Ejaculação precoce

Ejaculação Precoce: Como Solucionar Como um Casal

A ejaculação precoce é mais comum do que você imagina, e é importante que o casal saiba lidar com esse problema.

Para saber como solucionar esse problema como um casal, é importante saber o que é considerado ejaculação precoce.

O que é considerado ejaculação precoce

A ejaculação precoce é conhecida como a falta de controle na ejaculação, que pode ocorrer antes ou logo após a penetração sexual. Isso acontece com uma estimulação mínima e antes do que a pessoa deseja.

No entanto, é importante esclarecer que a ejaculação precoce geralmente costuma acontecer em uma relação sexual com uma mulher, e normalmente, em uma penetração pênis-vagina.

Portanto, os casais homossexuais e os heterossexuais não costumam se “queixar” sobre este problema em qualquer outra prática sexual (sexo oral, anal, masturbação manual). Por quê?

Isso ocorre porque a cultura da sociedade atual colocou um grande peso no homem, dizendo que o homem deve durar muito tempo excitado ao penetrar uma mulher, já que dessa forma, ela irá gostar mais. Mas você conhece um pequeno segredo?

Apenas 30% das mulheres gozam com a penetração vaginal, enquanto 70% atingem o orgasmo através do clitóris.

Assim, talvez o ideal seja que o homem pare de focar tanto a sua atenção na penetração vagina-pênis e mais em outras práticas eróticas, que são as mais variadas.

A sociedade deve mudar a abordagem da sexualidade, e para isso, os sexologistas têm um longo caminho a percorrer.

O que costuma causar a ejaculação precoce?

Surpresa! Os cientistas não encontraram uma causa clara para esse tipo de “transtorno”. Uma vez que os problemas físicos foram descartados junto com intervenções cirúrgicas ou medicamentos, costuma-se acreditar que ocorre devido ao estresse, depressão, ansiedade ou sentimento de culpa.

No entanto, é importante que tenha em mente que a própria masturbação acelerada pelo simples motivo de “terminar o mais rápido possível” e atingir o orgasmo também afeta a duração do homem durante o sexo.

Sendo assim, deve-se levar em consideração as causas psicológicas, pois o homem pode estar repetindo mensagens de culpa, o que acabará aumentando a sua ansiedade e prejudicando ainda mais a sua situação em vez de ajudá-lo.

Mensagens do tipo “eu não serei capaz”, “tenho que aguentar para que ela goste”, “espero que ela curta o sexo” podem prejudicá-lo ainda mais.

Como a relação sexual é a dois (ou mais) e não algo individual (ao menos que seja a masturbação), o peso dela não deve cair apenas em uma das partes. Existem mais participantes, então o jogo é compartilhado.

Quais são os sintomas da ejaculação precoce?

Costuma-se dizer que o principal sintoma é o de não controlar a ejaculação, e que ela ocorre antes do desejado ou que “não dura o tempo certo”. Outra ideia que é importante esclarecer é que não existe um tempo fixo para as relações sexuais.

Todos os participantes do encontro sexual devem desfrutar de forma plena e saudável (usando sempre preservativos), realizando as práticas eróticas que considerem apropriadas e por quanto tempo desejarem.

Lembre-se de que o maior órgão do corpo humano é a pele, portanto, vocês podem brincar com cada centímetro do corpo sem ter que se concentrar apenas nos órgãos genitais.

Tratamento da ejaculação precoce

Em muitos casos, a ejaculação precoce geralmente melhora ao longo do tempo. No entanto, se continua causando muita ansiedade e a pessoa não se sente confortável consigo mesma, é conveniente ir a um sexologista o mais rápido possível para que ele possa ajudá-lo.

Os profissionais irão estudar cada caso em particular, para avaliar qual o tipo de tratamento mais apropriado e assim poder realizar a terapia apropriada para o seu paciente.

Tenha em mente que o consumo de tabaco, álcool ou outros tipos de drogas pode prejudicar gravemente o controle da ejaculação e até mesmo uma ereção.

Dicas para solucionar a ejaculação precoce como um casal

Em primeiro lugar, a melhor coisa que a mulher pode fazer para ajudar o seu parceiro é lhe apoiando e tentando ajudá-lo a tirar toda a pressão e desapontamento que ele sente.

Ela não deve xingá-lo, reclamar, ou coisas do tipo. Converse com carinho. Uma dica que costuma funcionar é esperar um pouco e tentar novamente. Como ele já ejaculou, provavelmente demorará um pouco mais para ejacular na segunda transa.

O uso do preservativo, além de essencial para prevenir DSTs e gravidez indesejável, também é um grande aliado para a ejaculação precoce, já que ao usá-lo, a sensibilidade do pênis diminuiu um pouco, o que faz com que ele possa “aguentar” mais.

Para os homens, vale a pena tomar o seu tempo se masturbando, sem pressa, sem pressão, sem ansiedade. Vá com calma, aprenda a ir “se segurando”, vá conhecendo o seu corpo, mas definitivamente sem pressa.

Lidar com a ejaculação precoce como um casal pode ser a melhor maneira de se conhecerem e do homem solucionar o seu problema, mas se os sintomas persistirem, lembrem-se de consultar um sexólogo ou psicólogo.

Você já teve de lidar com a situação em que seu parceiro teve ejaculação precoce na transa? É algo recorrente? Como vocês solucionaram isso? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Um comentário

  1. gostei do sait porque pude aprender muita coisa que ira me ajudar na minha relacao a dois

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*