Pés de Casal na Cama

Sexo no Início do Relacionamento é Ligado a Insatisfação Futura

O ditado “os tolos se precipitam” pode ser verdade para sexo e relacionamentos, especialmente para mulheres, segundo um novo estudo de Cornell. Mulheres que fazem sexo no início do relacionamento têm mais chances de, mais tarde, ficarem insatisfeitas com a qualidade do relacionamento, porque sexo tem um valor simbólico maior para mulheres como um indicador de compromisso com o relacionamento do que para os homens, sugere o estudo.

O estudo foi publicado na edição de Agosto do Journal of Marriage and Family

“Mulheres que entraram em relacionamentos sexuais com seus parceiros atuais mais rapidamente reportaram níveis de satisfação com o relacionamento significantemente menores do que aquelas que esperaram mais para se envolverem sexualmente. Mulheres são mais sensíveis a questões de qualidade do relacionamento do que homens,” disse a líder do estudo Sharon Sassler, professora de políticas de análise e administração em Cornell.

Por outro lado, mulheres que iniciaram relações sexuais com seus parceiros mais tarde no relacionamento eram mais felizes no casamento subsequente do que aquelas que se apressaram para fazer sexo. Homens que esperaram mais para fazer sexo também reportaram maiores níveis de compromisso e menos conflito, mas o efeito era maior para mulheres. De acordo com os pesquisadores, isso é consistente com estudos anteriores que mostraram que homens não são tão sensíveis à qualidade de um relacionamento quanto as mulheres.

O sexo no início do relacionamento também está associado a morar junto mais cedo e casamentos menos satisfatórios, o estudo descobriu. “Pessoas que fazem sexo no primeiro mês frequentemente vão morar juntas mais rápido,” Sassler disse. “Ao irem viver juntos rapidamente, eles podem não reconhecer relacionamentos de baixa qualidade, aqueles que eles podem decidir que não eram os mais importantes ou em que eles não deveriam estar.”

Casais geralmente não discutem grandes questões como casamento e expectativa ou desejo de ter filhos nos primeiros meses de um relacionamento, e assim aqueles que vão viver juntos muito rápido podem fazê-lo antes de saber como o parceiro se sente sobre tais questões. Uma vez vivendo juntos, ela observou, qualquer dos parceiros pode achar mais difícil terminar um relacionamento errado. “É, na verdade, a rapidez com que vão viver juntos que explica esses resultados,” disse Sassler.

Os pesquisadores analisaram dados da Marital and Relationship Survey de 2006, que oferece informações sobre quase 600 casais casados ou em coabitação que possuem filhos menores e renda baixa a moderada.  Cada parceiro avaliou vários aspectos de seus relacionamentos românticos, incluindo satisfação sexual, comprometimento, intimidade e satisfação no relacionamento. Os pesquisadores então examinaram como a velocidade de início de envolvimento sexual estava associada a maiores ou menores estimativas de qualidade de relacionamento.

Mais de um terço das pessoas pesquisadas disse terem começado a fazer sexo no início do relacionamento, logo no primeiro mês. Do outro lado do espectro, apenas cerca de um quarto disse ter esperado mais de seis meses antes de se envolverem sexualmente.

Diferente de estudos anteriores, a pesquisa inclui relatos de homens sobre qualidade de relacionamento assim como os de mulheres. E foi focado em relatos de homens e mulheres casados ou em coabitação, com renda baixa a moderada e com filhos menores, a população que geralmente é alvo de programas designados para fortalecer famílias frágeis.

“A velocidade com que um relacionamento progride – sexual e emocionalmente – pode ser uma questão de oportunidades e limitações econômicas e outros fatores estruturais e culturais, incluindo uma cultura jovem altamente sexualizada,” diz Sassler. “Independente de suas causas, entretanto, sexo no início de um relacionamento pode ter efeitos duradouros na qualidade do mesmo.”

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você costuma fazer sexo no início do relacionamento ou prefere sempre esperar um pouco? E como acha que isso influenciou nos seus relacionamentos? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

3 comentários

  1. Eu sempre deixo passar uns três meses no mínimo, e meus relacionamentos sempre deram certo. Todos duraram mais de dois anos!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*