Paquera

Estudo Mostra que a Maioria das Pessoas não Nota Quando são Paqueradas

Se você é daquelas pessoas que raramente percebe quando alguém está interessado na sua pessoa ou flertando com você, saiba que não está sozinha nessa. De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, grande parte das pessoas não percebe quando alguém as paquera.

  Continua Depois da Publicidade  

O responsável pelo estudo, o professor de estudos da comunicação da instituição, Jeffrey Hall, e sua equipe chegaram a essa conclusão depois de fazerem um experimento envolvendo 52 pares – compostos por um homem e uma mulher – de estudantes universitários heterossexuais desconhecidos entre si, que previamente acreditavam estar participando de uma pesquisa sobre primeiras impressões.

Durante o teste, cada uma das duplas foi encaminhada para uma sala, onde ficaram conversando por 10 a 12 minutos. Logo depois desse período de conversa, todos os participantes tiverem que responder a uma série de perguntas presentes em um questionário. Em algumas delas, eles deviam responder se tinham paquerado o seu companheiro de conversa e se achavam que essa pessoa havia flertado com eles.

O resultado foi que 36% dos homens conseguiram identificar uma paquera e somente 18% das mulheres perceberam quando o rapaz com quem tinham batido o papo estava flertando com elas. Por outro lado, 80% dos voluntários da pesquisa acertaram quando marcaram que a outra pessoa não estava interessada nelas, no aspecto romântico.

  Continua Depois da Publicidade  

O estudo fez ainda outro experimento que verificou que até mesmo as pessoas que observam de fora a interação de um par não são precisas em perceber quando acontece uma paquera.

Nesse outro teste, 250 pessoas assistiram à gravação do encontro dos 52 pares do experimento anterior, em que apenas uma pessoa era mostrada por vez. Resultado: enquanto em 66% dos casos esses participantes puderam cravar quando um flerte não havia rolado, o interesse romântico foi percebido somente em 38% das vezes.

Mais uma vez, as mulheres tiverem menores acertos em relação à intenção de um homem em relação à mulher que está à frente dele. Em apenas 22% dos casos, elas identificaram corretamente que um cara estava paquerando uma moça.

Além disso, tanto os homens quanto as mulheres conseguiram verificar com maior facilidade quando o flerte vinha por parte delas. Para o autor da pesquisa, o professor Jeffrey Hall, isso deve-se ao fato de que as mulheres demonstram o seu interesse – ou a falta dele – de maneira mais clara.

O pesquisador ainda afirmou que o flerte é um comportamento bastante difícil de ser identificado e que por não quererem se sentir envergonhadas – a gente chuta aqui que seja provavelmente por medo da rejeição – as pessoas não têm o costume de deixar o seu interesse por outras tão óbvio.

  Continua Depois da Publicidade  

“Se você acha que alguém não está interessado em você, provavelmente está certo. Mas, se alguém estiver, é bem provável que você nem tenha percebido. A maioria das pessoas, na maioria dos dias, não dá em cima de todo mundo que encontra, embora alguns façam isso. Então você simplesmente não assume que todos estão te querendo”, disse o professor Hall.

A pesquisa foi divulgada na publicação Communication Research (Pesquisa em Comunicação, tradução livre).

Cuidado com as oportunidades perdidas

Outra conclusão apresentada pela pesquisa da Universidade do Kansas foi que há casos em que tanto o homem quanto a mulher estão interessados um no outro, mas não deixam isso tão claro, o que faz com que a oportunidade de haver um romance seja perdida.

  Continua Depois da Publicidade  

O estudo foi feito nos Estados Unidos, com estudantes universitários, que não sabiam que se tratava de uma pesquisa sobre paquera, ou seja, em um contexto diferente de grande parte das pessoas.

Entretanto, vai dizer que você nunca conheceu duas pessoas que estavam a fim uma da outra, mas que não deixavam o sentimento claro, nenhum dos dois tomava o primeiro passo e que, por conta disso, não saíram da zona da amizade – a tão conhecida e temida friendzone?

Ou então, você mesma pode ter passado por essa situação, de gostar de alguém e ficar em dúvida se o moço em questão gostava ou não de você, por não entender com certeza os sinais que ele te mandava. Se ele também não tinha certeza dos seus e os dois tinham medo de serem rejeitados, a chance de ter um relacionamento pode ter acabado indo embora.

Triste, não é mesmo? Saber que o medo e a insegurança nos prendem de ter experiências novas e sermos mais felizes. Por isso, a dica que precisamos deixar aqui é: quando gostar de alguém, tente deixar o seu interesse um pouco mais claro. Isso não significa se jogar em cima do homem. Mas quer dizer que ser menos sutil e ter coragem de deixar transparecer o que sente de verdade pode impedir que oportunidades sejam perdidas.

Você já perdeu alguma oportunidade de ficar com um cara por não ter percebido que ele estava te paquerando? Como foi essa história? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média 5,00)
Loading...
  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×