Mulher triste

Como Enfrentar a Depressão Após o Término de um Relacionamento Amoroso

Como todos os relacionamentos, cada separação é única e desafiadora à sua maneira. Não importa o tempo que seu relacionamento durou ou o quão intenso ele era, cada perda dói, e há momentos em que parece que seu coração nunca irá se recuperar.

No entanto, de alguma forma, nós sempre conseguimos seguir em frente. Assim é a vida. Por mais difícil que seja uma ruptura, o coração é um músculo resiliente capaz de recuperar a força e até mesmo amar novamente. Mas saiba: se você ainda não está bem, está tudo bem.

“O sofrimento é normal, a maioria de nós não gostaria de ser tão insensível a ponto de não nos sentiremos nem um pouco afetados pela perda”, diz Sherry Benton, psicóloga norte-americana. No entanto, reconhecer se o seu sofrimento é saudável e se você está sofrendo depressão após uma separação é importante, de acordo com Benton.

“A depressão é algo mais debilitante e penetrante, com pensamentos negativos constantes sobre tudo, não apenas sobre a ruptura”, explica. Se isso parecer familiar, permita que Benton responda as perguntas que você possa ter sobre como lidar com a depressão após uma separação.

Por que os términos de relacionamento são tão difíceis?

Simplificando, “quanto mais importante é um relacionamento para nós, mais doloroso será sua dissolução”, diz Benton. Quanto mais tempo e emoção você investir em um parceiro, mais desafiante pode ser seguir em frente e aprender a ficar solteira novamente.

Além disso, Benton salienta que tende a ser mais difícil quando a separação não foi inteiramente sua própria decisão. “É muito mais doloroso ser o destinatário da separação do que o iniciador dela”, diz ela.

No entanto, não importa a causa, todos os términos e rupturas podem ser desafiadores. É importante lembrar que seus sentimentos são válidos, mas você conseguirá passar por isso.

Qual é a diferença entre tristeza e depressão?

“É importante distinguir o sofrimento e a depressão”, de acordo com Benton. Enquanto ambas as emoções causam efeitos como tristeza, insônia e perda de apetite, uma pessoa que está apenas triste e sofrendo irá sentir esses sintomas passarem e diminuírem ao longo do tempo.

A depressão é mais complicada. “Os sentimentos são constantes e esmagadores”, explica Benton. Além disso, muitas vezes sentimentos de culpa e vergonha em relação à depressão podem ser um indicador de que ela é mais do que apenas o fim de um relacionamento.

Como seguir em frente?

A boa notícia é que essas emoções desafiadoras não são permanentes e há muitas maneiras de passar por elas. “Aceite o processo que você está passando e seja boa consigo mesma”, afirma Benton. Como com a maioria das coisas na vida, a melhor abordagem é ser gentil consigo mesma, não importa o que você está passando.

“A maioria das pessoas faz um bom trabalho quando tentam alternar entre o momento em que deixam a tristeza aparecer (porque esse momento é essencial para a superação) e os momentos em que tentam se distrair com os amigos, um pouco de diversão, trabalho e outras atividades que deixem o assunto que causa tanta dor de lado, pelo menos por algum tempo”. De acordo com Benton, isso pode levar a uma melhora gradual do humor.

Também é importante ter um sistema de suporte em torno de você para que você aprenda melhor a como lidar com essas emoções e servir como uma distração bem-vinda delas. Pode ser útil desabafar com um amigo, mas também é útil permitir que você se divirta e que faça coisas agradáveis, explica Benton.

Existe uma maneira positiva de lidar com um término?

“Há raras ocasiões em que alguém encontra sua alma gêmea no início da vida, então a maioria das pessoas experimenta toda uma série de relacionamentos e amizades antes de encontrar uma companhia satisfatória para o longo prazo”, diz ela. Este é um aspecto positivo a se concentrar na hora de lidar com um término de relacionamento, a fim de mudar sua mentalidade e ver essa perda como uma situação que também tem seu lado positivo.

Benton também sugere focar no que realmente não funcionava no relacionamento anterior. Pergunte a si mesma: “Quais foram meus erros nesse relacionamento?” e “O que eu aprendi sobre o que eu realmente estou procurando em um relacionamento?”

Depois de começar a fazer essas perguntas, você pode começar a melhorar seu emocional e começar a pensar sobre a possibilidade de encontrar um novo parceiro para criar um relacionamento ainda melhor (e isso é muito emocionante).

Em casos em que você está experimentando depressão e não consegue passar por isso sozinha, não tenha medo ou vergonha, procure a ajuda de um profissional e o apoio de pessoas próximas a você. A depressão é uma doença séria como todas as outras, e deve ser tratada como tal. Não deixe que sua vida seja tomada por ela, procure ajuda.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você já passou por um término de relacionamento que foi muito sentido? Acredita que sofreu com depressão? Como lidou com isso? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (Nenhum Voto Ainda)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*