Japonês trabalhando

A Triste Razão pela qual Jovens Japoneses Estão Desistindo de Relações Amorosas

Talvez a primeira coisa que tenha passado pela sua cabeça foi que jovens japoneses têm preferido jogar Pokémon Go a conhecer novas pessoas, mas não, não é disso que se trata.

  Continua Depois da Publicidade  

O Japão vem experimentando problemas relacionados a seu crescimento populacional há alguns anos. O número oficial divulgado registra que 8,4 crianças nascem para cada 1000 habitantes, e é estimado que a população do país diminua dos atuais 127 milhões para 87 milhões em 2060.

Os japoneses parecem não estar muito incomodados com a falta de sexo. Em pesquisa feita em 2015, cerca de 49% dos entrevistados entre homens e mulheres declararam não terem tido relação sexual no mês anterior, o que representa um aumento de 5% em relação a essa mesma pesquisa que foi feita em 2013.

A gravidade do problema, porém, parece estar atingindo outro patamar, em que a nova geração de jovens japoneses não tem demonstrado muito interesse em conhecer pessoas e começar um relacionamento, preferindo seus amigos como companheiros. Uma pesquisa feita pelo governo mostrou que 69% dos homens e 59% das mulheres no Japão não possuem um par romântico.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, outra pesquisa mostrou que em 2015, cerca de 40% dos solteiros japoneses não estavam ao menos interessados em encontrar um parceiro(a). As razões apresentadas para isso, segundo a pesquisa, foram bastante complexas, mas a maioria delas apontava para o fato de que a população solteira está mais preocupada com seus interesses pessoais, dando preferência à carreira profissional, mas o motivo mais importante e bastante citado foi de que os solteiros consideram relacionamentos amorosos algo tedioso.

De acordo com o jornal “Japan Times”, para lidar com o baixo crescimento populacional no país, o governo votou uma lei que garante ajuda em todos os estágios da vida, indo do casamento à gravidez, e até mesmo ao nascimento da criança. E com essa ajuda governamental, o país pretende começar a observar pessoas mais dispostas a formarem uma família.

Encarando a realidade, a maior dificuldade do Japão não começa em fazer sua população querer ter filhos, mas o processo é ainda mais difícil, pois os japoneses precisam, em primeiro lugar, querer conhecer uns aos outros.

Você consegue imaginar alguém com um pensamento como esse dos japoneses, de que relacionamentos amorosos são tediosos? Conhece alguém assim? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média 5,00)
Loading...
  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×