Sexo aos 60

Por Que o Sexo Depois dos 60 É Ótimo para a Saúde e Como Melhorar as Coisas na Cama

Os benefícios de manter as coisas picantes no quarto são inúmeros e são sempre muito importantes, especialmente à medida que você envelhece.

O sexo quando você está mais velha pode fazer você parecer mais jovem, combater o estresse e até evitar a demência; por isso, não é de se admirar que o sexo esteja sendo saudado como uma ótima atividade para aqueles que têm mais de 60 anos!

E simplesmente não é verdade que o seu interesse em relações sexuais desaparece assim que você entra na melhor idade – estatísticas do Instituto Nacional do Envelhecimento mostram que um terço dos aposentados fazem sexo pelo menos duas vezes por mês.

“Não há absolutamente nenhum motivo para que você já não possa ter relações sexuais, até não ter mais capacidade física ou energia”, diz Louise Newsom, médica geriatra. “O sexo deixa você mais perto do seu parceiro, é um bom exercício cardiovascular e, mesmo que você tenha sido afetada pela menopausa, há muitas coisas que pode fazer para aumentar sua libido.”

Então, o que você está esperando? É hora de entender que o sexo é bom em qualquer idade e que ele pode contribuir muito para a sua saúde! Confira abaixo como o sexo pode ajudar você depois dos 60 anos:

Você vai ter menos resfriados

Foi descoberto recentemente que ter relações sexuais pelo menos uma vez por semana eleva os níveis de imunoglobulina A do seu corpo (conhecido como IgA), que é um anticorpo contra gripes e resfriados.

“A IgA é a primeira linha de defesa contra gripes e resfriados”, diz Carl Chenetski, médico e pesquisador, cujo estudo descobriu que casais que fazem sexo uma ou duas vezes por semana têm níveis 30% mais altos de IgA.

O sexo é um bom exercício

Fazer sexo aumenta o ritmo cardíaco e faz com que o sangue e o oxigênio fluam melhor.

“Basicamente, o sexo é um exercício”, diz a psicoterapeuta sexual Paula Hall. “É bom para pressão arterial, para o tônus ​​muscular e para o sistema cardiovascular. Além de também produzir hormônios que são bons para restaurar os tecidos”.

O sexo pode evitar a demência

“Um estudo da Universidade de Coventry, na Inglaterra, feito em 2016 consultou mais de 6.800 pessoas com idades entre 50 e 89 anos, e mostrou que aqueles que ainda estavam com suas vidas sexuais ativas tinham uma função cognitiva mais nítida”, revela o Dr. Glenville.

“As mulheres que eram sexualmente ativas pontuaram mais alto tanto nos testes de palavras quanto nos quebra-cabeças de numerais”. Isso pode ocorrer porque hormônios como a dopamina são liberados durante o sexo, o que poderia ajudar a função cognitiva.

O sexo faz você se sentir melhor

“O sexo ajuda a liberar endorfinas, que são os neurotransmissores que fazem você se sentir bem”, explica o Dr. Glenville. “O sexo também aumenta a produção de ocitocina, às vezes chamada de hormônio do amor, que pode ajudar no alívio da dor e também ajudar a reduzir o estresse.”

Além disso, um estudo com 8.000 pessoas com mais de 50 anos da Universidade de Trinity, em Dublin, descobriu que os casais que mantêm uma vida sexual saudável mais tarde experimentam uma menor probabilidade de se sentirem deprimidos, sendo mais positivos quanto ao envelhecimento.

O sexo mantém você mais jovem

As pessoas que fazem sexo pelo menos três vezes por semana podem parecer até 10 anos mais jovens do que aquelas que o fazem com menos frequência, de acordo com um estudo do Royal Edinburgh Hospital, na Inglaterra.

David Weeks, que conduziu o estudo, diz que o sexo ajuda a desencadear nas mulheres a produção de um hormônio de crescimento humano que ajuda a manter sua aparência jovem. O sexo também bombeia oxigênio ao redor do corpo, aumentando a circulação e o fluxo de nutrientes para a pele, fazendo com que ela fique mais brilhante.

Sua saúde do coração vai melhorar

Esqueça os rumores sobre pessoas de sessenta e poucos anos tendo ataques cardíacos no meio do sexo. Estudos sugerem que o oposto é a verdade e que o sexo regular pode reduzir o risco de um ataque cardíaco. Pesquisadores da Queen’s University, na Inglaterra, descobriram que fazer sexo uma vez por semana pode reduzir pela metade o risco de ataque cardíaco ou derrame, e outro estudo descobriu que mulheres que gozam pelo menos duas vezes por semana têm 30% menos chances de desenvolver doenças cardíacas.

O sexo e a menopausa

“Muitas mulheres têm uma libido reduzida devido às alterações hormonais desencadeadas pela menopausa”, explica o Dr. Newson. “Procure seu médico para garantir que você obtenha o equilíbrio certo de reposição hormonal, o que a ajudará com isso. Você também pode estar sofrendo de secura vaginal aumentada devido à perda de elasticidade à medida que envelhece. Uma boa dica aqui é usar um lubrificante.”

A especialista em saúde feminina Dra. Marilyn Glenville acrescenta: “Sentir-se saudável pode ajudá-la a se sentir melhor ao fazer sexo e fazer com que você recupere sua libido, sentindo-se mais animada com a vida, afinal, ela está aí para ser vivida, e o sexo faz parte disso!”.

Como algo suplementar, procure seu médico e aposte ainda em uma boa dieta, pobre em açúcar, carboidratos e gorduras saturadas e, além disso, impulsione sua ingestão de zinco e vitamina B3. A vida acontece agora e continua sendo maravilhosa mesmo depois dos 60!

Você já tem mais de 60 anos e continua tendo uma vida sexual ativa ou não? Pretende mudar isso agora? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*