Casal de idosos

Alguns Idosos Escolheram Morar Juntos em Vez de se Casarem

Muitas pessoas acham que isso é coisa de gente jovem, mas saiba que alguns idosos escolheram morar juntos em vez de se casarem e esse número apenas aumenta.

Talvez quando você pensa sobre o amor de casais mais velhos, pensa neles em um contexto de felicidade ou tédio matrimonial.

O ponto é que o matrimônio está possivelmente em algum lugar do seu pensamento. Pessoas mais velhas podem ser vistas para muitas pessoas como sinônimo de conservadorismo ou como pessoas “tradicionais”.

Porém, parece que nem sempre é assim, principalmente hoje em dia.

Alguns deles podem até ter feito isso por um bom tempo, mas tudo indica que cada vez mais casais idosos estão morando juntos e os números só aumentam em um ritmo crescente.

De acordo com a Universidade Bowling Green State, em Ohio – Estados Unidos, os números aumentaram de 2000 a 2006 em 50%. Segundo o Censo dos Estados Unidos, o número de idosos vivendo juntos em vez de se casarem, quase dobrou de 1989 a 2000.

Casar-se causará a perda de um número de benefícios financeiros por exemplo, como seguro de saúde, pensão, benefícios militares e perda em alguns casos de benefícios de Previdência Social. Ao permanecer solteiro, um idoso protege seus bens e possivelmente a herança dos seus filhos.

Por isso é recomendado para os idosos que escolherem morar juntos em vez de se casaram tomarem algumas medidas preventivas. É importante atualizar o testamento para que ele reflita o que quer deixar para seus filhos e o que quer deixar para seu amor.

Se vocês tinham contas bancárias e outros ativos financeiros separados antes, pode ser que não tenham por que mudar isso agora – ou tenham.

Vocês podem assinar um acordo pré-nupcial ou de coabitação. Isso definirá quais são as suas expectativas e quais não são. A melhor opção é ter a ajuda de um advogado na hora de fazer um acordo desse tipo.

Ainda assim, viver juntos não significa que não estão envolvidos na vida um do outro. Se você for esperta e fazer uma pesquisa sobre isso em relação a vocês dois, poderão decidir quais envolvimentos querem ter/fazer e quais não.

Se não são casados, mas querem se envolver nas decisões médicas um do outro e ter certos direitos que normalmente são dados apenas a um cônjuge, verifique quais tipos de documentos devem ter e/ou tirar.

Se você quiser deixar alguns ou todos os seus bens para o seu parceiro, isso exigirá que envolva um especialista em impostos ou um advogado de planejamento imobiliário para fazer as coisas funcionarem para vocês.

Em todo caso, vocês já têm idades suficientes para serem capazes de saber o que querem e fazer o que quiserem. Você e seu parceiro têm muitas opções para escolher a fim de construir o tipo e estilo de vida e relacionamento que desejam.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você conhece algum casal de idosos que preferiu não se casar? Se estivesse no lugar deles, qual seria sua escolha? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*