Orgasmo feminino

Orgasmo Feminino: 5 Dicas Para Alcançá-lo

Supõe-se que o orgasmo feminino é algo que quase todas as mulheres já conseguiram ter, porém, há aquelas que não conseguem aproveitar 100% das suas relações íntimas, seja porque não conseguem sentir essa sensação única ou seja porque não sabem que há muitas outras maneiras de aproveitar esse momento.

A palavra “orgasmo” vem do grego “orga”, cujo significado é “ferver, queimar”. E não é de se estranhar, já que se trata de um prazer absoluto, fulminante, que se alcança com força após um período de excitação.

Dizem que é o prazer mais agradável e intenso que é seguido por um momento de calma, felicidade e relaxamento. Porém, como é que uma mulher consegue chegar até esse ponto? Bom, isso você pode conseguir tanto sozinha quanto com um parceiro (ou parceira).

No entanto, ao contrário do que algumas pessoas acreditam, não é apenas com a penetração que é possível alcançá-lo. Na verdade, é altamente recomendável explorar o corpo feminino para descobrir as zonas erógenas que facilitam a tarefa.

No caso das relações sexuais, as preliminares, o sexo oral e outras práticas prazerosas podem ser o veículo perfeito para conseguir um orgasmo inesquecível. Enquanto isso, também é essencial se conhecer através da auto-exploração, como com a conhecida e famosa masturbação.

Se você quer descobrir um pouco mais sobre o orgasmo feminino, veja essa cinco dicas fundamentais!

1. Por que alcançar o orgasmo feminino?

Geralmente, a mulher consegue chegar ao orgasmo quando suas zonas erógenas são estimuladas através de carícias preliminares, sexo oral, masturbação ou penetração, porém, a melhor maneira de alcançar o orgasmo é conhecendo o próprio corpo.

As mulheres contam com diferentes zonas erógenas que são capazes de fazer com que elas se sintam no paraíso, mas cada uma deve encontrar os seus. A solução? Começar a descobrir o próprio corpo, seja sozinha ou com um parceiro, com brinquedos ou sem eles, até detectar as áreas mais excitantes.

2. Manifestações físicas do orgasmo feminino

Durante o orgasmo, o clitóris se retrai e a vagina, o períneo e o útero se contraem e os mamilos endurecem. Ao mesmo tempo, o coração acelera e os vasos sanguíneos se dilatam.

Tudo é estimulado durante esse prazer supremo que faz com que as mulheres (e claro, os homens também) enlouqueçam. E é normal, porque o orgasmo envolve uma secreção de endorfinas, a molécula da felicidade, que proporciona um sentimento de bem-estar inigualável.

3. Multiorgasmo é possível

Embora para algumas mulheres isso pareça apenas uma fantasia, o certo é que o multiorgasmo existe e é mais fácil de se conseguir do que possa parece.

A chave é conhecer o seu próprio corpo, saber que é possível e colocar isso na sua cabeça, prolongar o clímax sexual (muitas vezes elas não conseguem porque o parceiro dura menos do que gostariam), ir mudando de estímulos e zonas erógenas e escolher posições sexuais que funcionem com você.

4. Diferentes orgasmos femininos

Existem diferentes tipos de orgasmos femininos, alguns deles são:

  • Orgasmo vaginal: é alcançado mediante a estimulação do ponto Gräfenberg, ou popularmente mais conhecido como “ponto G”, e está situado a cerca de 4 cm da entrada da vagina. Ele tem a forma de uma bolinha com menos de um centímetro e o seu tamanho aumenta de acordo com a estimulação. Está localizado ao lado da bexiga, por isso não é estranho que após a mulher chegar ao orgasmo ela sinta vontade de ir ao banheiro. Para sensibilizá-lo, o estimule com o dedo ou com a ajuda de um brinquedo sexual de maneira regular com pressões suaves e repetidas.
  • Orgasmo do clitóris: esse se consegue ao estimular o clitóris, aquele pequeno botão que está entre os lábios, antes da vagina. É muito fácil encontrá-lo e é uma parte do corpo feminino muito sensível – apenas ao acariciá-lo delicadamente você poderá chegar ao orgasmo.

5. O orgasmo feminino em cifras

  • O orgasmo clitoriano: 95% das mulheres chegam a ele mediante a masturbação e menos da metade, cerca de 45%, com o seu parceiro, sendo que é ele que o acaricia.
  • O orgasmo vaginal: são poucas as mulheres que conseguem alcançar esse tipo de orgasmo feminino. Apenas 30% têm o privilégio de sentir esse prazer. Embora todas tenham um ponto G, elas têm que conseguir “despertá-lo”. Para isso, basta encontrar a posição sexual ideal ou treinar com a masturbação.

Essas foram as cinco dicas para alcançar o orgasmo feminino.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

O que você achou dessas dicas sobre o orgasmo feminino? Já sabia de praticamente tudo? Você costuma chegar ao orgasmo com frequência? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*