Raio x do vibrador

Mulher Esquece Brinquedo Sexual Por 10 anos na Própria Vagina

Aos 28 anos de idade, uma mulher escocesa teve um encontro sexual após beber além da conta e acabou colocando um daqueles brinquedinhos sexuais dentro da própria vagina. 10 anos mais tarde, após estar sentindo vibrações, ter incontinência urinária e perder muito peso, ela resolveu procurar os médicos.

  Continua Depois da Publicidade  

Depois de avaliarem o caso da paciente, eles descobriram que a causa desses problemas era justamente a presença de um objeto no órgão genital da mulher.

A escocesa relatou aos médicos que realmente tinha utilizado um objeto sexual de quase 13 cm há uma década atrás e que não se recordava se o tinha retirado ou não de sua vagina.

O esquecimento e a demora em identificar a permanência do aparelho poderiam ter sido fatais para a paciente. Ele já havia causado obstrução em sua bexiga, o que fazia com que a urina retornasse aos seus rins e criado uma fístula vesicovaginal, condição em que é formado um canal que permite que a urina flua dentro da vagina.

  Continua Depois da Publicidade  

Depois da descoberta, a mulher teve que passar por uma cirurgia para finalmente retirar o objeto.De acordo com a revista científica Journal of Sexual Medicine (Jornal da Medicina Sexual, tradução livre), a escocesa bateu um recorde: é a mulher que manteve um objeto sexual dentro da vagina por mais tempo.

No Brasil

Ter problemas ao utilizar objetos em seus órgãos genitais não é exclusividade de estrangeiros, pois no Brasil também há relatos de casos do tipo. Em São José do Rio Preto – SP, um homem de 45 anos teve que receber auxílio dos bombeiros para retirar uma garrafa pet de 2 l de seu pênis.

Segundo o Diário da Região, o Corpo de Bombeiros foi acionado após médicos ficarem com medo de cortar o gargalho do objeto por volta de 5h da madrugada e levaram 30 minutos para resolver o problema.

Outro caso parecido aconteceu em agosto de 2011 na cidade de Franca – SP. Após prender o pênis em um rolamento, que é uma esfera metálica, um homem de 47 anos teve que ir para a Santa Casa da cidade para retirar o objeto.

Assim como ocorreu em São José do Rio Preto, os médicos tiveram que pedir ajuda ao Corpo de Bombeiros. De acordo com o Portal GCN, a região estava inchada e os bombeiros tiveram que tirar o objeto com a ajuda de uma esmerilhadeira portátil, ferramenta utilizada no corte de peças.

  Continua Depois da Publicidade  

Ainda segundo o Portal GCN, apesar da situação, o homem aparentava estar tranquilo.

[sc:revisao_geral] [sc:fator-da-perda-de-peso-depois-artigo]

Você acredita ser possível uma pessoa não recordar que deixou um objeto sexual dentro de si durante 10 anos? Conhece alguém que precisou de uma cirurgia também por algum caso parecido? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média 3,60)
Loading...
  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×