Divórcio

Os 10 Principais Motivos de Divórcio

É comum dizerem que casamentos são feitos no céu e cumpridos na terra. Verdade. As pessoas fazem votos até que a morte os separe. Eles se prendem aos seus planos futuros e permanecem vivendo uma vida boa desde o começo, com obrigações iguais dos dois lados. Mas todos os casamentos dão certo? Pergunte a si mesmo. Depois de pensar um pouco, sua resposta será NÃO. Em todo relacionamento, as pessoas testemunham altos e baixos.

Alguns aguentam enquanto outros desistem diante de algum problema e se entregam. E então, você continua a ouvir sobre casos de divórcio de vez em quando, e as consequências que o levaram a acontecer. Definitivamente, não é uma decisão fácil de tomar por nenhuma das partes envolvidas no casamento, sejam quais forem os motivos de divórcio do casal.

Você pode estar passando por alguns problemas e diferenças irreconciliáveis em seu casamento, e talvez pedir o divórcio pareça a única solução. O conceito de divórcio precisa ser analisado de uma perspectiva social maior. Antigamente, as pessoas se casavam por amor e lealdade. Progressivamente, o padrão mudou, e casamentos tornaram-se ligados a ter uma boa relação familiar, herdeiros de sucesso ou para auto-realização.

Com o colapso do tempo, certos adultérios penetraram no casamento, corrompendo e tornando impossível sustentar um casamento longo, e nesses casos, a opção pelo divórcio parecia inevitável. O divórcio deve ser aceito por ambas as partes, chegando a um acordo de termos e condições, analisando os prós e contras que poderiam acarretar. Na era contemporânea, divórcios parecem iminentes e estão em um fluxo de parecer casuais e fáceis de adquirir. E agora, que tanto os homens como as mulheres são independentes, terminar o casamento é muito fácil. Os motivos de divórcio mundo afora são diversos, mas só saber sobre eles não é suficiente. Você precisa saber como lidar com as complicações e enfrentá-las.

1. Prioridades e expectativas diferentes

Cada indivíduo é diferente, e é bastante óbvio que suas prioridades variem de acordo com cada pessoa. É um assunto que a maioria dos casais deve discutir antes de casar e até mesmo estabelece termos e condições, mas às vezes, torna-se um problema enorme se ambos não lidarem de forma adequada e antecipadamente.

Não importa o quanto você tente trazer harmonia com suas prioridades e expectativas, ainda serão distintas levando a um conflito de personalidades, já que um pode não estar disposto a se sacrificar. Além disso, as expectativas crescem quando casados, e se a necessidade não é preenchida, aumenta as complicações. Então o melhor jeito é se sentar e resolver as coisas.

2. Vícios

Certamente você não gostaria de um marido viciado em drogas, que chega em casa e causa uma destruição emocional em você e seus filhos. Você sabe muito bem que um viciado não tem controle sobre si mesmo, então como pode esperar que tivesse controle em sua vida de casado? Se seu parceiro for viciado, sua vida de casada está propensa a se dissipar, pois esse vícios como o alcoolismo são um dos maiores motivos de divórcio. Isso deixa um impacto degradante, não somente em você, mas em sua família e amigos. Torna-se muito difícil se manter em um casamento assim se as medidas adequadas não forem tomadas a tempo. Buscar aconselhamento profissional pode ajudar a resolver o casamento.

3. Criação dos filhos

Você já entrou em uma discussão sobre quem faria o quê a respeito da criação dos seus filhos? Bem, isso é muito comum na maioria dos lares e acaba sendo um dos maiores motivos de divórcio. Você pode ter tido discussões com seu parceiro sobre como criar seus filhos, sobre quem iria trocas as fraldas sujas, quem os levaria para escola ou faria o lancheira, ou leria histórias para dormir.

Agora, essas são responsabilidades básicas que todos os pais enfrentam e deveriam aprender a dividir entre eles. Você pode estar ocupada com algum trabalho e depende de seu parceiro para fazer as tarefas envolvendo seus filhos e vice-versa, e no processo, um de vocês fica nervoso e começa uma discussão que, com o tempo, pode levar ao término do seu casamento.

4. Sentir-se reprimida

Às vezes você sente que seu casamento está te mantendo longe de seus objetivos e realizações? Você sente que nunca lhe é permitido falar suas opiniões em certos assuntos? Se sua resposta for sim, então com certeza isso afeta seu casamento.

Você se sente presa e sufocada já que seus desejos e realizações não são alcançados nem recebem prioridade de seu parceiro, e isso faz com que sinta dependente e dominada. Seu parceiro parece não perceber suas necessidades e vontades e não te apoia de forma alguma, muitas vezes te forçando a optar pelo divórcio. Simplesmente fale abertamente sobre isso com ele e cheguem a um consenso juntos.

5. Tédio

Agora esse é um dos mais comuns motivos de divórcio. Existem casais que ficam entediados com seus casamentos e o estilo de vida que estão levando. Isso normalmente acontece quando já se está casado por um tempo considerável e o tédio te afeta depois de longos anos casados.

Eventualmente percebe-se que os parceiros se afastam, desinteressam-se e entediam-se com o casamento, e essa incompatibilidade contribui para o divórcio. O que deveriam fazer é tentar conversar, lembrando-se de bons momentos que passaram juntos e encontrando formas de desenvolver novos interesses no relacionamento.

6. Incompatibilidade sexual

Você está sexualmente insatisfeita? O seu parceiro não responde a suas necessidades físicas? Bom, nesse caso, você se sente privada de suas necessidades sexuais, as quais devem ser um fator importante em um casamento.

Aparentemente, a questão de incompatibilidade sexual varia de caso a caso. Algumas vezes, pode ser que seu parceiro não tenha tempo de cumprir suas necessidades sexuais ou em outros casos, tem a ver com questões reprodutivas, como não ser capaz de engravidar. Além disso, as pressões constantes dos sogros levam a turbulências incalculáveis. Isso te deixa sexualmente frustrada e pode acabar no divórcio.

7. Questões financeiras

Problemas financeiros sempre podem ser um dos motivo de divórcio. Para qualquer casal, a condição monetária é um fator importante. Você espera ter uma vida com estabilidade econômica. Se isso não acontecer por qualquer razão, acaba levando a conflitos e um ambiente de tensão. Tanto você quanto seu parceiro discutem sobre pequenas questões financeiras, mas que às vezes podem levar a brigas maiores.

Você pode ganhar mais que seu parceiro e vice-versa, e isso pode causar um pouco de ciúmes. Ou se ambos estiverem se esforçando para manter a família, um ou ambos podem decidir colocar um fim nisso. O dinheiro nem sempre é um problema sério, mas outros fatores podem piorar a situação.

8. Abuso

Abuso é um dos maiores motivos de divórcio. A maioria dos casos parece ocorrer por essa razão. Pode ser por abuso físico, emocional ou psicológico, que variam dependendo do casal. Você pode apanhar brutalmente de seu parceiro quando ele está bêbado ou então, ele pode estar nervoso por alguma coisa e desconta sua frustração em você. Pode ser que até seja xingada de nomes desdenhosos, sofra intimidações, acabe prisioneira em sua casa ou que seu parceiro ignore todas as vezes que o confronte. Além disso, seu parceiro pode pedir que você faça certas coisas que não se sente confortável em fazer, te traumatizando, tanto emocionalmente quando fisicamente, te levando a desistir de seu casamento.

9. Falhas de comunicação

Você guarda seus pensamentos para você e não os divide com seu parceiro? Se sim, mude esse comportamento porque pode ser o fator principal para o desgaste do casamento. O mais importante é comunicação com seu parceiro, e por comunicação não queremos dizer simplesmente um bate papo, mas sim uma boa e efetiva comunicação, que pode ajudar a criar equilíbrio entre os dois.

Muitas vezes ouvimos casais falando que simplesmente não conseguem se entender. Já se perguntou o porquê disso? É por causa da falta de comunicação adequada. E certamente para conhecer e ter intimidade um com o outro, você precisa se comunicar e compartilhar seus sentimentos, conversando sobre coisas que te perturbem.

10. Infidelidade

Você confia o suficiente em seu parceiro? Ou está traindo ele de alguma forma? Esse assunto precisa de introspecção. Bem, é óbvio que um relacionamento é baseado em confiança mútua e dever ser honrado por ambos. Mas e se um deles violar essa confiança? Isso te coloca sob observação pelo seu parceiro, colocando um empecilho em sua vida.

Ter um caso extraconjugal parece ser o maior de todos os motivos de divórcio. Essa situação leva à falta de confiança de um ou ambos os lados, dissolvendo o casamento. Imagine se for pega pelo seu parceiro, traindo-o com outra pessoa? Nada além do divórcio poderia acontecer.


Você parece estar sofrendo no seu relacionamento algum destes motivos de divórcio tão comuns? O que mais te amedronta na sua vida amorosa? Comente abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (6 votos, média: 3,67 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Um comentário

  1. GosTei do artigo.
    bom trabaLho… espOro cOntinuem & s pOr acaso estiverem Que mudar, Que seja para meLhOr.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*