Orgasmo

Como Conseguir Ter Orgasmos Múltiplos

Ter um orgasmo durante a relação sexual pode ser praticamente impossível para algumas mulheres, o que dirá ter orgasmos múltiplos. Dificilmente as mulheres atingem esse estado máximo de prazer, mas você sabia que isso é possível para todas as mulheres?

Com algumas técnicas todas podem chegar ao ápice basta relaxar e gozar. O orgasmo feminino, diferente do masculino, não tem um padrão certo, pode ser um único e intenso, vários menores, ou as duas situações juntas, variando de mulher para mulher e da intensidade do sexo.

Os orgasmos múltiplos são continuações de picos de prazer com a manutenção da excitação, ou seja, não é necessário um intervalo sobre um orgasmo e outro, pois ele ocorre de forma contínua. Esses orgasmos não acometem os homens, pois eles, após a ejaculação, passam pelo período denominado de refratário, de relaxamento para reiniciar uma futura atividade sexual.

Muito se diz do orgasmo feminino, sendo inclusive um tabu para muitas delas. Algumas esperam ver estrelas e ouvir o ressoar de sinos, porém, não passa de ideias de orgasmo já ultrapassadas que podem nunca vir a acontecer. O orgasmo feminino é completamente subjetivo e tem uma característica própria em cada mulher e cada qual deve buscá-lo à sua maneira.

Mistérios dos orgasmos múltiplos

Após chegar ao primeiro orgasmo, é muito mais fácil atingir os outros se a mulher continuar sendo estimulada. Os outros orgasmos já não exigem mais tanto esforço, uma vez que a mulher já se encontra excitada e com o corpo quente, certo? Porém para o orgasmo múltiplo se tornar realidade, a mulher deve estar em uma posição confortável que lhe dê muito prazer, pois qualquer desconforto ou dor pode ocasionar a perda do tesão, e aí é praticamente impossível chegar lá.

Um sexo muito cansativo, em que a mulher precisa fazer muito esforço, geralmente em posições em que ela domina, pode fazer com que ela se canse muito rápido, atingindo um único orgasmo.

Foco na masturbação

Muitas mulheres sentem-se inseguras em se masturbar por ficarem constrangidas, mas nada mais natural e melhor para descobrir seu próprio corpo. Através da masturbação, com o auxílio de alguns brinquedinhos, a mulher pode explorar seu próprio corpo e saber que partes do corpo sente mais prazer e qual a intensidade que mais gosta.

A maior parte das mulheres não chega ao orgasmo por não saber suas preferências e assim mantê-se restritas ao “feijão com arroz”. É importante lembrar que ter orgasmos múltiplos nem sempre é melhor do que ter um único e prolongado orgasmo. Às vezes é mais gostoso um único orgasmo, mais caprichado, do que poucos em intensidades menores.

O poder do clitóris

Essa região do corpo feminino é a que mais causa frisson nas mulheres. Quando estimulado, pode levar ao prazer pleno, ou seja, ao orgasmo. A mulher tem a capacidade de ter um orgasmo e logo em seguida já estar apta para dar continuidade à relação e brincadeiras, diferente dos homens, que quando ejaculam, o fluxo de sangue diminui fazendo com que o pênis volte ao seu estado normal, perdendo a ereção.

Saiba falar

Os homens são práticos, então para eles é difícil entender por meio de sinais quais são as posições que você mais gosta, as partes do corpo que quando estimuladas te dão mais prazer, etc. Por isso, é melhor parar de joguinho e ter uma conversa franca antes do sexo. Diga tudo o que gosta e de como gosta, ele também tem suas preferências, então descubram os gostos e prazeres um do outro para que o sexo seja completo para ambas as partes.

Quando um está excitado, fica mais fácil a outra pessoa se excitar também como consequência. Nada mais excitante do que saber o quanto você está satisfazendo outra pessoa, portanto uma condição leva à outra.

Fique à vontade

Se estiver tensa ou com mil e um problemas na cabeça, distraída, esqueça! Assim como os homens não conseguem atingir a ereção quando estão com problemas, as mulheres não sentirão absolutamente nada na hora da transa e é bem possível que se sintam desconfortáveis e suplicando para que tudo isso acabe logo. Se estiver nesse clima, é melhor nem começar, porque não será bom para você e nem para o seu parceiro.

Esteja disposta, despida de pensamentos puritanos e completamente relaxada ao transar. Esqueça do mundo lá fora e foque no agora e no que está fazendo e dê o melhor de si nisso. Faça tudo que tiver vontade, por mais estranho que possa parecer, e siga seus instintos carnais para ser capaz de ter orgasmos múltiplos.

Liberdade no pensamento

Libertar não só atitudes, mas o pensamento é muito importante. Se você tem fantasias sexuais enrustidas, pode ser uma boa hora de expô-las e colocá-las em prática. Isso pode facilitar a chegada ao orgasmo. Se não estiver disposta a torná-la real, pensar nisso na hora do sexo pode ajudar a deixá-la mais excitada ainda, contribuindo para o orgasmo. Que tal?

Dificuldade em gozar

Algumas mulheres, por mais que sejam estimuladas e sentirem prazer, podem não conseguir atingir o ápic. Se isso ocorrer mesmo depois de muita prática, pode ser que ela sofra de anorgasmia, uma condição que atrapalha a vida sexual da mulher.

A anorgasmia pode se apresentar no nível primário (em que a mulher nunca teve um orgasmo na vida), secundário (quando já teve orgasmo, mas parou de ter) e situacional (quando consegue em uma única posição ou no sexo oral de vez em quando). Essa condição ocorre única e exclusivamente por uma questão psicológica. Não há nenhum problema físico que cause isso, é apenas uma questão de libertação sexual que todas devem praticar sem medo de ser feliz.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você já conseguiu ter orgasmos múltiplos alguma vez? Com qual frequência você consegue gozar? Comente abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (25 votos, média: 4,28 de 5)
Loading...

Um comentário

  1. Vou experimentar hoje.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*