Casal discutindo

Terapeutas Indicam 6 Fatos que Podem Acabar com um Casamento

Esqueça a infidelidade ou a mentira sobre suas finanças: existem outros comportamentos menos falados que são tão destrutivos quanto para o casamento – e você e seu parceiro provavelmente são culpados por alguns deles.

Terapeutas de casal compartilham 6 comportamentos que podem silenciosamente matar um casamento.

1. Deixar as amizades de lado

Passar o tempo juntos como um casal é importante, mas não deixe que suas amizades fiquem pelo caminho em favor de mais uma noite de Netflix. É absurdo depender de seu parceiro para satisfazer todas as suas necessidades de socialização. Dar espaço um ao outro, saindo para uma noite de “meninas” ou um encontro com os caras pode deixar o seu casamento melhor.

É muito importante para os dois construir e manter amizades com os outros. Através de seus amigos, você pode ganhar novas experiências, perspectivas e apoio, que realmente podem melhorar o seu relacionamento. É preciso ter confidentes fora do relacionamento.

2. Não fazer sexo

Se vocês raramente se relacionam – ou chegam ao ponto em que só fazem sexo numa ocasião especial (aniversários e férias) – pode ser hora de enfrentar essa questão. Não é preciso ter relações sexuais todos os dias, mas algum tipo de contato sexual ou erótico quase diário é importante nos relacionamentos. Pode ser o menor toque, não um orgasmo completo.

Em um relacionamento de longa data, os parceiros precisam lembrar uns aos outros que ainda são desejados.

3. Andar com as pessoas erradas

Embora seja importante manter amizades íntimas, cercar-se com o tipo errado de amigos pode afetar negativamente a saúde de seu relacionamento.

As ações de seus amigos influenciam ativamente o seu casamento, você percebendo ou não. Seus amigos se queixam sobre seu parceiro? Flertam ou traem os outros pelas costas? Esses relacionamentos são tóxicos e estão ativamente em jogo para mudança negativa de seus próprios hábitos.

Por outro lado, cercar-se com pessoas casadas que praticam limites saudáveis ​​pode beneficiar você e seu parceiro.

É preciso fazer um inventário das relações em seu círculo íntimo e ser consciente sobre como você escolhe e permite que essas relações influenciem sua mentalidade.

4. Tarefas domésticas

De fato, um estudo de 2015 da Universidade de Alberta descobriu que os casais que não dividiam as tarefas têm menos satisfação com a relação e menos sexo do que os casais que o fazem.

A questão de quem faz as tarefas pode não ser um grande problema no início de um relacionamento, mas tende a se tornar um importante ponto de discórdia com o passar do tempo.

Não importa se você é limpa ou desarrumada, o que importa é se o parceiro limpo pode se dobrar e o parceiro bagunçado pode limpar de vez em quando. Os ressentimentos podem emergir ao longo do tempo, por isso vale a pena ter uma discussão honesta sobre suas prioridades em relação à ordem da casa.

5. Falta de comunicação

Uma comunicação profunda e envolvente – não apenas “como foi o seu dia, querida?” E “quais são os nossos planos neste fim de semana”? – é essencial para o amor durar.

Ter conversas intencionais sobre seu relacionamento significa fazer perguntas mais profundas e mais abertas como “o que fizemos bem como um casal hoje?” ou “o que eu fiz hoje para contribuir para nosso relacionamento?”.

Desenvolver esse tipo de conversa pode ser um pouco estranho no início, mas com o tempo, vocês aprenderão a valorizar. Separe um momento uma vez por semana para tratar desses assuntos.

6. Falta de intimidade

A “síndrome do colega de quarto” é uma assassina silenciosa e muito comum nos relacionamentos. Quando você atinge o status de colega de quarto, você sente que está vivendo vidas paralelas, conectado apenas através de seu espaço compartilhado, contas bancárias e filhos.

Quando perceber essa situação, você deve agir ativamente para agitar a sua rotina e trazer de volta o fogo e paixão para o relacionamento.

Para injetar alguma novidade, faça um esforço concertado. Talvez iniciar um novo esporte junto ao se parceiro, reformar a casa ou separar os fins de semana para saírem juntos.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

Você acredita que um desses fatores mal resolvido no seu casamento está contribuindo para o desgaste do mesmo? O que pretende fazer para mudar isso? Comente abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (6 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...

3 comentários

  1. Olá boa noite sou casada a três meses! Bom ultimamente meu esposo não era bruto pra mim, quando agente namorava era tudo numa boa, era beijos, carinhos, tudo de bom! Mais depois que me casei com ele! Ele grita comigo, é bruto quando vou falar ele é capaz de me bater mais não dou isso por convencida de jeito algum! Nenhum homem na face dessa terra levanta a mão pra bater pq apanha tbm! Eu quero saber como posso saber se ele me trai?
    Eu pergunto algo a ele o que tanto encomoda pra ser desse jeito comigo! Não mereço isso nenhuma de nós mulheres merece ser maltratadas por homens! Merecemos o melhor! Eu faço o possível por ele.. Sou cuidadosa enfim! Mais não adianta ele é bruto é mesmo que ter uma fera em casa.. Não sei o que fazer! Na minha opinião é difícil lidar com gente assim! Ele só é bom na hora H mais depois ele congela como tem o dizer… Não tem carinho e nem nada só tem brutalidade e maus tratos… Me ajudem gente o que devo fazer! Ele ja foi casado tres vezes duas com as outras e comigo.. Sou uma pessoa na minha, sincera, fiel, caráter! E uma boa dona de casa faço tudo por ele mais no fim não agradece nem se quer me beija quando mais preciso….

  2. O que fazer para ele não me tratar assim? Desde ja agradeço

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*