Preocupação sexo

“Será que Estou me Masturbando Demais?” 10 Mulheres Compartilham suas Maiores Ansiedades Sexuais

Quando nos comparamos a nossas mães e avós, é fácil perceber que hoje nossa vida é muito mais fácil do que a vida delas foi um dia. Nós temos nossas carreiras, não temos nenhuma vergonha em ganhar e gastar nosso próprio dinheiro, crescemos conhecendo métodos anticonceptivos e podendo conversar sobre sexo com nossos pais, amigos, pela internet, e por diversos outros meios. Existem aplicativos de encontros que podem ajudar em qualquer fantasia, nossa orientação sexual e o sexo em si não é mais um tabu.

A sociedade pode até ver as mulheres de hoje com uma mente muito mais aberta do que antigamente, apesar de concordarmos que ainda temos um longo caminho pela frente em relação ao machismo e é justamente aí que devemos trabalhar.

Muitas de nós mulheres ainda carregamos pudores e preocupações que mostram que nós mesmas ainda não nos consideramos livres para tomar certas atitudes ou fazer certas coisas, principalmente em relação ao mundo do sexo e das relações amorosas.

Foi aí que decidimos perguntar a 10 mulheres quais situações as deixam mais ansiosas em relação a esse mundo e por quê. O resultado foi esse:

1. Devo mandar nudes para o meu namorado?

“Um dos meus maiores conflitos está em mandar nudes para o meu namorado. Sempre ouço amigas falando sobre isso de uma maneira muito natural e sei que a maioria dos casais faz isso. Mas isso é realmente uma parte muito importante em um relacionamento? Não gosto da ideia de mandar nudes e não pretendo me abrir para isso, mas aí começo a pensar: será que estou sendo muito pura? – Nicole, 24

2. Estou sendo julgada quando vou à farmácia comprar uma pílula do dia seguinte?

“Comprei uma pílula do dia seguinte pela primeira vez há algumas semanas e tive uma péssima experiência na farmácia. Peguei minha caixinha com a pílula no balcão de remédios e me dirigi ao caixa para fazer o pagamento. Nessa farmácia, muitos medicamentos vêm com um plástico de segurança, e quando cheguei ao caixa a atendente pegou minha caixinha e disse: “Mais uma dessas”. A primeira coisa que me veio à cabeça foi que ela estava achando um absurdo mais uma menina de vinte e poucos anos comprar uma pílula do dia seguinte e fiquei completamente envergonhada, até que percebi que ela estava reclamando da proteção da caixa, que era realmente um saco de ser tirada. Até quando me sentirei julgada pela minha liberdade sexual? – Pâmela, 23

3. Estou me masturbando demais?

“Fico me perguntando se tenho me masturbado demais. Sei que isso tem sido um assunto um pouco mais comum entre as mulheres e que começamos a admitir mais abertamente que também fazemos isso, porém, ainda sinto que há um desconforto quando esse é o assunto na roda de amigas. Gostaria de conversar com mais mulheres sobre isso e saber com que frequência elas costumam fazer isso para ter certeza de que não estou exagerando na dose. –Mirella, 22

4. Não vou conseguir chegar lá, será que podemos parar por aqui por favor?

“Adoro quando os homens realmente se esforçam para fazer a gente atingir o orgasmo, mas às vezes simplesmente não vai acontecer e eles não conseguem perceber isso, e continuam lá por tanto tempo que começo a pensar no que estou com vontade de almoçar amanhã” – Sara, 25

5. Sei que não preciso de uma razão para não querer transar, mas por que me sinto obrigada a inventar alguma mentira em relação a isso?

“Uma vez conheci um amigo de um amigo meu e acabei indo para a casa dele. Eu queria curtir, não queria sexo, mas é claro, ele começou a insistir nessa ideia. Eu continuava a dizer que não, e repetia que não queria, até que ele começou a insistir em um motivo para isso. Eu não tinha um motivo, e eu não preciso ter um! Para acabar com isso logo e parar de me sentir pressionada, eu inventei a primeira história que me veio à cabeça e disse que tinha acabado de sair de um relacionamento longo. ” – Beatriz, 20

6. Minha namorada/Meu namorado quer estar em um relacionamento aberto?

“Meu relacionamento tem sido maravilhoso em relação à nossa vida sexual, porém, ao invés de me sentir satisfeita com isso, fico me perguntando se não haverá um momento onde uma de nós (ou nós duas) comece a pensar em poder transar com outras pessoas caso nosso relacionamento já não tenha mais tanto fogo quanto antes. Agora que relacionamentos abertos estão na moda e que todos estão falando disso abertamente, fico muito insegura com o meu relacionamento monogâmico e me pego o tempo todo preocupada se conseguirei manter minha parceira satisfeita.” – Gabriela, 25

7. Porque continuo achando que não deveria transar no primeiro encontro?

“A diferença entre sair de uma festa e transar com alguém e marcar um encontro para conhecer alguém melhor e acabar transando com ela é gritante. Essa é a primeira vez que fico solteira nesse mundo mais adulto e isso me deixa muito confusa. Por que é aceitável que eu transe com um cara que acabei de conhecer em uma festa, mas é péssimo que eu transe com alguém no primeiro encontro? Porque isso estaria arruinando minha chance de construir um relacionamento com essa pessoa? — Joana, 24

8. Sou muito inexperiente por ter transado apenas com uma pessoa até hoje?

“Só tive um namorado e ele foi meu primeiro e único parceiro sexual. Como estamos em um mundo de mente muito mais aberta, ter vários parceiros sexuais durante a vida é comum, e por isso sinto que deveria tentar coisas diferentes com pessoas diferentes, porém, me sinto totalmente imatura e inexperiente quando me comparo com as minhas amigas”. – Paula, 25

9. É errado querer que os homens simplesmente saibam o que fazer na hora do sexo?

“É ótimo que os homens estejam mais atentos aos desejos das mulheres na cama e que queiram nos dar mais prazer, mas constantemente vários deles têm me perguntado o que eu quero que eles façam. Eu realmente não sei o que quero que eles façam, eu consigo me virar sozinha, mas não posso dar um mapa para eles! Eles deveriam saber o que fazer. ”- Julia, 26

10. Como manter meu relacionamento sexualmente excitante? Estou me preocupando demais com isso?

“Estou em um relacionamento há mais de sete anos, então nós já começamos a conversar sobre não deixar as coisas caírem no comodismo, porém, só tenho 24 anos. Nós dois somos novos, mas estou com medo de que nossa vida sexual fique chata, então quero ser o mais honesta possível nessa conversa, mas será que estou louca por me preocupar com isso tão cedo? ” – Clara, 24

As preocupações das mulheres aqui consultadas com certeza são as mesmas preocupações de muitas outras mulheres por aí. Algum desses casos é parecido com o seu?

É claro que existem diversas respostas e diferentes visões sobre cada um desses casos, mas o importante aqui é refletir sobre a nossa liberdade sexual. Será que não estamos nos preocupando demais com certas coisas que deveríamos estar mais abertas? Será que não deveríamos nos sentir mais livres para dizer ou não dizer o que queremos, para fazer ou não fazer o que temos vontade?

Pense bem sobre isso, reflita. O que precisamos mudar em nós mesmas para começar a combater ideias que tiram nossa liberdade, principalmente sexual?


Você compartilha de alguma dessas dúvidas e ansiedades sobre o sexo que essas mulheres têm? Qual é a sua principal? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

VÍDEOS RELACIONADOS


publicidade

Um comentário

  1. Maria Bethânia sardeiro dos santos

    Eu odeio essas mulheres que ficam com Neura Ha sera que estou me masturbando demais? Eu estou nem ai pra isso eu me masturbo tudo dia e no meu período fértil chego a masturbar 3x ao dia. A masturbação melhorou muito minha vida sexual. Minha auto-estima. Me sinto super bem com meu corpo e até minha lubrificação ficou melhor. Bjs !! Sem Neura

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*