8 Fetiches Bizarros Que Parecem Mentira

Existem fetiches bizarros que parecem mentira. Há pessoas que guardam grandes desejos sexuais inacreditáveis dentro de si. Desvendar estes mistérios pode ser a chave do segredo para conquistar estas almas repletas de excitação. Conheça abaixo 8 fetiches bizarros e procure segurar a perplexidade!

1. Sexo Gótico

Sexo gótico

Vampiros nas floretas, cemitérios nublados, grutas sombrias, enfim, existem góticos que levam a personalização do sexo ao extremo, se sentindo como verdadeiros personagens de filmes ou jogos de RPG. O ato sexual pode acontecer em árvores, ou mesmo durante um ritual dedicado para deuses das trevas.

Sem dúvidas representa um dos grandes fetiches bizarros para a nossa lista, e uma prática não aceita por grande parte da opinião pública e da ética vigente no mundo. Porém, este tipo de público, que busca aventura e sexo na mesma medida, cresce de forma considerável ao redor do mundo, o que de fato aumenta aos poucos o nível de tolerância em geral.

2. Sexo com Mortos: Necrofilia

De modo frequente existe na imprensa a notícia de que médicos foram presos por estarem fazendo sexo com mortos. Esta é a necrofilia, tipo de distúrbio sexual que existe desde os primórdios da humanidade. As atividades sexuais ocorrem com o defunto fresco ou junto aos ossos e esqueletos de pessoas mortas há tempos.

Há quem diga que os profissionais de necrotérios possuem vida isolada, em um trabalho solitário, fato que pode ajudar o surgimento desta vontade, embora existem casos nos quais os praticantes indicam ter atração desde a infância, conforme indicam os psiquiatras norte-americanos Roman e Resnick, no livro “Atração Sexual por Cadáveres: Avaliação Psiquiátrica da Pedofilia.

3. Sexo e Bebês

Fantasia de bebê

Pode ocorrer tanto com homens como mulheres. Se trata do desejo de ser tratado como neném durante o ato sexual. No sexo não basta apenas usar a carícia e as vozes de afeição. Praticantes têm o súbito desejo de se fantasiar como se fossem crianças com no máximo 1 ano de idade. Também existem os acessórios, caso do chocalho, da toalha, dos talcos e, algumas vezes, existe inclusive o uso de fraudas e berços, tudo para aumentar o nível de personalidade e do tesão.

[sc:artigos_relacionados]

4. Sexo com Animais

Zoofilia é um dos fetiches bizarros mais conhecidos e (pasme!) comuns, e envolve o sexo entre animais humanos e não-humanos. Embora a prática não seja proibida em alguns países, na maioria das nações esta bestialidade é ilegal sob abuso das leis de proteção dos animais e de crimes contra a natureza.

Seu estudo oficial foi introduzido no campo da pesquisa sobre a sexualidade por Krafft-Ebing, que descreveu uma série de casos de “violação dos animais (bestialidade)”. No uso contemporâneo em geral serve para definir a clara preferência por não animais humanos como parceiros sexuais.

5. Sexo com Masoquismo

bdsm

Masoquismo e sexo são dois elementos que trazem tesão para muitas pessoas, seja homem ou mulher. Também é uma preferência entre homossexuais. Tais perfis sentem o prazer máximo, seja na tortura ou em sentir dor. Nos dias de hoje existem diversos tipos de acessórios vendidos em casas especializadas, tais como o clássico chicote, por exemplo.

Psiquiatras indicam que a humilhação física ou verbal no sexo consiste no masoquismo, visto que a união entre os dois forma o sadomasoquismo. Existem estudiosos que indicam o prazer não propriamente na dor em si, mas por causa do sentimento de inferioridade ao parceiro na relação.

6. Sexo e Feederismo

Feedrism

No feederismo, a parceira sexual é encorajada a engordar ao extremo em consequência de desejo do parceiro por mulheres gordas. Existem aquelas que chegam a engordar mais de 50 quilos.

Em grande parte dos casos, é a mulher que fica submetida a engordar ao extremo para satisfazer a vontade dos namorados, embora também existam homens que sigam esta tendência por pedido da esposa ou namorada. Para que o fato ocorra, é necessária muita paixão para se submeter ao desejo que pode inclusive prejudicar a saúde.

7. Desejo Sexual por Pés

Beijando o pé

Podólatra consiste em pessoa que tem atração sexual por pés. Massagear, beijar, lamber, enfim, existe tesão em fazer diversos tipos de fetiches bizarros com os pés. Interessante notar que grande parte de quem tem este perfil não aprecia ter os próprios pés acariciados. Para podólatras, pés têm o mesmo valor do que as nádegas ou o peito.

8. Frotteurismo

Frotteurismo

Esta moda é famosa não apenas no Brasil como ao redor do mundo, sendo que normalmente existe prazer dos homens e repúdio das mulheres. Trata-se das famosas encoxadas nos transportes públicos, tais como ônibus e trem, por exemplo. Existem maníacos que fazem questão de fazer um passeio na hora do rush no sentido de aproveitar brechas ou passar a mão no público feminino.

Por causa do aumento deste tipo de prática, existem grandes cidades que reservam vagões especiais no metrô às mulheres, diminuindo o risco de frotteurismo diretamente. A estação de Osaka, no Japão, é um exemplo conhecido.
[sc:poderosa-na-cama-depois-artigo]

Qual destes fetiches bizarros foi mais assustador para você? Você acredita que conseguiria sentir tesão com algum deles? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (6 votos, média: 4,17 de 5)
Loading...

4 Comentários

  1. Kamy Dreemurr

    Eu tenha fetiche por esqueletos :v

  2. Eu acho q tenho fetiche por barriga e cintura quando eu olho fico com vontade de pegar,beijar,lamber morder,deixar marcas e pescoço também as vezes n consigo me controla el certos momentos com alguns e algumas ficantes mas eu nunca transei ainda sou virgem mas eu vou até um certo ponto que eu não me controlo mas depois eu fico normal acho que isso é estranho pra uma garota.

  3. Não sei por que mas me excito muito facilmente ao ver os pés femininos, sinto vontade de tocá-los,cheirá-los, beijá-los e até chupá-los se possível. Mas sou um pouco tímido e tenho vergonha desse fetiche, pois sei que nenhum de meus amigos gostam disso, será que sou de outro planeta?

  4. Faltou falar sobre scat. Ou scat já não é mais bizarro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *