Mulher Assistindo Pornografia

Qual é a Melhor Pornografia Para Mulheres?

Se você acha que pornografia é só para homens, está na hora de rever seus conceitos. Em uma pesquisa no Reino Unido, mais da metade das mulheres assistem pelo menos um filme pornô por mês. E mais: a pornografia para mulheres tem ajudado muitas a apimentar o relacionamento.

Saiba o que a pornografia para mulheres pode fazer por você

A pornografia está tradicionalmente associada a homens e a adolescentes com os hormônios em ebulição. No entanto, as mulheres também assistem e, na dose certa, fazem muito bem para elas e para o relacionamento.

Isso porque os filmes pornôs são inspiradores. Eles apresentam diferentes posições, acessórios, fantasias, fetiches. É todo um mundo novo que se abre diante da mulher, possibilidades para ela expressar sua sexualidade que é tão reprimida pela sociedade. O material pornográfico também ajuda as mulheres a se sentirem mais confiantes, mais desinibidas. Elas aprendem truques para usar depois e, com os elogios que recebem depois do ato, se tornam ainda mais confiantes e felizes. A coisa funciona tão bem que muitas mulheres gravam seus próprios vídeos com seu parceiro.

Há mulheres que assistem filmes pornôs com seus companheiros e garantem que esse tipo de coisa só traz benefício ao relacionamento. Além de apimentar a vida sexual, eles se sentem mais abertos para conversar sobre o que gostam ou não de fazer no sexo, o que leva a uma vida sexual mais satisfatória.

Portanto, antes de torcer o nariz para a pornografia, reflita com calma e entenda que ela pode ser uma aliada.

Conheça o perfil das mulheres que assistem pornografia

De acordo com a pesquisa mencionada acima, este é um breve perfil das consumidoras de pornografia no Reino Unido:

  • 55% assistem pelo menos 1 filme por mês, 40% assistem pelo menos 1 semanalmente e 9% assistem diariamente;
  • 96% das mulheres assistiram a pelo menos 1 filme com seus parceiros. Dessas mulheres, 58% afirmaram que isso teve efeito positivo no relacionamento e 23% disseram que isso aproximou os parceiros;
  • 40% já fizeram filme pornográfico caseiro;
  • 73% preferem pornô soft;
  • 47% preferem role play (dramatização);
  • 21% preferem pornografia com fetiches. 

Pornografia para mulheres x Pornografia para homens

No entanto, como você deve ter percebido, as mulheres têm necessidades relativamente diferentes para pornografia. A psicóloga Catherine Salmon divide o mundo da pornografia em “pornotopia” e “romantopia”. A pornotopia é o sexo pelo sexo, pela gratificação física, luxúria, sem envolver esforço para conquistar e seduzir o parceiro, bastante closes nos rostos e órgãos sexuais. Este tipo de pornografia é o mais procurado pelos homens e é, também, o mais produzido atualmente. Já a romantopia é algo mais complexo. A romantopia envolve romance, jogo de sedução. Daí a forte identificação das mulheres britânicas com o pornô soft e a dramatização.

Catherine fala também que esta característica está diretamente ligada ao fato da literatura erótica ser consumida muito mais por mulheres do que por homens. Em resumo: o sexo, para as mulheres, precisa acontecer dentro de um contexto; já para os homens, bem, o sexo simplesmente só precisa acontecer. No entanto, a indústria pornográfica ainda está fortemente direcionada ao público masculino e talvez seja exatamente isso que impeça as mulheres de assistirem filmes pornôs.

Em relação a isso, Verena Chiara Kuckenberger, responsável pelos estudos de gênero da Universidade de Graz, diz que os roteiros masculinizados não são o único problema para as mulheres. “Para as mulheres, admitir que tiveram prazer vendo pornografia significa superar os estereótipos da sexualidade feminina.” Ou seja, o tipo de pornografia mais comum reflete os padrões sexuais machistas da sociedade.

Conheça o Fem Porn – Pornografia para mulheres produzida por mulheres

Pensando nisso, há um novo secto de diretoras interessadas em produzir pornografia para mulheres, respeitando todas as peculiaridades desse gênero. Anna Arrowsmith, por exemplo, é diretora do chamado “Fem Porn” (pornografia feminina) há 14 anos. Para ela, existir uma pornografia para mulheres é algo diretamente relacionado aos direitos das mulheres e à luta por uma sociedade onde as mulheres possam não apenas votar e trabalhar, mas também viver sua sexualidade. Seus filmes não contém colegiais, donas de casa desesperadas ou enfermeiras. Isso porque, de acrodo com Erika Lust, outra diretora da área, estes são os símbolos que mexem com o imaginário masculino, não com o feminino.

Outro problema que Erika Lust aponta é o fato de que tudo na pornografia atual é voltado para a satisfação masculina como as cenas de sexo oral no homem que são intermináveis. Nas mulheres o sexo oral dura apenas alguns segundos. A ideia do Fem Porn é justamente mudar o foco e colocar o prazer da mulher no centro. Essas diretoras fazem filmes baseando-se tanto no que as mulheres contam para elas, quando no que elas estudam sobre sexualidade feminina. Segundo as diretoras, algumas dessas necessidades são:

  • Ver atrizes que reflitam a realidade: elas têm que ser de todos os tamanhos, com seios normais ou com silicone, de todas as cores etc.;
  • Acompanhar uma curva de excitação, entender porque a mulher está ficando excitada em determinada cena;
  • Ver as mulheres como seres humanos completos, que querem explorar, não apenas se entregar loucamente a uma transa;
  • Ver homens atraentes em cena.

O Fem Porn vem ganhando forças, o número de diretoras nessa área aumentou e ele já tem até um prêmio cinematográfico específico para filmes desse gênero.

Qual a melhor pornografia para mulheres?

Embora estes dados sejam baseados na maioria, cada mulher é um indivíduo diferente e tem necessidades diferentes. A melhor pornografia é aquela com a qual a mulher se excite e que ela curta. A mensagem que fica é: usar a pornografia na dose certa, curtir, usar as táticas e posições que aprender. E essa mensagem vale tanto para homem, quanto para mulher.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

E você, assiste a filmes pornôs? Concorda com este artigo? Você acha que são necessários dois gêneros de filmes pornôs, um para homens e um para mulheres? Comente!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (6 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...

6 comentários

  1. Eu assisto com o meu namorado. Não costumo ver sozinha nao, nem gosto mt… mas quando a gente vê junto é otimo, uma boa opção pra esquentar o clima!

  2. nossa muito show assistir filmes pornôs… aprendi alguns truques! curto de verdade! mas já tinha observado q sexo oral é feito bem mais tempo no homem do q na MULHER…. com essa inversão vai ser MELHOR ainda assistir filmes voltados para satisfação feminina… Rsrsrsrs… show!

  3. E uma delicia assistir, quando estou acompanhada com meu noivo é melhor ainda!

  4. Nunca vi esse “fem Porn”, mas eu gosto muito desses pornôs “parar homens” mesmo… Só não sei se me deixa tão excitada quando deixa a eles..

  5. Para apimentar ainda mais nossas transas, meu marido começou a colocar uns vídeos, prá assistirmos enquanto tomávamos um vinho e ficavamos nos pegando. Aos poucos fui me soltando e entrando no clima. E foi assim, que acabei confessando ao meu marido minha fantasia por dotados. Desse dia em diante, esse tema passou a ser o preferido por nós, pois meu marido fica me provocando, fazendo perguntas e comentários que me deixam muiiiiito excitada. Ele diz que adora me ver excitada assim !!!!!

  6. Mulheres, por favor me deem dicas de bons videos para eu ver com minha esposa.
    ela nao curte muito
    [email protected]

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*