posição em pé com as mãos na parede, em que a penetração acontece por trás. Nessa posição, a mulher está com as mãos contra uma parede e o homem faz a penetração por trás dela.

Seu parceiro deverá se aproximar por trás e pode colocar as mãos sobre seus ombros, costas, quadris, seios, clitóris e vulva, ou uma combinação de todas essas opções. Se você quiser algo um pouco mais selvagem, seu parceiro pode segurar seu cabelo ou seus braços para trás, por exemplo.

Depois de aperfeiçoar essa posição, experimente adicionar um pouco de diversão, peça ao seu parceiro para sussurrar em seu ouvido, morder ou lamber o seu pescoço, passar os dedos dele pelas suas costas, ou colocar os dedos na sua boca, por exemplo. Você pode sempre virar o rosto para interagir com ele ou beijá-lo.

Sentados

Nessa posição você continua com muito contato visual e muita intimidade, mas ela apresenta o potencial de uma penetração profunda, e é uma ótima substituta se você não gosta de ficar por cima.

Nessa posição, em cima da cama, seu parceiro pode abrir as pernas e você pode sentar-se sobre ele com as pernas enroladas ao redor dele, exercendo a energia, velocidade e profundidade que quiser. Você pode fazer movimentos pequenos e lentos e aproveitar a penetração profunda enquanto faz pouco trabalho, bem diferente do que ficar por cima com seu parceiro deitado.

Posição na cadeira

Se você quiser evitar ser totalmente exposta ou ter que fazer todo o trabalho, tente sentar no colo de seu parceiro, seja de frente para ele ou de costas.

A posição da cadeira permite mais abraços e não exige tanta atividade da mulher, de maneira que o casal tem a opção de “se contorcer” em vez de bombear para a penetração profunda.

Esta posição pode ser feita em uma cadeira, em um sofá, em uma poltrona, ou mesmo na cama, e ela é uma ótima opção, especialmente quando o casal quer experimentar coisas boas em relação ao contato pélvico que pode estimular melhor o seu clitóris, por exemplo.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você tem essa aversão a ficar por cima durante o sexo? Qual é o seu motivo? Que posição prefere para substituí-la? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*