Beijo no cangote

Você Está Fazendo Amor ou Fazendo Sexo?

Enganam-se aquelas mulheres que pensam que fazer amor e fazer sexo são coisas completamente diferentes. Existem mulheres que acreditam que a partir do momento que se casam estão fazendo amor e quando estão solteiras estão fazendo sexo. Esse pensamento é completamente equivocado, pois não é isso que difere o amor do sexo e sim a atitude que você tem na cama, como você e seu parceiro interagem, a química que rola e a intensidade do sexo entre vocês.

Muitas se perguntam sobre o que é melhor, fazer sexo ou fazer amor? E a resposta certa é que não existe melhor! As duas coisas são sensacionais com suas particularidades. São atos diferentes e cada casal pode se adaptar melhor a determinada forma.

A verdade é que mulheres solteiras também podem estar fazendo amor e mulheres casadas podem estar fazendo sexo! Entenda por quê.

Pensamento ultrapassado de amor x sexo

Fazer amor quer dizer que o ato em si envolve amor, ou seja, que as duas pessoas envolvidas se amam, possuem intimidade, cumplicidade e possuem uma história juntos. Nessa transa há uma troca, carinho e envolvimento mais intenso, chegando a ser inclusive uma ação espiritual por transcender a esfera puramente carnal.

No sexo a preocupação é muito mais sobre a satisfação que um está proporcionando para o outro do que o sentimento em si. Pessoas que gostam de um sexo mais selvagem, pervertido, geralmente dizem estar fazendo sexo, o que nem sempre é verdade.

Certas pessoas inclusive afirmam que durante o amor, o casal fica trocando juras de amor, dizendo o quanto se amam e frases carinhosas, enquanto que no sexo o vocabulário é mais erótico. Será?

Relações casuais

A maioria sai espalhando aos quatro cantos que pessoas fazendo sexo geralmente envolvem-se em relacionamentos que não são duradouros ou relacionamentos casuais, quando ocorre um sexo entre desconhecidos após um único encontro ou uma balada. Além disso, dizem que após o sexo a tendência é um acordar ao lado do outro e se sentir desconfortável, sair de fininho e nunca mais aparecer. Ou eles podem até trocar telefones, mas nunca mais se ligarem. Será esse o real significado de sexo?

Quer dizer então que o sexo é uma atividade fria, insensível, isenta de qualquer expressão de amor e carinho? Uma atividade robótica e puramente carnal que não acrescenta em nada para o ser humano a não ser uma satisfação sexual necessária para a sobrevivência? O sexo então é um ato criado apenas visando a reprodução? Vejamos…

O verdadeiro significado

Na realidade, esses pensamentos repercutidos pela sociedade são pensamentos pré-concebidos e inclusive pré-conceituosos que as pessoas apenas reproduzem como um discurso pronto de geração em geração. O significado de fazer amor está muito ligado ao religioso, a uma ligação mais forte que só é possível por quem se une aos olhos de Deus. Como se quem fosse ateu ou tivesse outra religião que não a católica e evangélica não pudesse fazer amor, certo? Errado.

Essa ideia é completamente absurda e arbitrária. Qualquer pessoa pode fazer amor e qualquer pessoa pode fazer sexo e, na verdade, uma mesma pessoa tem a capacidade de transar desses dois jeitos.

Fazendo amor ou fazendo sexo?

Fazer sexo ou fazer amor está muito ligado ao humor e estado de espírito da pessoa, e não com o seu parceiro sentir ou não amor pela outra pessoa. Se você acha que está fazendo amor, veja se está correto: U

Uma mulher está fazendo amor quando está se sentindo mais romântica, mais emocional. Isso ocorre quando a mulher prefere estabelecer uma conexão mais profunda e carinhosa com seu parceiro e este pode ser uma pessoa que ela acabou de conhecer ou seu marido de anos. Fazer amor não tem absolutamente nada a ver com o sentimento que ela expressa pelo seu parceiro, mas sim com o que ela sente lá dentro, no fundo do seu coração e da sua alma.

Se você acredita estar fazendo sexo, entenda se é isso que ocorre: o sexo é quando seu estado de espírito expressa um magnetismo sexual mais aflorado, quando você se sente mais sensual, quando está disposta a tentar novas posições, experimentar novas sensações ao lado do seu parceiro. Assim, o sexo pode também ser realizado por namorados de longa data e pessoas casadas. A determinação é o que menos importa.

O que realmente importa?

Ao invés de ficar se preocupando se você está fazendo amor ou sexo ultimamente, procure saber se está satisfeita com sua vida sexual, com o laço que estabeleceu com seu parceiro e se ele também se encontra satisfeito com você.

Se preferem um sexo mais sensorial e agressivo ou se preferem um sexo mais amoroso, isso não quer dizer nada sobre quem vocês são ou o que sentem um pelo outro. A conexão sexual que um casal estabelece entre quatro paredes, na privacidade da sua casa apenas diz respeito a si mesmos, e ninguém tem nada com isso.


Depois de ter lido toda essa discussão e os conceitos apresentados, você consegue definir se está fazendo amor ou fazendo sexo ultimamente? Você possui apenas um parceiro fixo? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (9 votos, média: 3,89 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Um comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*