Pais aborrecidos com o filho

Depois do Primeiro Filho, 70% dos Casais Tornam-se Mais Infelizes, Afirma Estudo

Se você acreditava que ser roubado, divorciado, enganado ou despedido do trabalho fossem as sensações mais desagradáveis para um homem, espere até ele se tornar pai pela primeira vez. Um estudo realizado na Alemanha e Canadá revelou que 70% dos pais disseram se tornarem mais infelizes assim que seu primeiro filho nasceu.

  Continua Depois da Publicidade  

De acordo com o estudo publicado na revista Demography, ter filhos reduz a felicidade de muitos pais de forma considerável.

Este estudo foi feito por cientistas do Instituto Max Planck de Pesquisa Demográfica na Alemanha e na Universidade de Ontário Ocidental, Canadá, e demonstrou que o primeiro filho conduz uma sensação de perda de felicidade maior que o divórcio, desemprego ou morte de sua parceira.

Os pesquisadores Rachel Margolis e Mikko Myrskylä se basearam no chamado “auto-relato de satisfação com a vida”, que foi respondido por 20.000 alemães a cada ano, e nele qualificaram sua satisfação em uma escala de 0 a 10, onde o último indica o bem-estar máximo.

  Continua Depois da Publicidade  

A felicidade dos casais aumentava durante os meses de espera do bebê, isto é, durante a gravidez do seu primeiro filho, mas assim que este chegou ao mundo, ela reduziu.

Cerca de 30% permaneceram aproximadamente no mesmo estado de felicidade ou ainda mais felizes quando o bebê nasceu, mas o restante 70% disseram que a sua felicidade reduziu durante o primeiro e segundo ano após o nascimento.

Será devido à falta de liberdade, falta de sono ou maiores despesas? O fato é que 70% dos entrevistados afirmaram ser menos felizes depois de ter o seu primeiro filho.

Em média, ser pai levou a uma queda de 1,4 pontos na escala de felicidade, o que pode ser considerado algo muito grave, se comparado por exemplo, com o divórcio, que representou uma queda de 0,6 “unidades de felicidade”, enquanto o desemprego e a morte de um parceiro foram iguais a 1,0 “unidades”.

Outras evidências mais contundentes deste estudo é que os pais que tiveram a sua felicidade diminuída recusaram-se a ter mais filhos após o primeiro.

Você já teve o seu primeiro filho? Sentiu que a sua felicidade aumentou ou diminuiu depois disso? Se ainda não teve, consegue imaginar motivo para o resultado dessa pesquisa? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média 3,75)
Loading...
  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×