Home » Bombando na Web » Meu Marido Tem Ejaculação Precoce –  O Que Fazer?
Homem com problema na cama

Meu Marido Tem Ejaculação Precoce –  O Que Fazer?

A carta abaixo foi escrita para a terapeuta sexual Anita Barbosa, e muitas mulheres parecem estar com o mesmo problema com seus maridos. Mas o que podemos fazer nesses casos? Confira os conselhos da terapeuta sexual e tente resolver seus problemas.

“Querida Anita,

Meu marido não consegue durar muito durante a relação sexual, e por isso o sexo entre nós costuma durar mais ou menos de 2 a 3 minutos. É bastante frustrante e não me dá tempo nem de me aquecer. O que eu posso fazer? O que ele pode fazer? Posso ensinar algo a ele? Por favor, me ajude”.

Querida Anônima,

Você não está sozinha. Parece que, enquanto as mulheres estão tentando ter um orgasmo, os homens não estão tentando fazer com que elas tenham um.

Inicialmente, muitas mulheres podem achar comum o homem não durar muito na cama, mas a verdade é que esse é um problema ou de falta de interesse, ou de ejaculação precoce. Quando falamos em falta de interesse, você deve perceber que seu relacionamento está com um problema. Porém, quando falamos em ejaculação precoce, esse é um dos problemas sexuais mais comuns que tanto os jovens quanto os mais velhos podem experimentar.

Felizmente, em vários casos o problema pode ser resolvido, principalmente quando estamos falando de um homem inseguro, inexperiente ou que realmente não se importa tanto assim em dar prazer à sua parceira, e caso valha a pena para você tentar resolver esse problema, há várias coisas que vocês podem fazer juntos.

E, espero, isso ajudará a transformar o seu homem que só dura dois minutos em um homem capaz de dar a você tudo o que você precisa em termos de orgasmos.

1. Diminua a velocidade

Os homens normalmente – e principalmente quando são inexperientes ou não se importam com o seu prazer – ficam tão excitados que querem “chegar lá” o mais rápido possível. A sensação é de que eles não podem esperar, e que muitas vezes agem como se seus testículos fossem explodir caso não tenham um orgasmo naquele momento.

Na próxima vez, quando ele estiver excitado e estiver pronto para entrar e acabar com tudo, em vez disso, faça com que ele se concentre em seu prazer. Sugira que ele vá até você primeiro e coloque o seu prazer em primeiro lugar.

Faça ele ficar algum tempo no oral, abuse das mãos, e você pode optar por ter um orgasmo, ou manter a tensão sexual e esperar até que ele esteja dentro de você, atrasando o seu orgasmo um pouco, deixando o melhor para a penetração, por exemplo.

Além disso, diminua a respiração, e faça grandes e longas respirações. Tente sincronizar sua respiração com a dele, o que relaxará os dois e deixará ele num ritmo um pouco mais calmo.

Outra coisa que você também pode tentar fazer é, em vez de estimular o pênis dele com as suas mãos, fazer com que ele use mais as mãos e que use os dedos para deixar você mais no clima. Após esse momento, uma vez que ele está dentro de você, desacelere seus impulsos, apostando em um ritmo mais lento e com uma penetração mais profunda que poderá dar mais prazer para você.

Se ainda assim em apenas alguns minutos ele sente que já está pronto para ejacular, faça ele sair, aguarde alguns segundos e volte para a penetração novamente. Isso o ajuda a desenvolver uma consciência dos sentimentos e sensações que vêm antes que ele esteja pronto para gozar. A ideia com todas essas técnicas é levá-lo a assumir o controle de sua ejaculação.

2. Aprenda algumas técnicas “mestres do sexo”

A técnica “Parar e Recomeçar” foi inventada por um médico chamado Dr. Semans, que depois de anos de urologia, foi capaz de perceber centenas de homens com o problema da ejaculação precoce.

Este método envolve o próprio homem ser capaz de reconhecer sua “excitação de nível médio”, e então parar e começar de novo. A acumulação de tensão sexual deve resultar em um orgasmo ainda mais forte para ele; então, diga a ele que é algo que ele fará por ele mesmo, principalmente se você está com um cara que se preocupa muito mais com ele do que com você.

O método de “espremer” foi originalmente desenvolvido pelos famosos pesquisadores e terapeutas sexuais – Masters e Johnson. Este método consiste em espremer a cabeça do pênis um pouco antes que ele pareça chegar ao grande momento e parar a estimulação. Use seu polegar e indicador e aperte suavemente. Pratique algumas vezes para aperfeiçoá-lo. A ideia aqui é ajudá-lo a identificar o ponto em que ele está quase lá e precisa se segurar e a tolerar a estimulação através da prática.

3. Não tenha medo do exercício

Os urologistas recomendam fazer os “sexcercises Kegel” (ou exercícios sexuais de Kegel), que fortalecem os músculos do pênis e por isso ajudam a controlar a ejaculação.

Isso consiste em espremer o músculo que controla o fluxo de urina todos os dias, começando com 10 exercícios e trabalhando até 100, e isso pode ser feito por exemplo ao dirigir o carro, ou enquanto está vendo um jogo de futebol sozinho.

Pesquise você mesma ou faça com que ele pesquise melhor sobre os exercícios de Kegel, e com certeza isso irá ajudá-lo a durar mais na cama e aprender quais são seus limites e o momento no qual ele deve diminuir a velocidade, ou mesmo começar a pensar sobre a escalação do time dele para que possa ficar algum tempo a mais em ação.

4. Teste alguns produtos

Uma solução rápida para esse problema de ejaculação precoce é utilizar produtos que tenham como base a benzocaína. A benzocaína funciona como retardante e faz com que o pênis fique com uma menor sensibilidade, trazendo a você pelo menos uns cinco minutos a mais de ação. Não é muito, mas já é alguma coisa, e você pode encontrar esses produtos na farmácia, fácil, simples, e esperamos que não tão rápido.

Um estudo clínico descobriu que os homens “relataram um melhor senso estatisticamente significante de controle da ejaculação, confiança, satisfação, prazer sexual, maior duração da relação sexual e frustração reduzida” com o uso desse tipo de produto.

As dicas acima são muito do que você e ele podem fazer para acabar com a ejaculação precoce, porém, se o problema dele persistir, pode ser que ele tenha um fundo psicológico mais sério, ou mesmo seja algo físico que apenas um médico especializado poderá resolver.

Se esse for o caso, não hesite em insistir para que ele visite um médico, se achar necessário vá junto com ele e procurem a melhor solução para o problema, afinal, ele atinge diretamente a vida do casal.

O que você achou dessas dicas para fazer o seu parceiro durar mais na cama? Você sofre constantemente com isso em sua relação? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *