Novo App de Namoro Onde as Mulheres Assumem o Controle!

Hatty Kingsley-Miller e Mo Saha são melhores amigas e as fundadoras da Antidate, um aplicativo desenvolvido, em que as mulheres assumem o controle da situação. Funciona assim: as mulheres podem ver todos os homens que estão online nas proximidades, mas eles não podem ver as garotas até que elas tomem a iniciativa de conversar, abrindo o bate papo.

Isso significa que as mulheres são menos assediadas por caras que não interessam ou que são brutos e os homens não correm o risco de perder tempo com mulheres que não estão interessadas neles. É melhor pra todo mundo: a mulher não se sente invadida ou perseguida por caras inconvenientes e os homens não perdem tempo atirando para todos os lados para conseguir ao menos uma garota que se interesse.

[sc:artigos_relacionados]

O app é simples, mas a ideia é original, do tipo “como ninguém pensou nisso antes?”. É uma forma de preservar a integridade e o respeito à mulher, sem acabar com os flertes virtuais. Além disso, acaba com aquela ideia machista de que os homens que tomam a iniciativa sempre, não precisa ser assim, não é mesmo?

As criadoras do app dizem que desde sempre são melhores amigas e que uma sempre acompanhou os relacionamentos e envolvimentos afetivos da outra. O objetivo do Antidate é realmente otimizar os relacionamentos, para que as coisas fluam e saiam das frustrações dos relacionamentos online. O app faz com que os encontros reais aconteçam com mais rapidez e naturalmente, sem prolongar muito as conversas no meio virtual.

A ideia surgiu ao analisar outros apps como o Tinder. Elas disseram que, por serem mulheres, sabem que as garotas não gostam de serem avaliadas como se fossem um cardápio humano, por questões de segurança. O app tem um diferencial também: após 24 horas as mensagens são apagadas automaticamente, justamente para fazer com que a interação não se restrinja ao ambiente virtual.

As porcentagens demonstram que 80% das mulheres que demonstram interesse têm uma resposta, sendo assim, o índice de rejeição é baixíssimo. Desde a última vez que foi perguntado, havia 700 usuários utilizando o app, principalmente pessoas de Londres, local onde a start up foi criada. Agora, as garotas estão investindo para que o app chegue a outros países.

Você usará esse aplicativo quando e se o mesmo chegar ao Brasil? O que achou dessa ideia inovadora? Já saiu com algum homem que conheceu em aplicativos como o Tinder? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votos, média: 4,71 de 5)
Loading...

4 Comentários

  1. Quero um namorado sou carioca divorciada 52 anos

  2. Quero um amor verdadeiro para o resto da minha vida

  3. roberto carlos de carvalho

    quero uma pessoa que me completa fiel. honesta. muito. amor para dar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *