Brinquedos Sexuais

Brinquedos Sexuais Perigosos – O que Você Precisa Saber Sobre Eles

Quando foi a última vez que você viu um político se posicionando a favor de brinquedos sexuais seguros e saudáveis?

No ano de 2011, o Partido Verde da Alemanha exigiu que o seu governo lançasse uma pesquisa sobre os níveis elevados de produtos químicos perigosos encontrados em brinquedos sexuais que poderiam causar vários problemas de saúde, que vão da infertilidade até a diabetes.

Os produtos químicos em questão são os ftalatos, uma família de amaciantes químicos usados nas borrachas da maioria dos brinquedos sexuais.

Ftalatos podem ser encontrados em diversas coisas, como cortinas plásticas ou até mesmo no painel dos carros, e neste caso não tem muito problema, já que você não tem uma relação íntima com o painel do seu carro.

Porém, colocar ftalatos em brinquedos sexuais é uma questão totalmente diferente, já que o contato com ele é muito mais íntimo e intenso.

“Os consumidores devem estar protegidos quando se trata da saúde sexual. Vergonha ou falsos tabus não devem impedir que as pessoas se informem e saibam como os produtos são fabricados,” disse Volker Beck, parlamentar da Alemanha que faz parte do Partido Verde.

Nos Estados Unidos, o FDA – Food and Drug Administration, que em português significa Administração de Comidas e Remédios, órgão do governo com função de controlar os alimentos e medicamentos através de diversas pesquisas e testes, diz que o ftalato é um provável carcinógeno humano. Mas não há legislação pendente para mantê-los fora dos brinquedos sexuais.

Em estudos realizados, foi comprovado que eles estavam presentes em altas doses que causaram câncer nos ratos, inclusive em doses mais baixas.

Os ratos sofreram com sérios problemas, como desenvolvimento genital e fetal, que produziram ratos natimortos – fetos que morreram dentro do útero ou durante o parto.

Quando foi analisado os ftalatos em humanos, foi notado uma grande evidência de que eles podem interferir na produção do esperma e possivelmente no desenvolvimento infantil.

Porém, por enquanto os estudos realizados foram limitados, já que foram feitas muito mais pesquisas em animais do que em humanos, mas a FDA e o Greenpeace divulgaram que esses produtos químicos apresentam um possível risco à saúde da população humana.

Produtos químicos utilizados em brinquedos sexuais apresentam um possível risco à saúde

O governador da Califórnia, Estados Unidos, na época (2011), Arnold Schwarzenegger fez uma campanha para proibir o uso dos ftalatos na fabricação dos brinquedos infantis, mas não mencionou os brinquedos sexuais. Muito disso acontece infelizmente por puritanismo e política.

Se os brinquedos infantis estão começando a serem protegidos deste produto, porque os adultos não?

O fato desse produto ter sido proibido na fabricação de brinquedos infantis nos Estados Unidos se dá porque muitas vezes os brinquedos são colocados na boca e chegam a ter até contato íntimo com a criança, mas os brinquedos adultos também interagem dessa maneira íntima, e ainda de forma muito mais “forte”.

Aparentemente, a indústria dos brinquedos sexuais não está altamente regulamentada, e muitas vezes são rotuladas como “brinquedos de novidades”, o que abre uma lacuna enorme, que se traduz como “você não deve realmente usá-los – eles foram feitos para serem uma espécie de presentes de gozação.”

Sendo assim, eles não foram usados em nenhum tipo de pesquisa patrocinada pelo governo para apurar se são realmente algo seguro para o uso humano.

Porque as pessoas ainda sentem vergonha em relação à compra e uso dos brinquedos sexuais?

Por causa dessa vergonha e sobretudo em relação a comprar os brinquedos sexuais, a indústria que os fabrica fica cada vez mais afastada dos seus consumidores, e acaba usando materiais que muitas vezes são perigosos.

Como consequência disso, muito pouco está sendo feito para que eles sejam seguros, inclusive para que esse tipo de informação saia na imprensa.

Portanto, os consumidores vão usando uma grande variedade desses produtos que podem ser tóxicos não só para eles, mas eventualmente para os seus descendentes.

Você pode ser uma pessoa proativa na hora de sair para comprar os seus brinquedos sexuais. Existem algumas marcas que já produzem produtos sem ftalato, e isso pode ser visto nas suas embalagens e site.

Da mesma maneira que você faz ao comprar alimentos orgânicos, leia os rótulos para se certificar de que os brinquedos são livres de ftalato

Outra dica é evitar brinquedos sexuais que têm geleia de borracha entre sua lista de ingredientes, ou para possivelmente estar mais segura na hora de consumir esses produtos, na hora de escolher brinquedos sem ftalato, opte por aqueles feitos de plástico duro, silicone, vidro, metal ou madeira.

Esses são usualmente fabricados sem este produto químico, e a boa notícia é que alguns sex shops já estão com seções de produtos sem ftalato, até mesmo online, e há uma grande variedade de produtos feitos com borracha macia, que não tem esse produto.

Então, se pretende comprar um novo brinquedo sexual, preste atenção nas embalagens e opte por aqueles que lhe darão muito prazer e não causarão nenhum dano à sua saúde!


Você tem o costume de utilizar brinquedos sexuais para se masturbar ou na relação sexual? Os seus brinquedos são feitos da borracha que contém este material? Comente abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*