Casal Divorciando

Sinais de que Você Está Perto de Terminar um Relacionamento

Será que o seu casamento está caminhando para o divórcio? Descubra aqui se você está perto de terminar um relacionamento. Manter um casamento requer intenção. Assim como outras relações, se o casamento não recebe a atenção e tempo necessários, ele irá se deteriorar. Casais tendem a entrar no casamento com grandes expectativas, trazendo suas histórias de mágoas e expectativas não atendidas. A expectativa não falada que seu parceiro irá finalmente te amar do jeito que você desejou ser amada é normalmente uma exposição para o fracasso.

Apatia e contentamento em um casamento são sinais de alerta de que ele precisa de sua atenção, e o principal motivo de um futuro divórcio é evitar conflitos. Terapeutas e pesquisadores de temas como casamento e família conduziram estudos ao longo de 40 anos para determinar o que faz um casal terminar um relacionamento matrimonial. Estes estudos mostraram que essas características da comunicação predizem a probabilidade de um divórcio com exatidão de 91%.

Se as dinâmicas do seu casamento se encaixam nesses padrões, sua chance de terminar um relacionamento em divórcio é grande:

1. Ímpetos ásperos

Abordar a conversa com conflito ou sarcasmo, acusações, críticas ou comentários depreciativos é perigoso para um casamento. Iniciar uma conversa de forma dura provavelmente irá resultar em um final acriminoso sem resolução.

2. Inundação

Você e seu marido sobrecarregam vocês mesmos com negatividade que causa um desligamento emocional e separação da relação? Quando você ou seu parceiro de repente barram o outro com crítica ou contentamento, deixar o outro se sentindo chocado geralmente é fatal para terminar um relacionamento.

3. Linguagem Corporal

Quando um ou os dois parceiros parecem estar sobrecarregados e inundados, a secreção de adrenalina e o aumento da pressão sanguínea podem ocorrer e essas respostas fisiológicas antecipam a habilidade de resolver os conflitos de forma eficiente. A inundação engatilha uma luta resultando em falta de engajamento pelo parceiro.

4. Tentativas frustradas de reparar

Se o conflito não se resolve, a probabilidade do terminar um relacionamento aumenta. A resolução de um conflito é algo imperativo na manutenção de uma relação saudável. A obstrução é a falta de vontade de entrar numa conversa e resolver este conflito. Daí, percebe-se que o divórcio é a única e última saída.

Você está a procura de sinais de que deve terminar um relacionamento e continua em dúvida? Compartilhe a sua história nos comentários, quem sabe você não consegue uma boa ajuda por aqui?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (8 votos, média: 3,88 de 5)
Loading...

5 comentários

  1. Dezanimada
    estou escrevendo para contar e receber um conselho pois sou casada a 14 anos tenho 2 filhos,um tem 12 anos outro tem 2anos.mas o meu casamento senpre foi muito difícil,pois no inicio a gente morava no interior e eu não ia para a roça como todas as mulheres de la.e a familha dele reclamava disso.agora morramos na cidade mas ele nao aceita que eu trabalhe fora,e as nossas brigas sempre são por causa de dinheiro ele é muito machista e acha que por eu não trabalhar vou botar dinheiro forra.acabei pegando por costume pedir para ele tu oque quero conprar,mas mesmo assim ele briga comigo e as vezes me dexa compar e as vezes não.Não sei mais oque fazer tenho medo de me separar e meus filhos sofre,não aguento mais as vezes queria sumir para ver se alguen sente falta.por favor se alguen tiver um coselho me responda,pois estou muito desanimada.

    • Nao fique desanimada, Deus tem um proposito na sua vida, converse com seu marido sobre o assunto de vc trabalhar ou mesmo se nao quer que trabalhe toda mulher precisa de dinheiro pra ficar linda, cheirosa, comprar roupas bonitas, comprar roupas pra dar uma aquecida no casamento, se nao acaba virando rotina e o final é uma depressao, acusacoes e o divorcio, procure mudar sua rotina, fazer coisas diferentes e sempre quando for conversar seja criativa tanto o homem quanto a mulher precisam de carinho saiba a hora certa de pedir, faça carinho fique cheirosinha sensual e tenho certeza que nao vai negar seus anseios

  2. Meu marido com14 foi morar com um gay.Quando eu o conheci os pais deles moravam próximo a mim.Ele se desentendeu com o pai,foi por isso,segundo ele.Ele o chamava de padrinho,que na época tinha uns 40 anos.Quando eu o conheci,ele sumia,mas eu muito apaixonada com 13 anos lhe perguntei,ele tinha 17,eu lhe perguntei porque ele some e ele me disse que gostava de ficar só durante 6 meses.Virei adulta e voltei a namorar com ele,então nos casamos ele me traiu com uma mulher,mas sempre desconfiei dele com uns amigos.Ele os chama de irmãos na minha frente,mas sabe aquele intesse dele pelos amigos,fico desconfiada,por último conheceu um amigo,que sai até pra almoçar com ele.Eles trabalhavam juntos,foi demitido,e nos dias que esse amigo não ligava ele se deprimiu.Então na minha adolencencia me bombardearam com dúvidas sobre ele,os seus próprios colegas.Apesar de tudo quanto pergunto ele diz que me ama muito,e eu falo que não quero que ele sofra,mas sinto que já faço ele sofrer,quando pergunto essas coisas.Ele sempre nega.Outra coisa,ele não deixa eu me sentir a vontade pra sair nem com amiga.É bem possessivo,sou muito sozinha por isso.

  3. Boa tarde. Após descobrir traicao do meu marido nunca mais tive paz. Ele não aceita conversar, quando tento ele reage mal. Por causa do stress acumulado já parei no hospital por causa de pressão alta. Já tentei sair para me divertir, dando tempo para os ânimos acalmarem para podermos conversar, uma vez que ele disse que me traiu porque achou que eu não gostava dele e eu estava fria e distante dele. Pergunto a ele porque não me falou isso antes de decidir me trair, mas ele não responde, só diz que me ama e não diz mais nada e isso me deixa muito estressada .Acho que estou em vias de me separar.

    • Também fui traída e meu marido falou a mesma coisa,que achava que eu não o amava.Na época quando aconteceu eu não estava sendo estimulada para ama-lo por isso esfriei também,mas quando eu descobri tudo,fiquei com depressão,emagreci e quis morrer.Foi dramático,mas ele se melhorou muito depois disso,e toda hora me dava atenção,e voltou o nosso fogo.O que não é o medo de perder quem se ama de verdade?O tempo passou e novamente o medo da traição assola.Mas eu tenho certeza que o amo.Vc quer saber?Até com homens imagino que ele me trai!É sinistro!O medo de perder quem a gente ama!Mas só uma coisa lhe falo,eu sou mais eu.Se ele desistir de mim,vou me amar mais e mais.Vou ficar gatíssima,estudar,trabalhar e vai surgir alguém que me mereça.Não vamos nos preocupar mais com isso.Vamos viver bem,para que tudo de nós seja lembrado com saudade.Que seja eterno enquanto dure.Não é??

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*