6 Razões Do Porque Sua Vagina Dói

Existe aquela dor que dá lá em baixo por excesso de sexo, porém, existem outras que são muito mais sérias. Muitas vezes, descobrir o que está causando dor em sua vagina não é fácil. Mary Jane Minkin, professora clínica de obstetrícia e ginecologia da Escola de Medicina da Universidade de Yale, explica as seis das causas mais comuns de dor na vagina e o que fazer se tiver algum desses sintomas.

1. Herpes

Ninguém quer acreditar que contraiu uma DST, mas de acordo com os Centros de Controle e Prevenção, cerca de um em cada seis adultos americanos tem ou terá uma doença sexualmente transmissível em sua vida.

Bolhas visíveis e dor intensa acompanham uma infecção sexualmente transmissível. Se você encontrar um caroço ou colisão nas suas partes íntimas onde não tinha, entre em contato com o seu ginecologista imediatamente.

Mesmo que não exista cura para a herpes, o seu médico pode recomendar que comece a usar algum medicamento para reduzir a frequência dos outros surtos e ajudá-la a controlar a dor.

2. Infecções fúngicas

“Embora elas não costumam lhe causar dor por si só, podem fazer com que se sinta seca e com coceira na vagina, o que algumas pessoas irão interpretar como dor” disse Minkin.

As chances são de que 3 em cada 4 mulheres irão experimentar uma infecção por fungos em sua vagina durante a vida.

Enquanto você pode tratar esse tipo de infecção com medicamentos, é melhor procurar a opinião de um médico se esta é a sua primeira vez lidando com esta doença.

Seu obstetra irá realizar um exame pélvico e lhe prescrever um creme antifúngico para usar até que os sintomas desapareçam.

3. Secura vaginal

Você pode pensar que este é um problema que ocorre apenas nas mulheres pós-menopausa, porém está errada.

Graças ao baixo estrogênio das pílulas anticoncepcionais, muitas mulheres jovens sofrem com a secura vaginal, o que pode tornar o sexo desconfortável e até mesmo doloroso. “O estrogênio é um hidratante”, diz Minkin.

“Então, se a pílula é baixa nos níveis de estrogênio, a umidade da sua vagina também será.” Se você sente que sua vagina não fica mais lubrificada como antes, talvez seja a hora de ir visitar o seu médico.

“É um reparo fácil, porque nós podemos tratá-la com estrogênio tópico ou lhe prescrever uma pílula anticoncepcional mais elevada em estrogênio”, disse Minkin.

4. O pênis do seu parceiro

Você pode estar acostumada a culpar a sua própria anatomia, mas a Dra. Minkin irá incentivá-la a prestar atenção também no seu parceiro.

“O que você sente é realmente dor na sua vagina, ou dor durante a penetração – algo que sente dentro da sua barriga?” pergunta Minkin. “Pode ser muito difícil diferenciar.”

Os pênis maiores podem ser mais difíceis de penetrar, e se você está sofrendo com isso, pode ser a hora de trocar para uma posição que seja mais confortável para você.

5. A endometriose ou Doença Inflamatória Pélvica

Se você sentir dor durante a penetração e no seu período menstrual, pode ser que você tenha endometriose (quando o tecido que reveste o útero cresce em outros lugares) ou doença inflamatória pélvica (infecção dos órgãos reprodutivos femininos).

“Para os dois casos, a paciente pode dizer que sente dor na sua vagina, mas quando eu examinar, irei pressionar a minha mão na sua barriga e amassar os seus ovários, e é ai que ela vai dizer que sente dor” disse Minkin.

Outro sintoma destas condições? Sangramento excessivo durante a menstruação.

Depois de fazer um exame pélvico e ultrassom para determinar se está sofrendo uma dessas condições, o seu médico provavelmente irá fazer com que tome alguns analgésicos e faça terapia hormonal.

6. Vulvodinia

“Cerca de 9% das mulheres terão este tipo de dor em suas vidas”, disse Minkin, descrevendo o desconforto que ocorre durante a penetração ou mesmo quando está inserindo um absorvente interno.

Para algumas mulheres, sentir algumas “pontadas” de dor é algo espontâneo e sem relação com o sexo ou por tocar a área. “É algo misterioso que pode ir e vir,” disse Minkin.

Os médicos que diagnosticam a vulvodinia, muitas vezes as tratam com medicamentos tópicos tais como lidocaína, que também é utilizado nos casos de fibromialgia.

Lembre-se de sempre procurar o seu médico em caso de dor.

Você já sentiu algum destes problemas com a sua vagina alguma vez? O que seu médico especialista recomendou fazer? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (5 votos, média: 3,60 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*