Morar junto antes de casar

5 Benefícios de Morar Junto Antes de Casar com o Seu Parceiro

Além de ter seu parceiro perto de você boa parte do dia, existem algumas vantagens muito divertidas em relação a morar junto antes de casar com o seu futuro esposo.

Morar junto antes de dizer “sim” não é mais um tabu tão grande como era há uma ou duas décadas, mas isso não significa que você não irá se deparar com comentários maldosos de familiares ou amigos (especialmente se você ainda não está noiva).

“A tradição é algo forte”, diz April Masini, especialista em relacionamento e colunista de conselhos amorosos. “Muitas pessoas ainda são a primeira geração a viver juntos antes do casamento, e sempre que você quebra essa tradição, você tem perguntas a responder e muitas pessoas próximas acabam te julgando e não aprovando esse grande passo”.

Mas há vantagens sérias e reais em morar junto antes de casar, muito além do dinheiro que você economizará pagando uma única conta de luz, ou um único aluguel. Considere estes 5 benefícios se você está pensando em se mudar e ir morar com o seu parceiro antes do casamento, e tente descobrir se essa é a escolha certa para vocês – e esteja preparada para compartilhá-la com seus parentes e amigos se eles começarem a questionar sua decisão.

1. Você descobrirá se seus hábitos de vida são compatíveis

Este é provavelmente o primeiro benefício que vem em mente quando você e seu parceiro começaram a pensar em morar junto antes de casar: uma vida inteira de convivência é realmente algo que pode ser um pouco complicado, então porque não já fazer esse teste sem a necessidade de uma grande festa ou de documentos legais?

“Você descobrirá o quão tolerante você pode ser, bem como por quais motivos você ou seu parceiro ficam chateados em relação a algumas diferenças entre vocês”, ressalta Jane Greer, Ph.D., especialista em relacionamentos e autora de livros sobre esses comportamentos.

Se você é uma pessoa mais organizada e seu parceiro não se incomoda tanto com as coisas que se acumulam aqui e ali ou se ele é do tipo que deixa os pratos na pia por alguns dias, morar junto antes de casar vai fazer com que vocês descubram como resolver essas pequenas diferentes antes de decidirem que realmente querem passar a vida toda juntos.

Morar junto ajuda a descobrir como fazer as diferenças funcionarem e se vocês dois podem lidar com isso. Seus hábitos e estilo de vida serão compartilhados, e viver juntos também significa aprender a dormir juntos. “Você pode aprender a se equilibrar e se adaptar aos horários de sono um do outro, por exemplo”, diz Greer. “Você pode começar a descobrir opções para lidar com suas diferenças e necessidades, e como isso afetará sua vida sexual, por exemplo, sempre separando um tempo para que vocês passem juntos”.

2. Você irá aprender a compartilhar tarefas e responsabilidades

Mesmo que você não esteja legalmente casada, compartilhar uma casa significa que você estará dividindo as tarefas domésticas, dividindo as contas e aprendendo a trabalhar em conjunto para gerenciar o orçamento total da casa. Fazer isso antes do casamento lhe dará mais tempo para resolver problemas e para colaborar para encontrar um equilíbrio justo. E no caso de você ainda não saber desse segredinho, compartilhar as responsabilidades domésticas, como lavar a louça, é a forma mais quente de começar suas preliminares.

3. Você terá uma melhor visão do apetite sexual do seu parceiro

Quer saber como será a vida sexual quando você está perto do seu companheiro o tempo todo? Morando junto com ele, você irá descobrir.

“Você tem a oportunidade de ver como é o apetite sexual de vocês quando estão juntos quase que o tempo todo, afinal, morando juntos, vocês podem ser sexualmente íntimos todos os dias, se quiserem”. E se você não quiser fazer sexo todos os dias, diz Greer, é bom que o casal entenda isso antes do casamento.

“Vocês vão conhecer o nível de desejo do outro e tentar encontrar um equilíbrio em termos de frequência para que ambos possam se sentir bem em sua vida sexual juntos”, diz Greer. Claro, essas primeiras semanas de vida juntos são definitivamente uma fase de lua de mel, então, aproveite todo o sexo maravilhoso enquanto ele está ali, e então, quando a poeira baixar, comece a puxar uma conversa com o seu parceiro sobre suas necessidades sexuais, e sobre como lidar com isso, caso você ou ele estejam incomodados com alguma coisa.

4. Você irá conhecer de perto todos os hábitos de consumo do seu parceiro

Sim, você estará economizando se agora estiver pagando apenas por metade das contas de casa, mas você também terá uma ideia melhor de como seu parceiro gasta seu dinheiro. Masini diz: “Seus hábitos de consumo não costumam ser um problema enquanto vocês namoram e não moram juntos, mas quando você divide uma casa, a maneira que cada um gasta seu dinheiro realmente passa a importar”.

Você terá que negociar quem paga o quê (como jantares ou as compras da casa), como vocês irão dividir as contas da casa e o que fazer sobre as despesas do seu parceiro que, para você, são desnecessárias.

Um de vocês pode ter uma conta poupança, por exemplo, enquanto o outro pode ver o que resta após as contas serem pagas como um dinheiro disponível para ser gasto. “Aprender sobre os hábitos e valores de dinheiro um do outro geralmente acontece quando você mora antes de casar junto com a outra pessoa”, diz Masini. “Esta é uma informação muito importante para um casal que deseja se casar e que irá dividir toda uma vida de algum momento em diante”.

Conversem juntos sobre quaisquer dívidas que vocês têm, de pagamentos do carro a empréstimos, para as principais contas de cartão de crédito que precisam ser pagas. Quanto mais parecidos os hábitos de consumo de vocês dois, mais fácil será manter um relacionamento estável e começar a economizar para conseguirem mais coisas enquanto casal.

Dessa maneira, vocês estarão melhor preparados para cobrir despesas inesperadas ou pagar dívidas, e é claro, você já começará a ter uma ideia se é realmente possível pagar por aquela lua de mel de luxo com a qual você sempre sonhou.

5. Você pode ver como será o casamento

Tão maravilhoso quanto o casamento pode ser, sabemos que nem é tudo romance. Masini diz: “Muitos casais não percebem que o dia-a-dia de um compromisso de longo prazo é bastante mundano e um pouco cruel.

Morar junto antes de casar lhe dará a chance de experimentar o casamento – após a fase de lua de mel – antes de realmente se casar. “Muito da vida cotidiana é bastante chato, e ao viver com a pessoa que se ama, você vai ter alguém para compartilhar as coisas não tão legais assim do dia-a-dia. O casamento não é uma cura, e os problemas não se resolvem com ele. Viver juntos antes do casamento irá preparar você para os momentos menos emocionantes, então eles não vão te surpreender quando chegarem. É muito mais sobre gerir duas vidas combinadas”, continua Masini.

Então, vocês estarão sempre pensando em relação ao dinheiro de vocês, aos horários e a interminável pergunta “o que você quer para o jantar?”. Nada disso é particularmente emocionante, mas, é a vida, não é mesmo?

Você já pensou em morar junto antes de casar com o seu parceiro? Já passou por uma experiência dessa? Acha que dá certo ou não? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*