Dor na vagina após o sexo

Como Evitar a Dor Vaginal Após o Sexo

A dor vaginal após o sexo é muito comum e ocorre em mulheres de todas as idades, porém, ela pode e deve ser totalmente evitada.

Se você também sofre com isso, veja agora alguns dos principais motivos que causam essa dor para que possa evitá-la e curtir ainda mais a sua vida sexual, que deve algo prazeroso e que não cause nenhum tipo de desconforto.

1. Falta de lubrificação

A falta de lubrificação é o principal problema de irritação vaginal, dor e vermelhidão. As razões para que ocorra a secura vaginal são diferentes para mulheres mais jovens e para mulheres mais velhas.

Nas mulheres mais velhas, a falta de lubrificação se dá devido aos baixos níveis de estrogênio. Quando as mulheres atingem a menopausa e após ela, os hormônios de estrogênios em seu organismo diminuem.

Os níveis deste hormônio controlam a umidade no corpo das mulheres – em seu cabelo, pele e vagina. Consequentemente, quando os níveis de estrogênio estão baixos, pouca ou nenhuma umidade está disponível durante a atividade sexual, e com isso, o tecido vaginal fica severamente irritado, causando desconforto ou dor durante e depois do sexo.

Para evitar a dor vaginal após o sexo devido à falta de lubrificação, é recomendado que a mulher use lubrificante durante a atividade sexual, pois ele elimina o ressecamento instantaneamente e torna a experiência sexual completamente prazerosa.

2. Problemas médicos

Alguns problemas médicos, como por exemplo distúrbios alimentares, podem causar alterações hormonais debilitantes que resultam em um ressecamento vaginal.

Esses sintomas normalmente ocorrem em mulheres atletas ou que se exercitam excessivamente.

Para evitar a dor vaginal após o sexo, basta usar o lubrificante, assim como foi dito acima.

3. Pré-menopausa

Em mulheres jovens que estão na fase da pré-menopausa, o corpo armazena e libera umidade para facilitar a procriação. O corpo não planeja a atividade sexual de “recreação”.

A reserva da umidade do corpo é armazenada na glândula “Bartholin” e no tecido vaginal e é liberada no início da intimidade protegendo o delicado tecido vaginal durante o sexo.

À medida que a atividade íntima continua e a umidade desta “reserva” é usada por completo, a irritação e dor ocorre com frequência.

É por isso que, novamente, o uso de um produto de umidade – lubrificante ou hidratante íntimo, por exemplo – segura essa umidade e é indicado para mulheres mais jovens.

4. Falta de lubrificação vaginal independentemente do motivo

Qualquer que seja o motivo, a falta de lubrificação irá causar dor vaginal após o sexo, além de causar inchaço no tecido, coceira e dor durante e após o sexo, porque este tecido é delicado e é afetado quando não há umidade suficiente para protegê-lo. O desconforto que ocorre como resultado pode durar de horas até dias.

5. Alergia a produtos de proteção sexual

Algumas mulheres são alérgicas a produtos de proteção sexual, como por exemplo preservativos e espermicidas. Sendo assim, se você e o seu parceiro usarem esses produtos e sentirem coceira ou dor, pode ser uma reação alérgica. Assim, tente trocar de marca ou use um método diferente de proteção.

6. Alergia a sêmen na vagina

As mulheres podem ser alérgicas à presença de sêmen na vagina, causando a dor vaginal após o sexo. É por isso que é muito importante limpar bem a vagina após ter relações sexuais.

Lave com bastante água morna e não use sabões ou produtos regulares. Evite especificamente os produtos perfumados e banhos de espuma. Qualquer produto vaginal com sabores ou aditivos que possam alterar o pH vaginal saudável deve ser evitado.

7. Proteja a sua saúde ao usar um lubrificante/hidratante vaginal

Para a sua segurança, proteja a sua saúde escolhendo um lubrificante/hidratante vaginal que seja aprovado pela ANVISA, pois os que não são significam que não são seguros para o uso dentro da parte mais sensível do seu corpo.

Para a limpeza íntima diária, utilize apenas produtos com pH equilibrado. Evite produtos com fragrâncias químicas, corantes ou aditivos e banhos de espuma especialmente depois da relação sexual.

8. Estimulação insuficiente

Por último e não menos importante, muitas vezes o desconforto sexual ocorre devido à estimulação insuficiente que faz com que a vagina não lubrifique.

Os homens geralmente estão prontos para a penetração dentro de dois minutos de preliminares; alguns podemos dizer que até em questão de segundos já ficam prontos, enquanto que as mulheres precisam entre 15 a 20 minutos para estarem totalmente prontas para a relação sexual, ou mais especificamente a penetração.

A atividade sexual nunca deve causar desconforto, pelo contrário, ela trata de dar prazer um ao outro. Assim, se você sofre com a dor vaginal após sexo, lembre-se primeiramente de usar lubrificante e garantir que as preliminares estão sendo boas para você também, e caso a dor continue, é hora de fazer uma visita ao seu médico.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você sente dor vaginal após o sexo? Acredita que qual desses acima pode ser o motivo? Já recorreu a um médico para tratar? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (Nenhum Voto Ainda)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*