Abrindo o sutiã

10 Dúvidas Sobre Sexo Que as Mulheres Têm Vergonha de Perguntar

É difícil conhecer alguma mulher que não tenha dúvidas sobre sexo, porém também é difícil conhecer as que realmente não sentem vergonha alguma em perguntar.

O que poucas sabem é que normalmente a sua dúvida é a mesma de muitas outras mulheres, e que não deveriam sentir nenhuma vergonha em procurar respostas para ela.

Por isso, foram selecionadas as 10 dúvidas sobre sexo mais frequentes que as mulheres sentem vergonha em perguntar.

1. “É normal ficar com gases durante o orgasmo?”

Quando a mulher atingi o clímax, os músculos ao redor de seus órgãos genitais – incluindo o músculo esfíncter – relaxa, por isso não é incomum que um pouco de gás escape. Mas mesmo antes do orgasmo, o movimento de “dentro e fora” pode desencadear gases, já que o pênis entra em atrito com o ânus através da parede vaginal.

Se isso acontece com frequência, pode ser algo constrangedor, por isso tome um medicamento anti-gases antes de ter relações sexuais, isso pode ser uma boa ideia.

2. “Por que os meus seios não combinam?”

A menos que você tenha feito cirurgia plástica nos seios, a maioria não são pares idênticos e simétricos.

Isso porque eles são feitos de tecido glandular mamário e gordura, e naturalmente eles têm diferentes quantidades em cada. Para algumas mulheres, a diferença é mais acentuada, e geralmente é uma questão estética. Se isso é embaraçoso ou chega a afetar a vida sexual dela, a cirurgia plástica é uma opção.

Mas se um peito de repente se torna muito maior do que o outro, isso pode indicar uma infecção ou tumor, por isso, neste caso faça imediatamente uma consulta com o seu ginecologista.

3. “Eu tive um sonho em que transava com outra mulher. Eu sou gay ou bissexual?”

Acredite, essa faz parte das dúvidas sobre sexo mais comum entre as mulheres.

Não necessariamente. Isso pode significar que você se sente atraída por mulheres (ou por uma mulher em particular), mas também pode ser sinal de que você está sentindo falta de alguma amiga, do sentimento de acolhimento que ela te faz sentir, etc.

Às vezes as mulheres simbolizam amor e proximidade em seus sonhos. Se você está em um relacionamento com um cara e não está recebendo proximidade e carinho suficiente, tal sonho pode significar que você precisa mais do que isso.

Lembre-se: um sonho erótico não define a sua identidade sexual. Mesmo que isso signifique que você se sinta sexualmente atraída por outra mulher, você não precisa classificar a si mesma. Talvez você se sinta atraída por mulheres algumas vezes, mas há uma diferença em sentir atração, ser gay, hétero ou bi.

4. “Certos exercícios físicos podem realmente melhorar o sexo?”

Sim. Para começar, uma boa rotina de exercícios cardiovasculares ajuda a melhorar a resistência da pessoa e lhe dar mais fôlego e energia.

Os exercícios de resistência e alongamento podem ajudar a construir músculos e assim melhorar a flexibilidade para que você possa fazer – e manter – várias posições sexuais.

O melhor exercício para melhorar o sexo é o Kegel – que é basicamente um treinamento de resistência para seus músculos pubococcígeos (ou PC), que sustentam sua vagina, ânus, útero, bexiga e uretra. Quanto mais forte são esses músculos, mais intensos serão seus orgasmos.

Para localizar os músculos PC, tente parar o fluxo da urina quando estiver fazendo xixi. Mantenha apertado por cinco segundos e solte. Fazer de 50-150 contrações Kegel por dia irá ajudar a manter os músculos em boa forma.

Não faça exercícios de Kegel regularmente ao urinar, porque pode levar a infecções na bexiga.

5. “Sexo online ou “cibersexo” é traição?”

Muitos podem não considerar e-mails provocantes como traição. Afinal, você está trocando apenas pensamentos ou fantasias, não fluidos corporais.

Mas pergunte a si mesmo: Você gostaria que seu parceiro lesse esses e-mails? Como ele se sentiria? Iria se machucar, ficar zangado ou ressentido? E se ele fizer a mesma coisa?

Se o seu parceiro não se sentir confortável com o que você está fazendo, você provavelmente está fora dos limites.

6. “Eu nunca tive orgasmo durante a relação sexual. O que há de errado comigo?”

Se você não pode ter orgasmos durante uma relação sexual, você é normal. Às vezes, as mulheres ficam aborrecidas porque seus parceiros dizem: “Minha última parceira chegava sempre ao orgasmo, então deve haver algo de errado com você.”

Agora, supondo que você não o dispensou por ser um grosso e insensível, você está dentro do seu direito de lhe explicar que cerca de 70% das mulheres não chegam ao orgasmo durante a relação sexual sem estimulação clitoriana direta. 

Você também pode aproveitar para explicar para ele que é perfeitamente aceitável e gostoso usar as mãos na hora do sexo. Tocar o seu clitóris durante a relação sexual faz com que as chances de você chegar ao orgasmo realmente aumentem.

Se você nunca experimentou um orgasmo – e cerca de 10% das mulheres nunca experimentaram – você pode começar a pensar em investir em algum lubrificante e experimentar sozinha. Não desanime caso não haja fogos de artifício imediatos.

7. “Onde fica o meu ponto G?”

Esta é a pergunta sexual que vale muitos milhões de dólares, e que não pode ficar de fora das dúvidas sobre sexo mais frequente entre as mulheres. 

Alguns pesquisadores não acreditam no ponto G; outros defendem firmemente a sua existência, mas discordam sobre a sua localização exata.

Uma escola de pesquisadores sobre sexo diz que o ponto G é o tecido glandular ao redor da uretra (que se encontra por trás de seu osso púbico, cerca de dois centímetros dentro de sua vagina).

Outros acreditam que é mais para trás, em uma área triangular na parte de trás da parede da bexiga – chamado de trígono ou Zona T – onde três nervos se unem.

O importante é que seu parceiro te dê prazer, independentemente de onde fica o tão procurado ponto G. Se você está gostando do que ele faz, está ótimo.

8. “O sexo anal pode causar hemorroidas?”

Não, desde que você esteja relaxada e gostando. Hemorroidas (veias inchadas e dolorosas na região anal) podem ocorrer devido ao excesso de pressão em torno de seu ânus – por exemplo, quando você está realmente se esforçando para ir ao banheiro.

Mas quando você usar um bom lubrificante e a penetração for confortável – não forçada – não há risco de causar hemorroidas devido ao sexo anal.

De fato, alguns pesquisadores acreditam que o sexo anal pode vir até a preveni-las. Além disso, melhora a resistência e flexibilidade da pele e dos músculos, para que o ânus seja ainda mais capaz de responder à pressão, ao invés de produzir hemorroidas.

9. “Se eu me sinto desconfortável com o cheiro da minha vagina, posso mudá-lo?”

Sim, mas provavelmente está se preocupando desnecessariamente. A maioria das mulheres que chegam ao consultório dizendo: ‘Eu cheiro muito mal’, na verdade cheiram bem.

Se você estiver preocupada, consulte seu ginecologista porque odor forte é sinal de infecção bacteriana.

Se não há nenhuma infecção e você ainda está preocupada, evite alimentos condimentados ou picantes, isso pode ajudar.

10. “Será que minha vagina ficará diferente após eu ter um bebê, e o sexo será menos prazeroso?”

Ninguém passa por trabalho de parto sem alterações vaginais.

Mas nem tudo é desgraça e tristeza. É totalmente normal que a sua vagina estique durante um parto normal. Os tecidos vaginais são extremamente resistentes devido à sua natureza elástica. Muitos fatores podem afetar o processo de cura, incluindo o tamanho do seu bebê, quanto tempo você teve que empurrar e quão bem o seu tecido se curou após o parto normal.

Para ajudar no processo, faça os exercícios de Kegel regularmente e dê tempo ao tempo, pelo menos de 6 a 8 semanas. Seu relacionamento sexual pode ser muito mais saudável e feliz.

Você também compartilha dessas dúvidas de sexo mais frequentes entre as mulheres? Qual delas mais te surpreendeu? Comente abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

2 comentários

  1. Gostaria de esclarecer uma dúvida….
    Porque consigo chegar ao meu clímax sozinha e com meu parceiro não?

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*