Cap d’Agde, O Complexo Turístico Onde É Possível Transar em Público

Este complexo turístico do Mediterrâneo se tornou a capital mundial da libertinagem. Em Cap d’Agde, tudo é permitido: desde ir nu ao supermercado até as orgias em público.

Se você achava que já tinha visto de tudo, principalmente em relação a cidades turísticas e turismo sexual, é porque nunca tinha escutado falar sobre esta cidade costeira localizada no sul da França, a apenas três horas de carro de Barcelona, na Espanha. Lá, a cada ano milhares de turistas chegam atraídos por sua oferta de férias, com um foco principal no turismo sexual.

Neste lugar, dificilmente há restrições referentes ao sexo entre adultos: é uma comunidade naturalista governada por suas próprias regras.

O nudismo não é apenas algo comum em suas praias, mas também nas lojas, farmácias, restaurantes e supermercados. Você já imaginou sair às compras completamente nua? Em Cap d’Agde isso é possível, embora isso não seja a sua única atração. Lá você também pode ter relações sexuais em público ou ir a festas com orgias ou troca de casais, o que também é uma grande atração turística.

O Paraíso dos Swingers

É assim que a cidade se descreve no site oficial do seu complexo turístico, e é que esse é o destino ideal para os casais liberais.

Para entrar nesse povoado, o turista deve pagar 8 euros por pessoa para passar o dia ou 18 para passar a noite por lá. A “entrada” para três dias custa 45 euros, um passe que deve ser pago obrigatoriamente, ainda que já tenha reservado um hotel na cidade.

A praia de Cap D’Agde está dividida em três partes: a primeira é uma praia para famílias, a segunda para swingers e a terceira é a área gay, a menos frequentada.

Na praia mais liberal (a segunda), especialmente ao entardecer, é comum ver casais praticando todo tipo de sexo. Quando isso acontece, um círculo de pessoas se reúne a sua volta, seja para olhar, se masturbar ou para se juntar ao sexo, caso o casal permita.

Mas engana-se quem acredita que a praia é o único lugar onde o sexo é liberado. Também pode-se praticar nos hotéis, claro, não apenas nos quartos, como de costume, mas também nos corredores e áreas comuns, ou nas festas que acontecem todas as noites nos diferentes clubes do vilarejo onde a entrada custa em torno de 90 euros.

“Há hotéis na área nudista de Cap D’Agde que são apenas para casais maiores de 18 anos onde pode-se praticar sexo em qualquer uma de suas áreas. Isso inclui na área da piscina, onde muitos casais aproveitam da sua liberdade sexual e convidam outras pessoas a fazer o mesmo. Enquanto isso acontece, a equipe do hotel está servindo bebidas, como se nada de incomum acontecesse. O estranho é simplesmente não fazer sexo”, disse a organização.

De aldeia de pescadores à capital mundial do sexo

Herault (34):
Cap d’Agde

Até os anos 50, Cap D’Agde era uma tranquila vila de pescadores, mas pouco a pouco tornou-se um dos principais focos naturistas da Europa. Na década de 90, começaram a chegar os swingers (casais liberais a quem a oferta turística desta cidade está especialmente orientada), e assim começaram a serem criados clubes e hotéis especiais para eles.

Assim foi até chegar ao que é considerado a capital mundial do sexo, onde o nudismo não é apenas um atrativo, mas sim obrigatório em algumas áreas.

Claro, apesar dos bacanais desenfreados que acontecem por lá, em Cap D’Agde também existem algumas regras. Por exemplo, é proibido tirar fotos, e por isso, em algumas festas é proibido entrar com telefones celulares.

E apesar do nudismo ser praticado na maioria dos lugares, nas ruas residenciais está proibido, assim como transar. Se você for pego, receberá uma multa de cerca de 15.000 euros. Nem tudo também é permitido nessa moderna Sodoma e Gomorra.

E assim, Cap D’Agde se tornou a capital mundial do sexo, e o paraíso para muitas pessoas, principalmente para os swingers e voyeurs, já que lá é possível transar em público.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você já tinha ouvido falar de Cap d’Agde? O que acha da ideia de turismo sexual que a cidade propaga? Teria coragem ou tem vontade de fazer uma viagem assim? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*