Pepino

Mulheres Estão Sendo Avisadas para Pararem de Usar Vegetais para Limpar suas Vaginas

Chegando no final do ano, há muitas lições que foram dadas em 2017 que devem ser aprendidas e repensadas. Uma boa é para as mulheres: parem de fazer besteira em suas vaginas.

2017 nos alertou para uma gama de tendências vertiginosas, produtos e modas, todos alegando se concentrar na estética e limpeza das partes inferiores do corpo.

Uma exceção notável é o infame ovo de jade, adorado por Gwyneth Paltrow, que fica no topo de todo o resto, prometendo aumentar os orgasmos, tônus muscular vaginal, equilíbrio hormonal e a energia feminina no geral.

Mas apenas com algumas semanas para chegar ao seu fim, 2017 ainda não para de lançar tendências bizarras.

A mais nova preocupante tendência de “saúde” alternativa chegou, e envolve “limpeza” de suas partes íntimas com um pepino.

A então chamada “limpeza do pepino” instrui as mulheres a descascar o pepino e depois colocá-lo, frio, na vagina antes de apertá-lo (ainda com a vagina) por cerca de 20 minutos.

O raciocínio por trás desse conselho é que ele aparentemente “ajuda a desinfetar e manter um odor agradável”.

Porém, os médicos profissionais qualificados advertem as mulheres a NÃO fazerem isso.

Em primeiro lugar, as vaginas são “autolimpantes”. Em segundo lugar, você realmente se coloca em risco de infecções como a gonorreia, e até mesmo o HIV, perturbando o equilíbrio natural do pH das suas partes íntimas.

O Dr. Jen Gunter, ginecologista canadense, adverte que “se você tiver uma vagina, definitivamente não deve fazer isso”.

“Essa ideia de que algum tipo de limpeza vaginal é necessária, seja com um pepino descascado ou com “sabonetes vaginais” vendidos em farmácias, é misoginia travestida como cuidados de saúde”, escreveu o médico em seu blog.

“As vaginas não são sujas”.

“Estudo após estudo, após estudo diz que duchas, limpeza, vapor, vinagre, produtos de equilíbrio de pH, aloe vera, prata coloidal, alho ou qualquer outra coisa que passe como o óleo vaginal do dia, na melhor das hipóteses não faz nada além de potencializar as bactérias boas ou interromper a superfície mucosa. Paradoxalmente, isso também causará um odor”, concluiu o ginecologista.

Senhoras, vocês foram avisadas, parem de seguis essas tendências malucas para limpar a vagina.

Você cairia nessa tendência maluca de usar essas coisas pra “limpar a vagina”? Conhece alguém que tenha entrado nessa? Já tinha ouvido falar nisso? Comente abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *