Apaixonados

6 Mulheres Compartilham Como Sabiam Que Seu Parceiro Era “a Pessoa Certa”

Descobrir com quem você quer passar o resto da vida não é fácil, e o que faz alguém considerar que essa ou aquela é “a pessoa” certa pode variar de uma para outra. Mas se e quando esse momento chegar, não há dúvidas de que é um sentimento muito mágico.

Se você ainda não encontrou a pessoa certa e não faz nem ideia de como seria esse sentimento, fique calma, sua hora vai chegar. Enquanto isso, conversamos com seis mulheres e pedimos para que elas descrevessem como aconteceu o momento em que elas sabiam que aquela era a pessoa com quem elas realmente queriam ficar para sempre.

Confira o depoimento de cada uma delas e descubra o que ocorreu para que elas soubessem que aquela era a pessoa certa.

1. “A distância me mostrou que nós éramos capazes”

“Houve alguns momentos que me fizeram sentir como se o Roger fosse a pessoa certa. Eu sei que soa super brega, mas eu me lembro em detalhes do primeiro momento em que o vi, o que ele estava vestindo e como ele se destacou no meio de todas as outras pessoas. Aconteceu no primeiro semestre do primeiro ano na faculdade e nós tínhamos uma aula em comum. Eu até me lembro do colar de cruz que ele estava usando e como eu estava estranhamente atraída por ele. Eu nunca tinha sido o tipo de pessoa que se sentia atraída por caras em locais como a escola ou faculdade, sempre evitei isso, mas ele tinha essa vibe misteriosa e eu queria saber mais sobre ele. Eu comecei a comentar com as minhas amigas logo depois da aula sobre ‘aquele cara bonito e interessante da minha aula’. No fim, acho que foi como as coisas tinham que acontecer, e eu consegui ver como ele era diferente e especial.”

“Nós namoramos durante toda a faculdade, e então eu mudei do Rio para Porto Alegre. Às vezes nós ficávamos quase seis meses sem nos vermos. Eu me lembro de sentar na minha cama e chorar porque eu sentia muito a falta dele. Eu não acredito que alguma vez senti algo mais profundo do que eu senti naquele momento, eu estava verdadeiramente sentindo falta e amando alguém no meu íntimo. Senti como se alguém tivesse me dado um soco no estômago, estava sempre com uma profunda tristeza e dor, doía mais do que qualquer coisa. Percebi que ele realmente me completou e que eu precisava dele na minha vida.”

“Roger e eu ficamos juntos e acabei me mudando de volta para o Rio, onde moramos agora. Agora que estamos casados, contei a ele sobre como me sentia enquanto estava no Sul, e ele disse que toda essa experiência de ficarmos longe deu a ele só mais motivos pra me pedir em casamento. A distância tem uma maneira estranha de mostrar com o que você realmente se preocupa, e ela me mostrou que nós éramos capazes. O caminho não foi fácil, sofremos por algum tempo, mas tudo isso levou a algo muito maior”. Sara, 25 anos, casada há 1 ano.

2. “Ela me ensinou a me expressar e a me entender melhor, cresci como pessoa “

“Eu sempre me senti atraída pela Cris porque ela sempre foi aquele tipo de mulher independente e direta. Ela fala o que pensa, defende os outros e se mantém firme – sempre. Ao longo dos anos conhecendo-a e sendo amiga dela, eu realmente olhei para ela e conseguimos desenvolver uma conexão muito forte, pois eu me inspirava nela, e eu não tinha tanta confiança assim em mim e nem nas minhas opiniões. Depois que saímos do status de amigas para namorar oficialmente, ela não perdeu tempo em me dizer que eu precisava começar a me expressar e me entender melhor, cresci como pessoa ao lado dela.”

“No momento em que eu soube que ela era ‘a pessoa certa’ foi a primeira vez em que eu realmente falei sobre algo que estava me incomodando. Eu estava em um trabalho que eu realmente não gostava. Eu era uma supervisora em uma fábrica, e um dos outros supervisores com quem eu trabalhei eram totalmente sexistas, racistas e extremamente rudes comigo diariamente. Eu odiava a minha vida quando trabalhava lá, toda vez que essa pessoa agia de uma péssima forma comigo, ou tratava a mim e aos outros funcionários muito mal, eu simplesmente não dizia nada porque eu não queria perder meu emprego. Todos os dias eu chegava em casa e reclamava com a Cris, e todos os dias ela me explicava que eu precisava tomar uma atitude, e acabei fazendo isso.”

“Certo dia, fui para o trabalho desanimada como sempre, mas lá estava eu, para mais um dia. Um funcionário acabou cometendo um erro que criou uma grande bagunça e eu fui ajudá-lo. Este outro supervisor se aproximou e começou a gritar comigo. Minha reação aconteceu de repente, como se eu não tivesse nenhum controle sobre isso, perdi a calma que eu tentei manter por todos esses anos e comecei a falar absolutamente tudo que eu havia guardado durante todo esse tempo, e disse a ele como ele era horrível. Ele ficou extremamente chocado e eventualmente eu acabei indo embora da empresa e nunca mais voltei.”

“Enquanto eu estava andando até o meu carro, eu peguei meu telefone para mandar uma mensagem para a Cris, até que eu parei e eu vi uma mensagem dela, que ela havia mandado mais cedo naquela manhã dizendo: ‘Fica tranquila com tudo, ok? Vamos beber alguma coisa mais tarde e comer uma pizza.”

“Foi quando eu tive certeza de que ela era a pessoa certa pra mim. Ela sempre me fortaleceu para ser uma pessoa melhor e me encorajou a ser forte, algo que ninguém nunca fez por mim. Não foi uma emoção louca, uma paixão cheia de fogos de artifício; mas foi um sentimento muito contente e calmante. Eu estava simplesmente feliz, um tipo diferente de felicidade que eu nunca tinha sentido antes, e isso fez com que eu fosse pra casa tranquila esperar minha namorada para comer uma pizza e seguir com a minha vida.” Catarina, 26, recentemente noiva.

3. “Pediu permissão para me beijar”

“Eu conheci o Samuel no ensino médio, nós éramos amigos bem próximos, e eu sentia que um clima rolava entre nós. Um dia, fomos dar uma volta de carro pela cidade em que morávamos. Nós paramos em um sinal de transito e ele simplesmente me perguntou se ele poderia me beijar. Eu disse que sim, foi um pouco engraçado na hora, mas foi aí que eu soube! Um cara que era meu amigo, com quem eu me dava bem e que, acima de tudo, me respeitava” – Angela, 46, casada há 26 anos.

4. “Sem drama ou joguinhos. Foi simplesmente fácil”

“O irmão dele é casado com minha melhor amiga, então acabou que fomos apresentados, algum tempo depois combinamos de sair em uma noite de sexta-feira e parecia que nós éramos velhos amigos. Foi basicamente isso que aconteceu, porque depois desse dia, nos tornamos inseparáveis ​​pelo resto do fim de semana.

Eu morava a quatro horas de distância, e quando voltei para casa na segunda-feira, ele me enviou praticamente um texto me dizendo que ele tinha adorado passar todo aquele tempo comigo, e que agora que estávamos separados, ele só conseguia pensar em me encontrar novamente. Foi quando eu soube que era algo diferente. Foi super fácil desde o início. Não houve drama nem jogos; foi simples, e acho que nenhum de nós jamais imaginou que isso fosse acontecer, mas foi exatamente isso que fez valer a pena.

“Havia um sentimento irresistível de confiança e respeito mútuo. Eu nunca pensei que um relacionamento seria nada além de uma montanha russa emocional, mas com o Bruno era confortável e fácil, enquanto era sério ao mesmo tempo. Nós dois estávamos abertos sobre nossos sentimentos; eu estava conseguindo finalmente encontrar um bom lugar na minha vida, onde eu estava super confortável com quem eu era e eu acho que isso era essencial para o processo também. ” – Carla, 25 anos, casou-se há oito meses.

5. “Ele esteve do meu lado sempre, principalmente em momentos difíceis”

“A primeira vez que pensei que poderia passar o resto da minha vida com ele, nós já namorávamos, e foi durante a nossa viagem à Escócia no início do ano retrasado. A Escócia era linda e romântica por si mesma, mas na verdade era outra parte de viagem que me fazia amá-lo cada vez mais. Em nosso caminho até a Escócia, e no nosso caminho de volta, tivemos muitos, muitos atrasos, perdemos grandes voos, tivemos que ser redirecionados e ficar em lugares aleatórios, e perdemos tempo durante a viagem. Em um ponto eles nos colocaram em um avião, e depois nos tiraram do avião devido a mais atrasos. Eu comecei a chorar e ele estava totalmente calmo e solidário. Ele foi minha rocha através de toda a parte difícil da viagem, onde eu estava totalmente frustrada. Como ainda estávamos no inicio do relacionamento, esse foi o primeiro momento complicado que tivemos que lidar como casal, e eu definitivamente me senti mais segura com ele, percebendo que ele esteve e estaria ao meu lado em qualquer circunstância.”

“Não demorou muito para que eu começasse a considerar seriamente passar o resto da minha vida com ele. Nada faz você gostar mais de outra pessoa do que tê-la por perto quando você está estressada e pronta para dar um soco em alguma coisa.”- Larissa, 28, namorando há dois anos e meio.

6. “Eu sabia que meu marido era a pessoa certa antes mesmo de conhecê-lo”

“Ele já estava trabalhando no Mato Grosso como agrônomo; Eu estava indo para a faculdade em São Paulo. Por um acaso, nós havíamos nascido na mesma cidade, em Ribeirão Preto, mas apesar disso, nunca havíamos nos encontrado. Em 2010, um dos meus amigos me disse que eu deveria namorar esse cara que ela conhecia da faculdade. Fiquei surpresa porque ninguém nunca tinha sido tão direto comigo em relação a isso, ainda mais em relação a um cara que eu nem sequer conhecia”.

“Então, duas semanas depois, outro dos meus amigos me disse que eu deveria sair com o mesmo cara, e que ele estava em Ribeirão naquela semana. Fui pega de surpresa mais uma vez e decidi investigar quem era esse cara que dois dos meus amigos achavam perfeito para mim, e é claro, eu esperava que ele fosse bem bonito”.

“Quando vi pela primeira vez uma foto dele, pensei: ‘ele é tão fofo’. Então, ok, eu tinha achado ele bonito, mas eu sabia que a aparência não era tudo. Então, quando o nome dele surgia em uma conversa com algum amigo, eu perguntava a essa pessoa o que ela pensava sobre ele. Eu nunca recebi um comentário negativo.”

“Outro fato engraçado foi que eu conheci a família dele, antes de conhecê-lo de fato, porque um outro amigo meu era muito amigo dele e foi esperar ele chegar de viagem em um churrasco surpresa, e ele decidiu me levar junto. O mais legal de tudo, foi que eu realmente gostei da família dele logo de cara, porque eles tinham muitos dos mesmos valores que eu. Então ele era bonito, meus amigos gostavam muito dele, e eu tinha uma ideia de como ele seria com base na família dele, então eu já estava imaginando que tinha tudo pra dar certo.”

“Eu me lembro de olhar para a foto que eu tinha visto pela primeira vez, e eu tinha essa sensação forte e inegável de que ia me casar com esse homem. Liguei para minha mãe e disse a ela que pensava que ia me casar em breve e que devíamos começar a juntar dinheiro pra festa, minha mãe achou que eu estava maluca, e eu sei que isso soa incrivelmente estranho, mas foi exatamente isso que aconteceu.

“O Daniel chegou em casa e a família toda estava lá esperando por ele, porém, foi um pouco estranho quando esse nosso amigo em comum foi apresentar a gente, e a família dele acabou entrando na brincadeira, tentando fazer com que nós dois nos conhecêssemos melhor, e ninguém estava fazendo isso muito discretamente. Eu estava envergonhada e não queria que ele tivesse uma má impressão de mim porque todo mundo estava pressionando ele a me conhecer.”

“Ele entrou em contato comigo cerca de uma semana depois que voltou para casa e disse: ‘Olha, todo mundo tem me pressionado pra conversar com você, e apesar disso, eu realmente fiquei interessado em sair contigo, mas vamos com calma, sem promessas. ’ Saímos juntos algumas vezes e incrivelmente deu certo, acabamos namorando”.

“Agora estamos casados ​, já temos um menino e estamos com outro a caminho.” – Anna, 26 anos, casada há cinco anos.

Histórias de amor podem acontecer das maneiras mais estranhas possíveis, e às vezes simplesmente teremos esse sentimento de que aquela é a pessoa certa para nós. Com essas histórias inspiradoras podemos perceber que o amor se manifesta das mais diversas formas, e que ele pode acontecer quando você menos espera.

Você também tem uma história de quando percebeu que aquela era a pessoa certa para você? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*