Bondage

As 4 Melhores Posições Sexuais Para Bondage

Antes de expor as melhores posições de bondagem é importante definir do que se trata esse fetiche. O Bondage é uma das práticas que integram o BDSM, que para quem não sabe significa Bondage Dominação Submissão e Masoquismo.

A primeira delas, bondage, significa dominar o parceiro com ataduras eróticas. As mais tradicionais são as algemas, mas podem ser usadas cordas, fitas ou outras coisas que vierem à mente por aqueles que estiverem mais acostumados com a arte do sadomasoquismo.

Obviamente que, para praticar essa técnica, o casal deve entrar em comum acordo para que nenhum dos dois faça nada contra a vontade. Para quem está começando, vale lembrar que, apesar da técnica ser aparentemente violenta, tudo é feito com muito respeito e mútuo consentimento e sempre é importante achar uma posição que agrade aos dois na hora da transa. Por isso, veja as melhores posições para bondagem abaixo.

1. Imobilizado geral

Essa talvez seja uma das posições mais comuns e praticadas pelos casais. Para quem está começando, é ótimo se acostumar com essa primeiro, mas até mesmo os experientes no bondage sempre utilizam e voltam a essa posição que é chave para qualquer sexo BDSM.

Aqui, o homem ou a mulher pode ser o submisso. Trata-se de deitar de costas na cama com as pernas e braços abertos e estirados. Então, basta prender braços e pernas nas extremidades da cama. Se preferir, pode-se prender apenas as mãos para dar mais movimento nas pernas, intensificando o sexo. O uso da algema é bem interessante, seja nas mãos ou nos pés, pois é possível usá-las tanto nas preliminares quanto durante o sexo, em que há um controle maior das posições.

2. Tartaruga

Essa é uma variação do cachorrinho, em que a mulher fica de quatro e o homem pode penetrá-la no ânus ou na vagina. A diferença é que ela fica com as mãos atadas para trás. Nesta posição deve-se deixar os pés soltos para dar uma certa mobilidade e permitir uma penetração profunda.

Uma variação é a mulher se deitar realmente de barriga para baixo com as mãos e também pés atados para trás. Pode ser uma posição mais desconfortável do que a anterior para quem não está acostumado, mas irá proporcionar bastante prazer para ambos.

3. Cadeira

Essa posição é uma das preferidas pelos praticantes de bondage, trata-se de colocar o parceiro sentado em uma cadeira com as mãos amarradas para trás. No caso da submissa ser a mulher, recomenda-se que amarre também os pés bem separados em cada pé da cadeira, para que a genitália da mulher fique totalmente exposta. O homem pode assim praticar o sexo oral nela ou fazer outras brincadeiras de preliminares.

Essa posição é interessante quando a mulher é dominadora porque ela tem o controle completo do sexo, podendo controlar a intensidade e os movimentos que mais a satisfazem. A posição mais indicada para cada casal irá depender única e exclusivamente da intenção e dos gostos pessoais de cada um, tudo é livre no bondage.

4. Completamente imobilizada

Nesta técnica, aplica-se uma forma de bondage mais extremo. Talvez não seja a posição mais indicada para principiantes, mas é uma das mais excitantes para os praticantes. Nesta, a mulher abre as pernas ligeiramente e eleva até a altura dos seios. Os pés devem ficar na mesma altura da bunda. Aí então se coloca a primeira atadura, que deve passar por trás das costas deixando as pernas imobilizadas e o órgão sexual exposto e ao alcance do dominador. Neste caso, o melhor é utilizar cordas mais longas para controle completo.

Também pode-se amarrar as mãos por trás das costas ou por cima dos ombros, sendo que aqui, a submissa fica completamente imobilizada e não consegue interagir com a transa, apenas sentir todas as sensações proporcionadas. Essa posição é mais indicada para a mulher, uma vez que o homem imobilizado dessa maneira pode interferir na exposição do seu órgão, complicando a penetração.

5. Intensidade

A intensidade da prática pode ser suave a extrema, dependendo das preferências individuais. Procure utilizar aparatos que prendam o parceiro de forma eficaz, para dar mais veracidade à cena, mas sem causar desconforto ou dor.

Como na bondagem geralmente se veste um personagem e vocês não querem interferir no clima, é interessante criar alguns códigos que sinalizem quando algo estiver errado, quando a algema está muito apertada ou se você está desconfortável, assim vocês podem ajustar o problema sem parar a brincadeira.

Usem a criatividade para tornar o bondage e também as outras técnicas de BDSM mais satisfatórias. Além das ataduras, vocês podem pensar em usar também mordaças, se esse for o interesse, contribuindo para um sexo mais selvagem.

Dicas gerais

O bondage, assim como as outras técnicas de BDSM, devem ser praticadas com cautela e segurança para que nenhum dos dois saia machucado (se esta não for a intenção), magoado ou desconfortável. Vocês dois juntos podem testar e encontrar a melhor posição para ambos.

Na posição da cadeira, por exemplo, deve-se tomar cuidado para que ela não tombe durante o sexo, machucando seu parceiro ou a si mesma. Tomem sempre esse cuidado e procurem deixar sempre revestimentos acolchoados ao redor para evitar possíveis e pequenos acidentes na hora do frisson sexual. Com segurança é possível se divertir bastante a dois.

Você já experimentou o bondage alguma vez na vida? Tem curiosidade de experimentar essas práticas que entraram na moda agora? Comente abaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (10 votos, média: 4,70 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

3 comentários

  1. Li todo o artigo e gostei agora vou contar a minha Historia. tive um relacionamento com um mulher que era bem avançada, me levava para um quarto no quarto tinha as ferramenta corda estileto algema, primeiro nós bebia umas doses depois ela ficava só de calcinha era muito bonita e sex me tirava as minhas roupas me algemava me amarrava de pernas abertas e eu ficava sem poder fazer nada eu ficava com muita tesão ela ficava encima da minha bariga e me masturbava alisava os meu bogos depois pegava o estileto e me dizia com a fala mansa me xingava com palavra de baixo calão me dava muita tesão agora vou te castrar fique tão envolvido que eu não tinha medo, isto e morma?

  2. Adoro falar em safadeza.quem mi conhese diz q sou a lutaria em pessoa km,adorei descobrir esse site,agora vou mi viciar nele.
    Adoro chupar meu marido quando estar durmindo isso mi exita e muito,quando ele acorda seu pau estar sendo engolido todinho nossa como ele gemi gostoso.Mas o q quero mesmo a aprender umas técnicas melhor d como fazer sexo oral engolindo o pau inteirinho e principalmente o gozo bjs

  3. “Bondage Dominação Submissão e Masoquismo”

    O correto seria: Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*