Orgasmo na fronha

É Oficial: Orgasmos Femininos são Melhores que Masculinos

Ainda que os homens continuem tendo muito mais facilidade em conseguir chegar ao orgasmo do que as mulheres, foi comprovado cientificamente que os orgasmos femininos são mais poderosos e mais duradouros.

As diferenças entre os orgasmos femininos e masculinos são motivo de curiosidade e de estudos há um bom tempo, e uma das principais diferenças fica em relação ao tempo em que um orgasmo dura, onde as mulheres saem bem na frente, com uma média de 20 segundos de orgasmo, enquanto os homens ficam entre 3 e 10 segundos de prazer.

Já em relação à frequência que se consegue chegar ao orgasmo, a realidade de muitas mulheres já é bastante complicada, já que, segundo pesquisa realizada nos Estados Unidos, foi descoberto que as mulheres conseguem chegar ao orgasmo apenas em 69% das vezes em que fazer sexo, enquanto os homens conseguem chegar lá cerca de 95% das vezes. Uma diferença gritante, não é mesmo?

Muitos dos motivos que cercam essa dificuldade das mulheres em chegar ao orgasmo estão relacionados à média de tempo que a relação sexual costuma durar. Em relação a esse quesito, os casais heterossexuais e de gays costumam ficar entre os 15 e 30 minutos de relação sexual, enquanto os casais de lésbicas chegam a atingir a média de 30 a 45 minutos de relação.

As lésbicas parecem ser as grandes vencedoras aqui, e realmente são, pois fica comprovado que elas conseguem ter 12% mais orgasmos do que uma mulher heterossexual.

Segundo esse mesmo estudo, a genética pode também ser responsável pela frequência dos nossos orgasmos; então, será que já podemos culpar nossos pais por algumas vezes ser difícil chegar lá, ou devemos agradecer imensamente nossa árvore genealógica? Bem, isso irá depender do seu caso, mas torcemos sempre pelo melhor.

Enquanto isso, que tal começar a investir mais em conhecer seu corpo? Esse estudo também concluiu que grande parte dos nossos orgasmos podem depender de nós mesmas, pois quando conhecemos melhor nosso corpo e temos um parceiro confiável (sexualmente falando, um parceiro que está disposto a nos fazer chegar lá), conseguimos levar a relação sexual de maneira a nos oferecer muito mais prazer. Quanto à masturbação, ela pode ser ótima em ambos os casos, mas principalmente para que as mulheres consigam conhecer seu corpo muito melhor.

Em relação a esse tópico, o estudo aqui citado concluiu que fazer sexo de verdade é muito melhor do que se masturbar, o que parece óbvio, mas de acordo com a ciência isso agora está comprovado, uma vez que quando fazemos sexo liberamos 4 vezes mais prolactina do que quando nos masturbamos, e por isso, ficamos mais relaxados.

Um último adendo a ser colocado é que finalmente foi comprovado que o cérebro de ambos os sexos age de maneira parecida em relação ao orgasmo, mas pelo fato dos homens chegarem lá com mais facilidade, é preciso sim que seu parceiro esteja consciente de que precisa fazer o mesmo por você.

Entender o corpo um do outro e estar realmente conectado em uma relação sexual faz toda a diferença na hora de conseguir um orgasmo, e funciona mais ou menos assim: quando estamos conectados com uma pessoa que está realmente sentindo tesão naquele momento, nosso corpo e nossas emoções respondem a esse estímulo e compartilhamos desse mesmo sentimento, facilitando o orgasmo.

Não é preciso muito para conseguir chegar lá, e o principal é conhecer seu corpo, fazer seu parceiro conhecê-lo também e conseguir uma boa conexão na hora do sexo. Com esses três fatores combinados, garantimos que você irá provar o quão melhores são os orgasmos femininos.

Você concorda com toda as conclusões às quais essa pesquisa chegou? Com que frequência você consegue chegar ao orgasmo naturalmente? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Um comentário

  1. O que se diz do orgasmo feminino é como se fosse um mito. Como se pode afirmar que os orgasmos femininos são melhores do que os masculinos enquanto vemos na net muita mulher dizendo não saber se o que sentem é ou não orgasmo? Mas nunca um homem teve duvidas se aquela sensação que sentiu era ou não orgasmo. Quem já experimentou os dois orgasmos ou seja já teve orgasmo feminino e também já teve orgasmo masculino e concluiu que o feminino era mais forte do que o masculino? A ciência tem dificuldades de esclarecer situações menos complexas que uma sensação humana que é tão complexa como o orgasmo e tantos outros ainda que inventem dispositivos extraordinários para medir sensações isso será um absurdo fazer esta afirmação.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*