Ménage

Por Que as Mulheres Têm Fantasiado Cada Vez Mais Sobre Esse Sexo a Três?

De acordo com um estudo feito recentemente, este tipo de ménage à trois é muito mais comum do que você pensa, e você não deveria ficar surpresa com isso.

“A Torre Eiffel é uma coisa maravilhosa”, diz Raquel, uma recente graduanda da faculdade de 25 anos. Para ser clara, Raquel não está se referindo ao icônico ponto turístico parisiense: ela está se referindo a um termo ou gíria para uma posição sexual em que uma mulher está de quatro e enquanto está fazendo sexo oral em um homem, outro homem faz sexo com ela por trás. O que torna a posição parecida com a Torre Eiffel é quando os dois homens se aproximam, formando um ponto de convergência que é basicamente um triângulo esquisito e descuidado, mas muito sexy. “É uma das melhores partes”, diz Raquel.

Raquel é adepta das relações de “poliamor”, o que significa que ela está simultaneamente em relacionamentos com vários parceiros – neste caso, dois homens. Ambos se conhecem, e estão a par da situação, e de acordo com Raquel, seja fazendo sexo com ela e mais uma outra pessoa, seja fazendo sexo apenas com cada um deles individualmente.

Raquel diz que isso só é possível porque seus parceiros também estão ligados pela ideia de “compartilhá-la” e gostam disso, o que significa que ocasionalmente, todos terão relações sexuais ao mesmo tempo.

Antes de conhecer seus parceiros, Raquel já tinha feito sexo a três com outras mulheres. Porém, o sexo a três com dois homens e uma mulher é o seu preferido – e, acrescenta Raquel, é realmente triste o fato de que esse tipo de sexo a três seja tão subestimado.

As mulheres devem ter em mente que ser “o centro das atenções” e ter o poder de “ser o elo mais forte do trio” durante o sexo com dois homens, diz ela, é “a parte mais empolgante de tudo, sendo essa uma experiência sensacional em todos os níveis”.

O sexo a três é uma fantasia comum: de acordo com um estudo colhido dos Arquivos de comportamento sexual de 2016, 82% dos homens heterossexuais e 31% das mulheres heterossexuais fantasiaram ter um ménage a trois em algum momento de suas vidas.

Embora esse estudo não especifique o tipo de trio que as pessoas fantasiavam com mais frequência, aqueles com duas mulheres e um homem costumava ser considerado o “padrão-ouro” do sexo a três, apoiado por um outro estudo que indica que um em cada três homens já fantasiou estar no meio de um “sanduíche” de duas mulheres. Mas calma, isso não significa necessariamente que seu parceiro já imaginou estar dentro dele.

Mônica, de 24 anos, odeia trios de duas mulheres e um homem porque, para ela: “a outra garota nem sempre é tão habilitada em me dar prazer”. E é por isso que ela prefere fazer sexo com dois homens ao mesmo tempo.

Mônica, Raquel e seus parceiros não estão sozinhos em sua preferência pelos trios MMF (macho-macho-fêmea). De acordo com o pesquisador Dr. Ryan Scoats, da Birmingham City University, que obteve seu doutorado estudando ménages, 5 dos 30 homens que ele pesquisou haviam feito sexo a três com mais um homem.

Embora esse tamanho de amostra seja reconhecidamente pequeno, o pesquisador disse abertamente que “teve a sensação de que, enquanto os trios de MMF eram “mais estigmatizados” no passado, os homens que pesquisou pareciam confortáveis em dizer ao menos aos amigos que tinham tido uma relação sexual do tipo MMF”. E concluiu que, “devido à redução da homofobia em geral na sociedade, isso permite que os homens tenham esses tipos de experiências sem medo em relação a o que os outros pensam deles”.

Scoats também citou pesquisas anteriores apoiando a ideia de que os homens vindos da classe trabalhadora no Reino Unido estão cada vez mais participando de trocas de “intimidade emocional e toques físicos” entre si.

A ideia de que os homens heterossexuais estão se tornando cada vez mais confortáveis ​​com a experimentação do mesmo sexo não é necessariamente nova. De acordo com a autora e socióloga Jane Ward, que escreveu o livro “Não é gay: Sexo entre homens brancos e héteros” (tradução livre), e que gerou a famosa expressão “bro jobs”, não é incomum que homens normais se envolvam em atos sexuais uns com os outros sem se autoidentificarem como gays ou bissexuais.

A fluidez sexual, ou a ideia de que a orientação sexual e a atração de um gênero em particular pode se tornar mais sustentável socialmente tem se tornado um pouco mais comum, enquanto já se fazia uma ideia de que as mulheres são inerentemente mais sexualmente fluidas do que os homens, o que Ward atribui à diminuição do machismo em nossa sociedade, ainda que ele continue existindo.

Ainda assim, esse ponto de vista não significa necessariamente que o sexo a três entre dois homens e uma mulher deve envolver necessariamente um contato maior entre os dois homens. Mas, mesmo que dois homens tenham relações sexuais com uma mulher ao mesmo tempo e não interajam um com o outro, o sexo a três MMF ainda é altamente estigmatizado.

“Eu acho que há um estigma de que os homens sentem que se eles se envolvem com um outro homem presente, isso é seria um comportamento gay ou que isso significa que eles gostam de homens. Mesmo que este seja o caso [se os dois homens forem homossexuais], não precisa ser sempre assim no sexo a três. Pode ser apenas prazer ou uma nova experiência e não há nada de errado nisso “, diz Nicoletta Heidegger, uma sexóloga de Los Angeles.

Para Alex, um heterossexual, diretor de fotografia de 28 anos, trios MMF não se tratam do outro cara ali presente – e ele teve várias experiências do tipo, com parceiros diferentes. “Eu adoro facilitar a fantasia de uma garota de estar com dois caras”, ele diz. “Eu gosto de fazer o meu melhor para dar-lhe o maior prazer possível, e depois ver alguém ampliar essa experiência prazerosa para ela é sensacional”.

Inclusive, assistir a outra pessoa com seu parceiro é na verdade um fetiche bastante comum: de acordo com o “Pornhub Insights”, a busca pelo termo “esposa com outro”, ou “assistindo sua esposa com outro”, aumentou substancialmente nos últimos anos.

Alex acha que muitos dos estigmas em torno de trios de dois homens e uma mulher no sexo acontecem não apenas por causa da homofobia, mas também pelo “senso de propriedade” da mulher envolvida. O que faz sentido: se você não gosta da ideia de ver seu parceiro fazer sexo com outra pessoa, o sexo grupal geralmente pode iniciar crises ciúmes, independentemente do gênero da terceira pessoa.

É por isso que é importante ter uma conversa aberta com seu parceiro sobre seus limites e seus desejos antes de experimentar o sexo a três, independentemente de quem é convidado para a mistura.

O sexo a três com duas mulheres e um homem pode ser o preferencial para maioria dos casais ao se aventurar no amplo mundo de relações abertas ou sexo grupal, mas se você está realmente considerando esse tipo de aventura, vale a pena mudar seus conceitos e repensar seu prazer e como ele seria ampliado no sexo a três MMF, e começar a considerá-lo como uma real possibilidade.

“É raro que uma garota se sinta segura o suficiente para perguntar ao seu parceiro o que acha de uma aventura dessas”, diz Alex.

Mas quando funciona, pode ser muito divertido para todos os envolvidos. E a regra do sexo é uma só: se você acha algo sexy, isso é sexy. Não tenha medo de expor e viver seus desejos.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você experimentaria algum tipo de sexo a três? Qual seria o seu preferido? Já experimentou um deles alguma vez na sua vida? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 4,40 de 5)
Loading...

2 comentários

  1. Ola, sou mulher Casada e moro em Guarulhos.
    Estou buscando homem ou mulher pra uma experiência a 3 junto com meu marido.
    Mandem whats app.
    Bjs Gisele Fernandes
    982129439

  2. Só de pensar nisso até molha a minha calcinha.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*