Casais que vivem separados

Felizes Juntos, Mas Vivendo em Casas Separadas

O título deste texto pode soar até de certa maneira como uma contradição, mas aparentemente não é e está longe de ser.

Existem casais de longa data ou inclusive casados que são felizes e optaram por ter residências privadas para si mesmos. Assim, eles se encontram frequentemente como se saíssem no começo do relacionamento, para jantar, ou apenas ficarem juntos, fazer sexo, assistir a um filme e inclusive co-parentalidade.

Muitas vezes, esse estilo de vida era exclusivo de pessoas ricas ou do meio artístico, porém, hoje em dia, existem casais “normais” que também vivem dessa maneira.

Embora morar felizmente separados seja mais comum em casais não casados ou que estão há pouco tempo juntos, muitos desses casais estão juntos há anos, e às vezes, há muito mais de uma década.

Alguns vivem em distâncias de apenas um quarteirão um do outro, mas simplesmente preferem não morar juntos, e não é apenas porque o estigma de “viver em pecado” tenha desaparecido há muito tempo na maioria das regiões do mundo ocidental (lembre-se, alguns deles são realmente casados), mas sim por muitos outros motivos que são bem melhores do que esse.

Então, por que esses casais felizes vivem separados? 

Basicamente para que cada um tenha o seu próprio espaço, um lugar privado para ir, onde se possa viver sem ser perturbado mas sabendo que o seu parceiro amoroso está morando por perto.

Se um dos dois é bagunceiro enquanto o outro é super organizado, então nenhum dos dois precisa lidar com os hábitos do outro. Cada um pode ir embora e viver em um harmonioso lar, seja ele bagunçado ou não. As brigas pela toalha molhada em cima da cama, por exemplo, acabam.

Nem todo mundo nasceu para morar com outras pessoas, e é por isso que muitos casais que vivem juntos dizem que amam seus parceiros, mas as interações do dia-a-dia são o que os deixam loucos. Aliás, elas são responsáveis por desgastar muitos relacionamentos.

É quando duas residências (que podem custar o mesmo de uma grande) pode ser um protetor de relacionamento. Para essas pessoas, a rotina diária apenas os separa e não os torna mais próximos.

De acordo com pesquisas, o consenso geral é que sim, o casamento e os relacionamentos de longo prazo podem ser ótimos, mas muitas vezes são melhores quando as pessoas vivem em casas separadas, especialmente quando não há filhos.

Quando há crianças envolvidas, parece que há uma residência principal para as crianças, enquanto que a outra é mais uma casa de diversões – assim como acontece na maioria dos divórcios, porém sem raivas ou ressentimentos.

De acordo com uma pesquisa em que muitos casais que moram em casas separadas foram entrevistados, não há risco maior de infidelidade.

Muitos concordam que os hábitos irritantes de um parceiro são muito menos irritantes quando a pessoa não precisa conviver com eles. Eles se encontram porque querem, e não pelo fato de não terem muita escolha porque vivem de baixo do mesmo teto.

É claro que isso não significa que todas as pessoas do mundo seriam mais felizes vivendo separadas dos seus parceiros, porém, para uma boa parte isso parece funcionar muito bem.

Afinal, no fundo das mentes da grande maioria das pessoas, todos gostariam de um pequeno lugar, um cantinho para si, onde pudessem permanecer intactos, desfrutando da sua solidão e nunca sentindo que obrigatoriamente deveria estar se comunicando ou interagindo com o outro. Esse conceito é muito tentador para muitos.

Manter um relacionamento feliz morando separados é com certeza a melhor opção para muitas pessoas.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você se imagina casada com o seu parceiro morando em casas separadas? O que acha dessa ideia? Será que pode ser melhor mesmo para um casal? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*